Arquivo para a tag: wwdc

Apple prepara assistente doméstico, baseado em novo Siri

by

apple-siri

O site The Information publicou indícios de que a Apple estaria preparando a sua versão de um assistente doméstico, no estilo do Amazon Echo e do Google Home. O produto seria gerenciado por uma nova e potente versão do Siri.

O Siri foi um dos primeiros assistentes que fez o uso da linguagem natural, deixando de lado os comandos de voz. Isso fez com que um novo mercado se abrisse, onde Microsoft, Google e Amazon conseguiram deixar a Apple para trás. A Siri ampliou suas funções, mas isso não foi suficiente para que os usuários vissem uma real utilidade.

Um dos principais problemas do Siri é a sua restrição à informação vinda ou autorizada previamente pela Apple. Por conta disso, aplicativos de terceiros ficam de fora da informação e das funções de podem acessar. Mas isso mudou com a chegada do novo Apple TV, onde pela primeira vez o Siri é capaz de buscar conteúdos em aplicativos como Netflix. De forma limitada, mas já é alguma coisa.

siri-no-apple-tv

De acordo com a fonte, a Apple está por abrir a plataforma do Siri para os desenvolvedores, tal e como aconteceu com o iOS para o uso do Touch ID, através de um novo SDK que vai permitir que o assistente se comunique com informações presentes em aplicativos instalados no iPhone, iPad, Apple TV e, talvez, no Mac OS, caso se confirme o rumor da chegada do Siri ao sistema operacional.

O novo SDK seria anunciado na próxima WWDC, e servirá de porta de entrada para que o Siri receba novos poderes, visando um futuro dispositivo focado para o lar. O novo produto estaria em uma etapa muito preliminar de desenvolvimento, e é pouco provável que ele seja anunciado esse ano.

Este dispositivo se apoiaria no HomeKit, plataforma de domótica da Apple, e seria o centro nervoso de um lar inteligente, controlando dispositivos compatíveis, se conectando com a Apple TV, alto-falantes com AirPlay, recebendo alertas e até atendendo chamadas telefônicas recebidas do iPhone. Tudo operando com conexão sem fio e através da voz, com a ajuda do Siri.

Via The Information

O que a Apple não mencionou na WWDC 2014, mas que muitos gostariam de ver

by

wwdc-01

A WWDC 2014 começou, com a tradicional palestra inaugural com os manda-chuvas da Apple. Porém, nem tudo o que muitos queriam ouvir foi dito, e chegou a hora de revisar tudo aquilo que poderia ser e não foi apresentado no evento de ontem (02). Ok, bem sabemos que muitas possibilidades eram bem remotas (e foram até dadas como muito difíceis de serem apresentadas aqui mesmo no blog). Mesmo assim, fazemos o registro, apenas pelo exercício de possibilidades a serem exploradas.

Ausências de Hardware

wwdc-02

iWatch

Mesmo sabendo que as chances eram mínimas, para muitos, não ter um iWatch foi uma decepção. Nem mesmo uma pulseira quantificadora. Porém, os diretores da Apple reafirmam que novos produtos aparecerão ainda em 2014. Quem sabe na apresentação do iPhone 6 em setembro?

wwdc-04

MacBook Air com tela Retina

Muitos se questionavam se teríamos ou não uma nova versão do MacBook Air. Por um lado, a tela Retina é o que falta para esse modelo ser o ultrabook definitivo. Por outro, um Air com tela Retina poderia canibalizar o mercado do MacBook Pro Retina. A discreta atualização poucos dias antes do keynote de ontem foi a única.

Novo Mac Mini

De todos os computadores da Apple, o Mac Mini é o que mais tempo está sem receber novas versões. Só por isso – e porque o Mini é o favorito de muitos -, merecia uma atualização, com processadores melhores, mais potência e um formato menor. Mas pelo menos por enquanto, é apenas um sonho.

wwdc-05

Apple TV

Cada vez mais esquecido pela empresa, por não ser um mercado prioritário para eles. O ciclo de atualizações do Apple TV sempre foi lento, e pelo visto, não vai mudar tão cedo.

Ausências de Software

wwdc-06

Mapas

Não que esse não tenha recebido melhorias. O que acontece é que essas melhorias se limitaram quase que exclusivamente à China. É um mercado importante para a Apple, ok… mas… e o resto do mundo? Não está a altura? Desse jeito, o Google Mapas nem precisa fazer muito esforço para ser o dominante.

wwdc-03

Música

Depois de todo o barulho feito pela compra da Beats por parte da Apple, a parte musical quase passou desapercebida na abertura da WWDC 2014. Nem iTunes Radio, nem Beats Music foram alvos de mudanças.

iPad com tela dividida

A multitarefa que a Apple apresentou na sua nova plataforma Continuity é realmente algo que chama a atenção, mas a função de executar dois aplicativos na tela dividida segue sendo algo ignorado. Ou a Apple encontrou uma solução que seja satisfatória, ou simplesmente não considera tal recurso algo útil ao grande público.

Usuários múltiplos

Uma das funções mais badaladas do Android é a possibilidade de vários usuários iniciarem seções diferentes em um único dispositivo. E isso segue de fora no iPad. Pais com um único tablet seguem condenados a compartilhar a sua intimidade, e o iPad segue em risco quando nas mãos de nossos filhos. Ou seja, só nos resta seguir fazendo cópias de segurança diárias de nossos dados.

