50 cent

Faz um bom tempo que não ouvimos falar do rapper 50 Cent, e agora ele volta à cena, mas não por causa de uma música ou videoclipe novo. Foi por causa do Bitcoin.

O rapper que levou nove tiros e sobreviveu (onde essa e outras histórias de sua vida resultaram em um filme) lançou em 2014 o álbum Animal Ambition, o seu quinto trabalho de estúdio. O disco foi um enorme fracasso comercial de 50 Cent, já que diferente das milhões de cópias vendidas no passado, esse disco não chegou a ter 150 mil unidades distribuídas.

Na época, 50 Cent estava financeiramente na pior (ele chegou a declarar bancarrota um ano depois). Porém, ele adotou o método ‘perdido por um, perdido por mil’, e decidiu aceitar o conselho de permitir que os poucos fãs interessados no disco pagassem o álbum com Bitcoins.

Na época, o rapper arrecadou 700 Bitcoins que ficaram esquecidos em uma conta virtual. Até agora.

O próprio 50 Cento confirmou em sua conta no Instagram que aquelas moedas virtuais que, em 2014, valiam ‘apenas’ US$ 400 mil, hoje contam com um valor de mercado de nada menos que US$ 7,7 milhões. Tudo por causa da alucinante escalada da cotação da criptomoeda (no momento em que esse post foi produzido, um Bitcoin valia US$ 11.183,84 – e isso porque a moeda chegou a bater a casa dos US$ 20 mil -; em 2014, um Bitcoin valia US$ 571).

Moral da história: 50 Cent voltou a ser milionário ‘da noite para o dia’ (OK, em quatro anos). A boa notícia é que ele não precisou morrer tentando ficar rico dessa vez.

 

Via 50 Cent (Instagram)