Compartilhe

A Sony “apresentou” hoje (18), em um evento de teleconferência o PlayStation 5 (PS5). E o “apresentou” é “entre aspas” porque tudo o que foi dito hoje está relacionado aos aspectos técnicos do console de videogames da próxima geração, sem revelar o seu design final, o que levanta dúvidas se a empresa está colocando fé nesse aspecto do produto.

A Sony adotou um silêncio sepulcral durante vários meses quando o tema era o PlayStation 5. Porém, como o lançamento do console ainda está programado para o final de 2020 (isso pode mudar, dependendo de quanto tempo vai durar a crise do coronavírus), esse silêncio seria quebrado de forma óbvia. E esses detalhes técnicos foram apresentados pelos japoneses.

Os principais anúncios de games aconteceriam no período da E3 2020, mas a pandemia do Coronavírus COVID-19 alterou os calendários de anúncios. Por isso, a Sony recorreu à videoconferência e realizou o evento The Road to PS5, para conversar um pouco sobre o que está por vir com o futuro console.

Quem comandou o evento foi Mark Cerny, responsável pela arquitetura de hardware do PlayStation 5. Foi ele quem compartilhou alguns dos detalhes importantes relativos ao seu funcionamento, e explicou como a Sony pretende, a partir desse novo console, redefinir o futuro da indústria dos videogames.

De cara, deixamos um resumo com as principais características de hardware do novo console:

 

CPU Zen 2 com oito núcleos a 3,5 GHz.
GPU AMD RDNA 2 com 36 CUs (2.304 sombreados) a 2,23 GHz (10,3 TFLOPs de potência).
Suporte a ray tracing acelerado por hardware.
16GB de GDDR6 com largura de banda de 448GB/s.
SSD de 825 GB com largura de banda de 5,5 GB/s.
Leitor de disco blu-ray 4K.
Slot para expandir facilmente o armazenamento.
Som posicional 3D de alta qualidade.

 

 

 

O que o PlayStation 5 tem?

 

 

Cerny começou o evento falando diante de um público digital falso (a Sony não seria maluca em colocar um grupo de pessoas dentro de uma sala pequena no meio de uma pandemia), e abordou os alinhamentos de ideias que conduziram a criação do PlayStation 5.

A Sony se preocupou em escutar os desenvolvedores e publishers, e esse foi um ponto crucial para a concepção do novo console. Fez um comparativo com as gerações anteriores do PlayStation para mostrar como o processo de desenvolvimento dos jogos para o PlayStation 5 será muito mais ágil, justamente por causa desse alinhamento de ideias e perspectivas.

O disco rígido em estado sólido foi mencionado como um dos elementos considerados essenciais para o bom desempenho do PlayStation 5, melhorando esse aspecto do console em vários níveis. Agora, o desenvolvimento de jogos vai deixar de lado o lastro da programação em função dos tempos de carga, deixando os desenvolvedores mais livres para focar a programação em outros aspectos dos jogos.

No PlayStation 5, o tempo de carga de dados podem alcançar até 5.5 GB por segundo. Na prática, esse é um número muito superior ao prometido pelo Xbox Series X, e pode ser um fator relevante para colocar o novo console da Sony na frente da proposta da Microsoft (pelo menos na teoria, e nos aspectos técnicos).

Diferente do que muitos esperavam, o evento The Road of PS5 foi muito focado nos aspectos técnicos do console e no processo de desenvolvimento de jogos, muito mais para ressaltar a potência que os usuários vão ter no novo console. Não foi apresentado o novo design do console ou de jogos que estarão presentes na primeira leva de lançamentos.

O disco rígido do PS5 será inclusive mais rápido que um disco tradicional do PC. O padrão atual da maioria dos discos portáteis executa os dados armazenados a 3.5 GB por segundo. E a retrocompatibilidade com o catálogo do PlayStation 4 e PS4 Pro está oficialmente confirmada.

No final das contas, o evento foi muito mais técnico do que comercial, e é muito mais interessante da nossa parte apresentar a tabela de especificações técnicas e oficiais do PlayStation 5. Quem sabe em um post futuro eu comento o que eu penso sobre o futuro novo console da Sony… que ninguém ainda viu a sua cara ou design.

 

 

 

PlayStation 5: especificações técnicas

 

                                          PlayStation 5                                       PlayStation 4

CPU8 x zen 2 a 3,5 GHz núcleos8 x Jaguar 1.6GHz núcleos
GPU10.28 TFLOPS

36 CUs a 2,23 GHz

1.84 TFLOPS

18 CUs a 800 MHz

ARQUITETURAAMD RDNA 2 PersonalizadoAMD GCN Custom
MEMÓRIA / INTERFACE16GB GDDR6 / 256 bits8GB GDDR5 / 256 bits
LARGURA DE BANDA DA MEMÓRIA448 GB/s176 GB/s
ARMAZENAMENTO INTERNOSSD personalizado de 825GBDisco rígido de 500GB
TAXAS DE TRANSFERÊNCIA5,5 GB/s

(dados brutos) 8-9 GB/s (dados compactados)

50-100 MB/s, dependendo da localização dos dados no HDD
ARMAZENAMENTO EXTERNOSlot para cartão SSD NVMeSuporte a discos rígidos USB externos
UNIDADE ÓPTICABlu-ray 4K UHDBlu-ray

 

 


Compartilhe