WWDC 2014 | OS X 10.10 Yosemite é apresentado: um resumo das novidades

by

osx-yosemite-preview-1

Um novo OS X era esperado, e ele chegou. O OS X 10.10 Yosemite é a nova versão do sistema operacional para desktops e portáteis da Apple, e foi oficialmente apresentado na WWDC 2014. Os rumores indicavam mudanças profundas na interface visual do sistema, e essas mudanças vieram, mas nem tanto na estética, mas sim com a proposta geral mais próxima do iOS.

A “iOSficação” do Mac OS visa unificar as experiências visuais, unificando o ecossistema dos produtos da Apple não apenas no visual, mas nas funcionalidades. E pelo menos nas primeiras impressões, eles obtiveram êxito nessa empreitada. A seguir, um resumo das novidades.

Um design mais plano e limpo

osx-yosemite-preview-02

– O novo OS X é focado na utilidade e na transparência. Tudo está mais claro e limpo, as janelas se adaptam aos elementos exibidos pelo desktop, e o Dock recebe novos ícones, com um acabamento 2D, com destaque para a tipografia.

– Um novo “modo escuro”, que muda o fundo e inverte as tonalidades nos menus e tipografias está presente. A Central de Notificações tem uma nova aba “Hoje”, onde podemos ver os lembretes, permitindo estender a visualização do conteúdo, permitindo acesso às informações mais importantes.

– O Spotlight, sistema de buscas do OS X, recebe uma caixa de busca no centro da tela, com os resultados aparecendo em uma janela que aparece na caixa de busca, com uma caixa de pré-visualização de resultados. Nos resultados, encontramos informações que nos levam a outras opções relacionadas, como links para reprodução de conteúdos em streaming via iTunes e números de telefones.

iCloud Drive, Mail e Safari

icloud-drive

– O iCloud Drive é a alternativa da Apple ao Dropbox, Google Drive, OneDrive e demais concorrentes, que sincroniza as informações com outros equipamentos OS X, com dispositivos iOS e até com equipamentos com Windows.

– A nova versão do Mail oferece o novo MailDrop, que cria um link seguro para evitar que arquivos muito grandes não cheguem ao destinatário do e-mail. No lugar do arquivo em anexo, é enviado um link para download do arquivo em um espaço de armazenamento na nuvem (não foi explicado se é um espaço associado ao iCloud Drive).

– O Safari foi redesenhado. Sua barra superior virou uma central de controle, e o restante da janela fica agora livre para o conteúdo. Ao realizar a busca na barra de endereços, os resultados do Spotlight são exibidos. O suporte das abas se potencializa com uma “visualização de abas”, que mostra a matriz das abas abertas pré-visualizadas e agrupadas.

– O modo multimídia foi melhorado no Safari, com a chegada ao suporte WebGL, SPDY e HTML5 Premium Video, que permite inclusive a reprodução de serviços de streaming como Netflix de forma otimizada, aumentando a autonomia de bateria de um computador portátil.

650_1000_1401730795

– Continuity: o recurso permite a utilização de recursos e funções entre dispositivos OS X e iOS. Você começa uma ação no iPhone, e continua essa ação no MacBook sem problemas. Em conjunto com o AirDrop, permite a transferência de arquivos entre essas duas plataformas.

– Handoff: sincroniza os documentos que trabalhamos nas duas plataformas da Apple, além de criar um ponto de acesso sem fio automaticamente, que conecta os dois dispositivos, tal como uma rede WiFi ad-hoc.

– Mensagens SMS que chegam nos dispositivos iOS no iMessage também são recebidas no OS X, assim como as chamadas de voz. O Mac pode ser utilizado como alto-falante do sistema, recebendo as chamadas do iPhone no computador com OS X Yosemite.

Preço e disponibilidade

os-x-yosemite

Qualquer um dos computadores da Apple lançados desde 2007 poderão ser atualizados para o OS X 10.10 Yosemite de forma gratuita, a partir do outono de 2014 (no hemisfério norte, provavelmente em outubro). Os desenvolvedores terão acesso às versões preliminares do sistema a partir de hoje (02).

A novidade é que dessa vez teremos um programa de beta público da nova versão, disponível a partir do verão norte-americano (sem especificar datas), permitindo aos não-desenvolvedores testarem as novidades, antes da versão final chegar ao mercado.

Via Apple

WWDC 2014 | iOS 8 é anunciado oficialmente: um resumo das novidades

by

ios-8-health

Agora é oficial. O iOS 8 foi apresentado no evento inaugural da WWDC 2014, apresentando algumas mudanças importantes ao sistema operacional móvel da Apple, e algumas novidades previamente especuladas. As mudanças devem ser bem vindas pelos usuários, mesmo sendo consideradas conservadoras no aspecto visual e – para o entendimento de muitos – muitas delas serem apenas adaptações de recursos já presentes nos concorrentes.

A seguir, uma revisão em todas as novidades oferecidas pelo novo iOS 8:

Melhorias em várias frentes

– Uma central de notificações melhorada, com notificações interativas, permitindo responder mensagens e outras ações através da própria notificação. Além disso, é possível ouvir uma notificação de voz apenas aproximando o smartphone no ouvido, e responder automaticamente com esse tipo de ações associadas às notificações.

