Acabou. O inferno congelou, e Apple e Samsung chegaram a um acordo sobre a famigerada Guerra de Patentes, depois de sete longos anos de batalhas nos tribunais e milhões de dólares gastos em advogados.

Apple e Samsung colocaram um ponto final em suas diferenças, e seguir adiante, longe dos tribunais. O acordo chega depois do veredito decidido no mês de maio, onde os coreanos foram condenados a pagar US$ 538,6 milhões para os norte-americanos pela cópia do design do iPhone.

Agora, as duas empresas apresentaram no tribunal da Califórnia os termos do acordo, que ainda são confidenciais.

A Samsung já pagou US$ 399 milhões pela compensação diante da violação de patentes. Mesmo assim, a Samsung deveria pagar quase US$ 140 milhões por copiar o design do iPhone no primeiro Galaxy S.

Com o acordo, a Samsung deve pagar um valor muito menor, em favor de algumas condições que favoreceria a Apple de alguma forma. Não sabemos se os termos serão públicos algum dia, e as duas empresas se recusam a dar declarações sobre o assunto.

Vale lembrar que acordos como esse são comuns no mundo da tecnologia. A própria Apple no passado negociou com Google e HTC para evitar processos por infrações de patentes.

Em 2012, a HTC realizou pagamentos trimestrais para a Apple, além de se comprometer a não fabricar smartphones parecidos com o iPhone. Algo parecido aconteceu em 2014, quando a Google, na época dona da Motorola, foi processada pela Apple por infração de patentes e, por sua vez, a Motorola processou a Apple. As duas empresas entraram em um cessar fogo, para trabalhar juntas em assuntos políticos relacionados com patentes.

 

Via Reuters