TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia A solidariedade online em tempos de isolamento | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Internet | A solidariedade online em tempos de isolamento

A solidariedade online em tempos de isolamento

Compartilhe

A crise do coronavírus é, oficialmente, uma pandemia, e muitos de nós estamos isolados de tudo e de todos, pois precisamos ficar em casa para proteger a nós mesmos e aos demais.

Isso fez com que as redes sociais (principalmente o Twitter) recebessem uma onda de solidariedade (apesar do mar de idiotices de alguns seres irracionais), protagonizada por profissionais de diferentes setores que oferecem os seus serviços via videoconferência e de forma gratuita.

O setor sanitário é o que mais se destaca nesse altruísmo, mas não é o único que se mobilizou de forma solidária para ajudar outras pessoas durante o confinamento.

 

 

 

Internet conectando corações e mentes

 

 

Além dos profissionais de saúde que estão lutando em hospitais e centros de pesquisa, outros sanitaristas estão oferecendo através das redes sociais ajuda aos demais mortais, e de forma totalmente desinteressada.

Ginecologistas, traumatólogos, fonoaudiólogos e vários outros profissionais de saúde estão deixando mensagens nas redes sociais oferecendo os seus serviços dentro de sua especialidade, especialmente nos casos que não são tão graves a ponto de recorrer a um hospital, centro de saúde ou consultório médico. Basta entrar em contato com o profissional em modo privado.

Além disso, psicólogos, dermatólogos, oftalmos e especializados em medicina familiar estão se prontificando a ajudar outras pessoas, apresentando os seus préstimos nas redes sociais e utilizando as videoconferências para o atendimento. Tudo para que as pessoas não recorram aos centros de saúde e hospitais, exceto em casos estritamente necessários, deixando assim os leitos livres para quem precisa e evitando um colapso nos sistemas de saúde.

Além da área de saúde, outros profissionais estão envolvidos no sentimento altruísta. Lá fora, uma iniciativa musical de alguns músicos resultou em pequenos concertos ao vivo em vários perfis do Instagram, para entreter as pessoas que estão em confinamento.

Já outras pessoas estão se dedicando a dar atenção para as crianças, que foram as primeiras a sofrer os efeitos da luta contra o coronavírus com a suspensão das aulas. Elas receberam muita atenção dos adultos, com iniciativas que aparecem no Facebook e no Instagram, com pequenos espetáculos de mágica nas redes sociais.

Por fim, vale dar destaque para as diferentes iniciativas que tentam manter as pessoas com a saúde em forma mesmo dentro de casa ou do apartamento. Aulas de ioga e ginástica transmitidas ao vivo via Instagram ou Facebook, além de sessões de exercícios de treinamento cardiovascular em canais do YouTube, e até aulas de zumba ao vivo no Instagram.

 

 

 

A grande lição que o coronavírus vai deixar

 

A epidemia do coronavírus é algo inédito para a grande maioria da população mundial, e ainda estamos aprendendo sobre a doença, seus efeitos e suas eventuais soluções. Mas já existe uma grande lição que o COVID-19 já deixou em algumas pessoas: a necessidade de despertarmos em nós valores, posturas e atitudes que estavam se perdendo.

Por exemplo: respeito ao próximo, empatia, reciprocidade, fraternidade e solidariedade. A geração Baby Boomer espalhou de ódio e divisão por conta de diferentes visões de mundo. Felizmente, as gerações X, Y e Millennial entendeu que o mundo não precisa ser assim, e está mostrando o seu melhor lado. Isso abre uma perspectiva de um mundo mais humano e potencialmente melhor no futuro.


Compartilhe