– Duplo toque na tela agora mostra também os contatos favoritos, que podem ser escolhidos diretamente com esse gesto para iniciar uma conversa.

– Visualização de abas do Safari no iPad é mostrada em uma matriz que adiciona uma segunda fila, que controla esses conteúdos. Aplicativo de e-mail com suporte para gestos para destacar mensagens ou marcações para leitura posterior.

– Recomendações exibidas no Spotlight do OS X Yosemite também são exibidas no iOS 8, onde podemos interagir com os resultados da busca, permitindo realizar chamadas para números indicados ou reproduzir conteúdos por streaming disponíveis no iTunes.

ios8-wwdc2014-03

– Teclado com QuickType, sistema de previsibilidade de digitação. O teclado completa automaticamente as frases, “adivinhando” a próxima palavra que vamos utilizar, aprendendo nossa forma de escrita. Com suporte para vários idiomas, inclusive o Português do Brasil

– iMessage com novidades: mensagens de grupo, modo “não perturbe”, compartilhamento de localização com as pessoas que conversamos, compartilhamento de vídeos, etc.

– Suporte ao iCloud Drive, permitindo o acesso aos documentos criados em qualquer plataforma – incluindo Windows.

Saúde é protagonista. E a família, também

ios8-wwdc2014-04

– O HealthKit foi oficialmente apresentado. Ele é um repositório onde os usuários podem obter informações sobre suas atividades físicas e sua saúde. Destaque para o Health (antes conhecido como HealthBook), que é quem registra esses dados.

– A monitorização de saúde e atividades físicas pode ser feita por aplicativos de terceiros, e a Apple espera que o aplicativo possa ser de grande ajuda para tratamentos clínicos. A Apple está trabalhando em colaboração com a clínica Mayo e várias instituições de saúde para o seu desenvolvimento, e lembra que esses dados serão privados, com armazenamento protegido.

ios-8-familias

– O Family Sharing também foi anunciado, e permite que membros de uma família compartilhem fotos, localização, lembretes, compras de conteúdo multimídia dos membros de uma família, entre outros conteúdos. O recurso está habilitado para até seis membros por unidade familiar – com um cartão de crédito associado à essa família -, e os pais receberão um alerta se os filhos tentarem comprar um aplicativo em seus dispositivos.

– As fotos agora podem ser compartilhadas via iCloud Drive, com um sistema de busca baseada na localização, data das fotos ou álbuns criados ao longo do tempo. A edição e pós-processamento das fotos conta com novas opções, e todas as modificações são automaticamente sincronizadas na nuvem.

– O Siri agora pode reconhecer músicas através do serviço Shazam, além de suporte de ditado a 22 novos idiomas (não foram mencionados quais – atualizaremos essa informação em um momento posterior).

– O Mapas recebeu melhorias específicas para a China, com a adição de mapas vetoriais e suporte para a navegação baseada nos mapas – nada foi citado sobre o suporte de rotas para transporte público.

A Apple App Store cresceu, e melhorou

– São 1.2 milhão de aplicativos disponíveis no catálogo da loja, com 300 milhões de visitas a cada semana, e 75 bilhões de aplicativos baixados.

– A App Store recebe a nova seção Explorer, para navegação entre as categorias e subcategorias. As buscas por tendências também estão disponíveis, e o scroll de resultados também está presente. Um logo de “Escolha do Editor” passa a qualificar os melhores aplicativos, enquanto que o “App Bundles” oferece descontos para conjuntos de aplicativos.

– A pré-visualização de aplicativos por vídeo também é enfatizada, além da estreia do TestFlight, onde os desenvolvedores podem convidar os usuários a testar os aplicativos, com o objetivo de receber sugestões e comentários.

Widgets no iOS 8. Bom, mais ou menos…

wwdc2025

– O Extensibility é uma das opções mais importantes do novo SDK do iOS 8, pois oferece a extensão de seus serviços aos aplicativos de terceiros. Com isso, as extensões podem se fazer ativas em sandboxes, garantindo a segurança e estabilidade do sistema como um todo, além de permitir uma comunicação entre si, usando essa capacidade. Com isso, mais opções de compartilhamento de informações entre aplicativos estão disponíveis.

– O suporte ao widgets chega ao iOS: pequenos programas podem oferecer funcionalidades adicionais, permitindo que tais widgets apareçam na Central de Notificações.

– Teclados de terceiros (finalmente) poderão ser utilizados no iOS 8.

HomeKit, a automatização do lar

– Abertura do TouchID, que pode agora ser utilizado por outros desenvolvedores. A segurança segue mantendo esse mecanismo, com os registros do início de seção protegido.

– Automatização do lar via HomeKit, uma certificação da Apple com as suas próprias APIs, que permitirá o controle de qualquer sistema de automatização a partir do iOS 8.

– CloudKit: um conjunto de ferramentas para trabalhar com o iCloud Drive e com outros serviços na nuvem. O uso dessas ferramentas é gratuito (com limitações), como transferência de até 5 TB de recursos por dia, ou transferências da base de dados de até 50 GB por dia.

