Um novo estudo confirma o que muita gente já sabia: o Google Assistente é o mais eficiente assistente virtual do mercado. E, nesse comparativo, o Siri da Apple aparece na lanterna.

A Stone Temple Consulting colocou frente a frente os quatro principais assistentes virtuais do mercado, para avaliar dois aspectos:

1) quantas perguntas os assistentes virtuais conseguem responder;
2) quantas dessas perguntas são respondidas de forma completa e correta.

 

Aqui, o assistente da Google superou (nessa ordem) o Amazon Alexa, a Microsoft Cortana e o Apple Siri.

 

 

No caso do Google Assistente, foram utilizados dois dispositivos diferentes: um smartphone da Google e o Google Home, já que os dois oferecem resultados diferentes. Porém, o equipamento considerado no teste foi o Google Pixel 2, e no assistente da Amazon, foi o Amazon Echo.

Tal e como os gráficos mostram, o Google Assistente funciona melhor no smartphone do que no Google Home. Mesmo assim, os dois se destacam dos demais assistentes. Apenas a Cortana respondeu perguntas de forma mais completa e correta que o Google Home.

Os resultados mostram que:

1. O assistente da Google responde a mais perguntas e acerta em mais resposta do que qualquer outro assistente virtual.
2. A Microsoft Cortana está na sólida segunda posição, com os dois resultados não muito distantes dos números da Google.
3. O Amazon Alexa fez um belo trabalho ao responder as perguntas corretamente.
4. O Apple Siri ainda está muito atrás dos seus concorrentes.

 

 

Para o estudo, foram realizados 24.710 testes, e a Stone Temple Consulting também revela o número de respostas incorretas fornecidas pelos assistentes, comparando com um estudo semelhante publicado em 2017.

Aqui, vemos que o Siri piorou em relação ao ano passado, e o Alexa foi muito pior. Entre os quatro assistentes, a Cortana tem a menor taxa de respostas erradas em dois anos, superando as duas versões do Google Assistente.

 

Via Stone Temple Consulting