Compartilhe

Se você é um usuário regular do Google Calendar, muito provavelmente foi afetado nos últimos dias por uma leva de SPAM que apareceu nos calendários dos usuários. São campanhas enganosas que se aproveitam de uma função automática do calendário do Google para encher o aplicativo de notificações e eventos falsos, que tentam levar o usuário a clicar em links de procedência duvidosa e potencialmente maliciosos.

 

 

Por que isso aconteceu, e como evitar isso

Em teoria, qualquer pessoa pode enviar para você um e-mail que possui um convite para um evento, inclusive se esse e-mail vai cair na sua caixa de SPAM. O Google Calendar adiciona o evento automaticamente, sem se importar se o conteúdo do e-mail está indicado como SPAM ou links para conteúdos ainda piores.

Nos últimos dias, a técnica ganhou popularidade, resultando em uma invasão de notificações no calendário, alertando para prêmios falsos que só podem ser reivindicados através do link indicado na notificação.

Nesse post, explicamos como encontrar a solução do problema, e também em como evitar ser vítima dessa prática.

 

 

Como evitar o spam no Google Calendar

Você vai precisar mudar alguns ajustes no seu Google Calendar, desativando opções que já deveriam estar inativas como padrão.

1. Acesse calendar.google.com, e clique no ícone em forma de roda dentada, para acessar o item Configurações.
2. Em Configurações, procure a opção de configuração dos eventos, no menu da esquerda.
3. Procure pela opção que permite a adição de eventos de forma automática, e mude o ajuste para exibir apenas aos convites que você respondeu.

 

 

Em teoria, isso basta. Mas também é preciso evitar que qualquer evento enviado pelo Gmail termine automaticamente no seu calendário do Google. Para isso, siga no mesmo painel de configuração e procure pela opção que adiciona esses eventos vindos do Gmail, e desmarque a sua casa correspondente.

 

 

Você vai ver uma mensagem de advertência, informando que não serão adicionados eventos de forma automática a partir do seu e-mail, e que eventos anteriores serão eliminados do calendário.

 

 

Também é preciso desmarcar a casa que exibe os eventos recusados, para não ver os convites de SPAM velhos que você recebeu e recusou. Isso não é necessário, mas faz uma boa limpeza ao calendário se o SPAM é algo que já vem atrapalhando a sua vida a algum tempo.

Ao seguir esses passos, todos os eventos de SPAM terão desaparecido do seu calendário. Para alguns, isso pode resultar em um inconveniente, já que se você sincroniza seu app de calendário nativo com o calendário do Google, poderá encontrar com uma chuva de notificações terríveis, e os mais ingênuos podem clicar em algum link malicioso sem querer.

Se você conhece alguém que usa muito o calendário do Google e pode cair nesse tipo de golpe, compartilhe esse post com essa pessoa. Vai ajudar bastante a evitar enormes dores de cabeça.


Compartilhe