– Metal: orientado aos jogos, pode reduzir a carga do OpenGL, melhorando o desempenho gráfico de forma considerável.

Nova linguagem de programação: Swift

– Swift é a nova linguagem criada pela Apple, que melhora o desempenho do Objective-C, linguagem que até agora foi o pilar do desenvolvimento de aplicativos no iOS 8. As melhora foram muito bem recebidas pelos desenvolvedores presentes no evento, e esse código pode funcionar de forma conjunta com o C e o Objective-C.

iOS 8: disponibilidade

O iOS 8 está disponível em fase beta a partir de hoje (02) para os desenvolvedores. A versão final só chega no outono do hemisfério norte (terceiro trimestre de 2014), que é quando provavelmente veremos novas versões dos smartphones e tablets da Apple. A nova versão do iOS será compatível com os seguintes dispositivos: iPhone 4S e superiores, iPod Touch de 5ª Geração, iPad 2 e superiores e todas as versões do iPad mini.

O que esperar da WWDC 2014?

by

apple-wwdc-2014

Chegou a hora da verdade. A WWDC, evento para desenvolvedores da Apple, começa amanhã (02), no Moscone Center em San Francisco (EUA). Uma vez abertas as portas e com o início da palestra inaugural, o mundo estará atento para tudo o que a gigante de Cupertino tem a mostrar. E mesmo tendo alguma ideia do que pode estar por vir, é muito provável que veremos algumas surpresas.

Desta vez, o que é certo é dizer que o evento desse ano estará focado principalmente no software (com novas versões do iOS e do OS X). Mas com um pouco de sorte, é possível que algumas novidades de hardware e dispositivos da Apple apareçam no evento.

A seguir, temos uma breve recompilação do que podemos esperar amanhã. Vale lembrar que o evento começa às 9:45 AM – horário da Costa Oeste dos EUA (13h45, horário de Brasília).

iOS 8

apple-wwdc-2014-ios8

A WWDC é o cenário perfeito para mostrar aos desenvolvedores o que os novos softwares podem fazer. Uma atualização do iOS não só é a maior aposta para o evento, como depois das fotos vazadas nesse final de semana, é algo dado como certo.

Porém, não devemos esperar mudanças drásticas no iOS 8 como vimos no iOS 7. Mas novidades interessantes devem aparecer, para manter os desenvolvedores motivados a criar aplicativos para os dispositivos, além de manter os usuários interessados na compra de tablets e celulares da Apple.

Até agora, uma das principais novidades seria o Healtbook, a especulada “central de informação de saúde de atividade física do usuário”, com um design muito similar ao atual Passbook. Além disso, podemos ver novos recursos que preparam o iOS para a chegada de outros dispositivos (um eventual iWatch) e, com alguma sorte, um Siri um pouco mais inteligente, com maior integração com diferentes aplicativos instalados. Sem falar no Siri compreendendo o português (finalmente… está passando da hora).

Também existe uma possibilidade da Apple apresentar um novo sistema de pagamentos móveis, além de apresentar novas funções ao CarPlay, que ainda é muito limitado. Outro ponto que deve oferecer melhoras (urgentes, até) está no Mapas da Apple, que ainda não está no mesmo nível do Google Mapas, e deve receber novidades, como a informação do transporte público e melhor suporte para pedestres.

Por fim, outras possíveis novidades do iOS 8 incluem a possibilidade de rodar dois aplicativos de uma vez em uma tela dividida do iPad (que pode estar presente em um novo iPad, daqui a alguns meses), além de novos aplicativos, como o Preview e o TextEdit.

OS X 10.10

apple-wwdc-2014-osx-01

Também é dada como certa uma aparição do novo OS X na WWDC 2014. A versão atual (Mavericks) foi apresentada na WWDC 2013, melhorando o desempenho da bateria dos portáteis e oferecendo novos aplicativos e funções aos seus computadores. Não se sabe muita coisa sobre essa nova versão do OS X, mas muitos esperam ver melhorias na interface e maiores similaridades com o iOS.

Lar inteligente?

Recentemente, rumores sobre o anúncio de uma nova plataforma para o lar inteligente apareceram, fazendo com que os iPhones e iPads controlem as luzes da casa, os eletrodomésticos conectados, o sistema de segurança e outros eletrônicos domésticos. Porém, há quem diga que esta será apenas uma nova certificação oferecida pela Apple, e não um software completamente novo.

Outras possibilidades

Macs

Com um novo Mac OS X 10.10, a Apple pode apresentar novos Macs. Porém, os novos processadores da Intel (Broadwell) ainda não estão prontos. Logo, imagina-se que a Apple apresente esses novos computadores mais adiante, e não na WWDC.

Por outro lado, é possível que a Apple finalmente apresente um MacBook Air com tela Retina. Rumores de um novo MacBook Air de 12 polegadas também circulam na web, e poderemos ver uma atualização do Mac Mini, que não é atualizado desde 2012.

Apple TV

O “hobby” da Apple cresceu com o passar do tempo, mesmo sem ter muitas novidades nos últimos tempos. É possível que essas novidades apareçam na WWDC 2014, principalmente na parte de software.

iWatch

Cada vez são menores as chances da Apple apresentar um relógio inteligente (o especulado iWatch) na WWDC, mas é possível que – caso seja lançado – ele seja o dispositivo com a melhor integração com o Healthbook. Porém, é mais provável que o smartwatch da Apple só será apresentado no segundo semestre.

Beats

É possível que Dr. Dre e Jimmy Iovine, co-fundadores da Beats – e futuros funcionários da Apple – subam ao palco para tornar a compra da Beats pela Apple algo mais formal. Porém, novos produtos não são esperados.

iPhone e iPads

É quase certo que a Apple não apresentará novos iPhones ou iPads amanhã. Normalmente, eles esperam mais tempo para anunciar novas versões dos seus produtos.

Surpresas?

A Apple se caracteriza por apresentar surpresas em muitas oportunidades. Mesmo que não seja algo de hardware, é possível que a gigante de Cupertino esteja planejando algo novo para surpreender a audiência da WWDC.

Lembrando: se você tem um dispositivo da Apple (iOS, Mac OS ou Apple TV), você pode assistir o evento de abertura ao vivo.

iOS 8: o que queremos ver (e o que teremos no final das contas)

by

ios8-01

Ao longo do último ano, nós criticamos, debatemos, aceitamos e finalmente usamos o iOS 7. Mas isso não quer dizer que não queremos novidades. E é isso o que esperamos ver a Apple apresentar no novo iOS 8, na próxima segunda-feira (02).

Obviamente, não esperamos mudanças muito drásticas, como a reforma completa do sistema apresentada na WWDC 2013. Mas a Apple ainda tem uma margem muito grande para tornar o iOS 8 um grande destaque do evento desse ano. Tentando ser realistas nas expectativas, vamos listar algumas das coisas que queremos ver na apresentação do iOS 8, mas que não necessariamente veremos.

O que é provável que eles apresentem

ios8-02

Mapas

Os mapas de hoje estão muito longe da porcaria apresentada na primeira versão, mas ainda estão bem longe de serem perfeitos. Os cartógrafos da Apple estão adicionando locais como loucos na versão 3.0, mas além de oferecerem a posição correta para caminhos pouco conhecidos, há muitas funcionalidades que o Mapas da Apple necessitam, e faz tempo.

A maior de todas elas é provavelmente a informação do tráfego. A Apple comprou a empresa HopStop com essa finalidade. Também seria legal poder elaborar rotas sob medida.

ios8-03

Um teclado melhor

O teclado virtual do iOS 7 pode melhorar, e muito. Ainda fica a esperança que a Apple permita que desenvolvedores de terceiros, como o Flesky ou o SwiftKey possam adicionar os seus teclados como padrão, mas há muitas funções que seriam bem vindas. A primeira seria deixar um mínimo de margem para a personalização.

Poder alterar menus para escrever certos caracteres é algo que deveria minimizar-se na medida do possível. Símbolos de uso tão comum, como a vírgula, o ponto ou o parêntesis deveriam ter um lugar visível ao lado das demais letras. Sem falar no método de seleção de texto, que poderia ser muito melhor.

ios8-04

Tornar o Siri mais inteligente

O Siri pode ser o primeiro assistente digital que realmente entendia o que o usuário dizia, mas as alternativas no Android ou no Windows Phone fazem um trabalho muito melhor, se antecipando ao que realmente queremos. Seria bom que a Apple fizesse o mesmo, e que o Siri aprendesse truques novos, como por exemplo ficar mais integrado com aplicativos de terceiros, além de apenas iniciá-los. Sem falar que seria maravilhoso ver o Siri ser acionado sem ter que sequer tocar no smartphone (no estilo “Ok, Google Now”). E, é claro, passou da hora do Siri compreender o português.

ios8-05

iDoctor

Passamos meses lendo rumores sobre um relógio inteligente ou pulseira quantificadora com o iOS, mas a Apple precisa criar as bases para que todas as funções que esses produtos vão fazer. Mark Gurman, do 9to5Mac, explica: o gadget para o pulso é algo positivo, mas a Apple precisa de uma plataforma centralizada na nuvem para gerenciar toda a informação sobre a saúde.

O que eles poderiam apresentar, na medida do possível

ios8-06

Notificações turbinadas

Todo mundo que já utilizou alguma vez um iPhone com Jailbreak sabe do que estou falando. A Apple sempre ficou um passo atrás dos demais no que se refere às notificações, mas pode virar esse jogo, apenas oferecendo uma maneira fácil para responder um e-mail ou uma mensagem de texto. Imagine um mundo onde não é necessário abandonar o aplicativo que estamos para responder uma simples mensagem. Isso, e uma tela de 4.7 polegadas. Seria algo maravilhoso.

ios8-07

Tela repartida

Falando de funções que permitem tornar as coisas mais efetivas, anima muito os rumores de uma função multitarefa que permite realizar tarefas em uma tela dividida em dispositivos iOS. Mesmo que tal função não esteja completamente preparada nesse momento.

Fazer rodar aplicativos de forma simultânea não é algo revolucionário. O Windows 8 e a interface TouchWiz (da Samsung) já fazem isso. Mas se levarmos em conta que a Apple pode fazer isso de forma mais elegante e interativa, é sempre algo a se desejar. A chave está em como essa informação será compartilhada: se podemos passar os dados facilmente entre um lado e outro da tela seria algo além de um simples truque para impressionar, sem uma função útil. E esse talvez seja o principal motivo pelo qual o iOS ainda não recebeu esse recurso.

ios8-08

Uma nuvem própria

Enquanto Amazon, Google e Dropbox disputam o posto de melhor e mais acessível oferta de armazenamento na nuvem, a Apple parece ter optado por esperar, utilizando o iCloud para que nossos dados estejam em todas as partes. Porém, está longe de ser um serviço mais acessível. Quando existia a suite de serviços online MobileMe, havia uma função chamada iDisk, que permitia criar um espaço próprio de 20 GB. Ressuscitá-lo seria uma boa ideia.

ios8-09

Compartilhamento de arquivos

O Airdrop era uma das funções mais atraentes na teoria, mas no mundo real, não se tornou algo tão útil assim. Podemos contar nos dedos de uma mão as vezes que utilizamos para enviar uma foto para um amigo (por exemplo). Além disso, com o iCloud e o Dropbox mantendo nossos arquivos sincronizados, não há a necessidade de compartilhar arquivos entre os nossos próprios dispositivos. Porém, seria mais útil se ele servisse para transferir arquivos com nossos computadores.

Usuários múltiplos no iPad

Se a Apple quer disputar de verdade no mundo dos tablets, deve permitir de forma imediata que os usuários diferentes possam utilizar o mesmo iPad com a garantia de privacidade, ou que possa proteger o dispositivo quando as crianças da casa o utilizam. A concorrência já integra tal função há tempos.

O que é muito improvável que eles apresentem

ios8-10

Os widgets

A nova central de notificações nos permitiu ter acesso mais rápido a algumas funções, mas não podemos deixar de imaginar sobre como poderia ser mais eficiente. Poder ver as mensagens do Twitter, mensagens SMS ou previsão do tempo sem precisar trocar de aplicativo. É provável que a tela iniciar seja pedir demais, mas o iOS tem muito espaço para a inserção de widgets, caso o usuário assim deseje.

ios8-11

Buscas em profundidade

O Spotlight destaca apenas na exibição de onde estão localizados os aplicativos, mas não o que cada um deles tem dentro. No OS X, o Spotlight é muito mais eficiente ao localizar documentos. Seria ótimo poder contar com as mesmas funcionalidades no iOS 8.

ios8-12

Maior controle na central de controle

A central de controle é uma função muito bem vinda no iOS 7, mas até que não possamos personalizar essa central, a Apple apenas estará arranhando a superfície de seu potencial. Poder definir quais são os acessos diretos que queremos nessa área, ou mudar os aplicativos padrão por outros que realmente usemos.

Apple vai exibir a palestra inaugural da WWDC 2014 para usuários do iOS, OS X e Apple TV

by

wwdc-2014

A Apple vai transmitir a palestra inaugural da WWDC 2014 para os usuários de dispositivos com os sistemas iOS, OS X e Apple TV. O evento acontece no dia 2 de junho, no Monscone West, em San Francisco (Estados Unidos).

Tradicionalmente, a palestra inaugural da Apple na WWDC serve para apresentar números de vendas, novos planos e próximos produtos ou serviços. A apresentação começa às 10 AM (horário da Costa Oeste dos Estados Unidos, ou 14h, horário de Brasília), e os usuários de qualquer dispositivo com os sistemas listados poderão assistir o evento via streaming. Ou seja, proprietários do iPhone, iPad, iPod Touch, Mac ou Apple TV.

Muitos são os rumores do que veremos na apresentação do dia 2 de junho, mas é muito provável que o iOS 8 seja esboçado pela primeira vez, assim como o OS X 10.10. Aliás, pouco se sabe da nova versão do OS X, diferente do que acontece com o iOS 8, onde se especula novas funcionalidades, como a Healtbook e uma nova ferramenta para controle dos dispositivos no lar.

Recentes especulações indicam que novos hardwares serão mostrados, como novos MacBook Air, um iMad “econômico”, e uma nova plataforma para o iOS que permite o controle dos dispositivos inteligentes do lar, como lâmpadas ou fechaduras de portas, através de um smartphone ou tablet.

Por enquanto, só nos resta esperar até a próxima semana. A boa notícia é que vamos poder ver tudo isso em tempo real.

Via CNET

Apple pode apresentar na WWC 2014 um software de controle do lar via iPhone

by

wwdc-2014

A grande surpresa da Apple na WWDC 2014 pode não ser um smartwatch, mas sim uma plataforma de software para controle do lar a partir do smartphone. É isso o que garante o Financial Times, que revela que os dispositivos com iOS 8 seriam a central de controle para essa nova plataforma.

Segundo as poucas informações reveladas até agora, a plataforma servirá para controlar diversas funções do lar que dependem de dispositivos conectados que já existem. Por exemplo, para controlar as lâmpadas da casa, ou a temperatura do ar condicionado. Para isso, é preciso contar com dispositivos conectados na rede sem fio da casa, como as lâmpadas Philips Hue, ou o termostato Nest.

A iniciativa é uma maneira de abrir as portas ao número crescente de acessórios de diversas empresas do mercado residencial, sendo uma especie de extensão do programa Apple MFi (Made for iPhone), certificação que a Apple oferece oficialmente para outros acessórios (de som, principalmente). Porém, parece que essa nova plataforma terá uma marca diferente, focada nos produtos do lar inteligente, e terá o seu próprio apoio de software para os desenvolvedores.

Ainda não sabemos qual será o suporte ao iBeacon da nova plataforma. Tudo deve ser revelado no dia 2 de junho, data de início da WWDC 2014.

Via Financial Times

Rumor: a nova versão do OS X pode sofrer uma mudança tão radical como o iOS 7

by

wwdc-2014

No ano passado, a World Wide Developers Conference da Apple apresentou uma grande e importante mudança no design do iOS 7. Nesse ano, o grande protagonista do evento promete ser o OS X, e tudo indica que ele pode seguir os passos ditados por Jony Ive, e sofrer uma profunda reformulação.

Diferentes fontes próximas da Apple relataram ao site 9to5Mac que a próxima versão do sistema operacional para os Macs (conhecida internamente como Syrah) sofrerá uma transformação similar ao iOS 7. Os aplicativos de base como o Finder ou o Mission Control continuam, mas sua estética abandonará o design atual para adotar formas mais limpas e simples. Para isso, a Apple teria deslocado boa parte da mesma equipe técnica responsável pelo iOS 7 no redesign do OS X.

Na realidade, a Apple está em um opa posição otimista para dar esse passo. Apesar das críticas (e bugs) iniciais, o iOS 7 foi bem recebido, e o OS X há muito tempo pede por uma mudança estética. A decisão de oferecer a versão Mavericks de forma gratuira também é uma forma de evitar a fragmentação e unificar completamente as versões para esta nova versão.

Ainda que os rumores apontem para esse sentido e que tem toda lógica de ser, teremos que esperar a WWDC 2014, que acontece em junho, para confirmar tais rumores. Se a política da Apple não se modificar, o OS X deve estar disponível no final de 2014.

Via 9to5Mac

Mais vazamentos do iOS 8 e o seu novo software

by

ios8-leak0

Vimos muitas mudanças no iOS 7, principalmente relacionadas ao seu design. Mudanças que deveriam acontecer de tempos em tempos para que o sistema se mantenha vivo, mas a Apple insistiu em manter o sistema inalterado nos últimos anos. Porém… o que vai acontecer no iOS 8?

Alguns rumores foram ventilados nas últimas semanas, como importantes novidades ao sistema, novos apps proprietários (como o Preview ou o TextEdit, velhos conhecidos dos usuários de desktop), além de ícones calcados nas versões do OS X, mas com uma aparência muito mais de acordo com o conjunto. Além disso, o Watch Utility deve dar o ar de sua graça, provavelmente para receber o esperado iWatch.

ios8-leak1

Também merece destaque o Healtbook, que seria mais uma incorporação que passa a ganhar ainda mais sentido agora que a Nike praticamente desativou o desenvolvimento da sua FuelBand. E não podemos descartar outras novidades que o iOS 8 pode oferecer, uma vez que ainda estamos no momento dos primeiros rumores sobre a nova versão do sistema operacional móvel da Apple.

O mais provável é que a Apple apresente as novidades do iOS 8 durante a WWDC 2014, conferência para desenvolvedores dos sistemas da empresa, que acontece entre os dias 2 e 6 de junho, nos EUA. Pode não parecer, mas falta pouco mais de um mês para o evento. E esse tempo passará bem rápido.

Via PhoneArena

Apple WWDC 2014 já tem data definida: entre os dias 2 e 6 de junho

by

wwdc-2014-data-corte

A Apple anunciou hoje (3) que a sua conferência anual para desenvolvedores de suas plataformas, a Worldwide Developers Conference (WWDC) acontece nesse ano entre os dias 2 e 6 de junho. Mais uma vez, o evento acontece no Moscone Center (West), em San Francisco (EUA).

A gigante de Cupertino já adianta que o evento vai mostrar como será o futuro do iOS e OS X. Contará com mais de 100 seções técnicas, e envolverá mais de 1.000 engenheiros da Apple, que vão auxiliar os participantes no desenvolvimento e melhorias de aplicativos para as duas plataformas. Também está confirmada mais uma edição da Apple Design Awards, premiação anual para os aplicativos mais inovadores para iPhone, iPad e Mac.

A venda de ingressos para a WWDC 2014 vai acontecer em um novo sistema, onde a Apple vai permitir que os desenvolvedores interessados possam se cadastrar via internet até o dia 7 de abril (clique aqui para mais detalhes), e os ingressos serão distribuídos por sorteiro. Os contemplados devem pagar uma taxa de US$ 1.599, e 200 estudantes poderão participar gratuitamente do evento (se cadastrando nesse link).

A pergunta que fica desde já é: quais serão as novidades que a Apple vai apresentar no evento? iOS 8? Novo Mac OS X? Novas soluções na forma de aplicativos? Só o tempo vai dizer.

TargetHD Podcast | 183 | Sobre a Apple WWDC 2013

by

banner-targethd-podcast

Nesta edição:

– Apple apresenta o Mac OS X Mavericks
– Novo Mac Pro (2013) é anunciado oficialmente
– Novo MacBook Air (2013) é anunciado oficialmente
– iOS 7 é anunciado oficialmente

Visite Também:

Veja as Dicas de Compras do TargetHD.net

Entre em contato:

Clique aqui e acesse a nossa área de contato
Twiter de Eduardo Moreira: @oEduardoMoreira
Twitter do blog TargetHD.net: @TargetHD
Nossa página do Facebook: facebook.com/TargetHD

Feed do TargetHD Podcast

Feeds: RSS e iTunes

Download do Podcast em ZIP (clique aqui para download)

Apple apresenta ao mundo o Mac OS X Mavericks

by

k-bigpic

Outra importante novidade da Apple apresentada durante a sua conferência na WWDC 2013 foi a nova versão do seu sistema operacional para desktops, o OS X. A nova versão foi batizada com o nome “Mavericks”, e conta com novidades como abas de busca, que funciona como uma espécie de navegador, um sistema de tags para arquivos, para que a busca seja mais simples, e novas opções para vários monitores, permitindo a visualização de menus em duas telas.

Entre as novidades anunciadas do OS X Mavericks, uma que pode interessar a muitos é a opção de utilizar uma HDTV como segundo monitor, por intermédio da Apple TV. Essa é uma novidade que chama a atenção pela praticidade: você não precisa conectar o computador fisicamente, e o intercâmbio entre os dispositivos se torna mais simples, uma vez que dois dispositivos Apple estão se comunicando diretamente para espelhar a tela do computador.

Sobre o nome “Mavericks” (que abandona a nomenclatura de felino pela primeira vez), a Apple informa que, de agora em diante, vai utilizar como nome das versões do OS X os “temas da California”, local de nascimento e permanência dos QGs da Apple.

multiple_displays_menus

O OS X Mavericks oferece um melhor desempenho de bateria, utilizando os recursos de compressão de memória e o App Nap, que redireciona o consumo de bateria para diferentes aplicativos, seguindo a sua necessidade de momento. O sistema pode reduzir o consumo de energia em até 72%.

O Safari também recebeu melhorias, como uma nova tela inicial, e uma barra lateral com listas de leitura. Com o recurso Shared Links, é possível ver links do Twitter ou LinkedIn. Além disso, o navegador inclui melhorias no consumo de bateria e recursos do computador.

A integração com a nuvem vem com o iCloud Keychain, que permitirá gravar as senhas e até números de cartões de crédito (mas sem o código de segurança) em um local “seguro” na nuvem. Desta forma, você poderá sincronizar os seus navegadores Safari em diferentes dispositivos, para usar as senhas em diferentes locais.

A Apple também mencionou melhorias nos sistemas de notificações do OS X, que agora podem receber mensagens em push, tal como acontece no iOS. Outra integração com o sistema mobile vem das mãos do Maps, que agora permite enviar endereços para o smartphone a partir do computador.

ku-xlarge

Por último, temos a integração com o iBooks. No OS X Mavericks, será possível acessar uma biblioteca de mais de 1.8 milhão de livros do iBooks a partir de um Mac.

Via Geeky-Gadgets

Novo Mac Pro (2013) é anunciado oficialmente

by

2013_mac_pro

A Apple apresentou ao mundo hoje (10/06), durante o seu evento na WWDC 2013, o novo Mac Pro, o seu desktop profissional. E, convenhamos: ele está lindo! Feito com uma carcaça externa de alumínio em formato cilíndrico, ele possui apenas 1/8 do volume da versão anterior. E mesmo sendo menor, ele é muito mais potente.

O novo Mac Pro conta com um novo processador Intel Xeon de 12 núcleos (256-bit), e para o armazenamento de arquivos e do sistema operacional, a Apple decidiu optar pelo armazenamento em flash, com unidades de última geração, trabalhando em conjunto com controladores PCIe. Tais unidades podem alcançar velocidades máximas de leitura de dados de 1.25 GBps, e de gravação de 1.0 GBps. Para aqueles que desejam adicionar um armazenamento extra ao produto, saiba que ele possui suporte para unidades compatíveis com o Thunderbolt 2.

A Thunderbolt 2 suporta velocidades de até 20 Gbps, com seis dispositivos conectados por porta. O novo Mac Pro conta com seis portas Thunderbolt para uso. Logo, você pode conectar até 36 dispositivos externos em um mesmo computador. Além disso, o dekstop conta com portas dual gigabit ethernet, entradas e saídas de áudio, quatro portas USB 3.0 e saída HDMI.

Sobre a memória, o novo Mac Pro conta com portas DDR 3 de 1866 MHz, com quatro canais e desempenho de 60 GBps. Na parte gráfica, encontramos duas GPUs ATI FirePro, com um suporte total de stream de 4096 processos simultâneos. Essa unidade gráfica suporta até três monitores simultaneamente em cada porta, permitindo a reprodução de conteúdos em 4K Ultra HD.

O novo Mac Pro pode ser customizado de acordo com a necessidade do cliente (talvez por isso não contamos com métricas em seus itens de hardware, por enquanto). Não tem preço anunciado, mas sabemos que será lançado nos Estados Unidos ainda em 2013. Aliás, o novo Mac Pro também será fabricado em território norte-americano.

iTunes Radio é anunciado oficialmente

by

itunesradio

Os rumores estavam certos. A Apple anunciou o lançamento oficial do iTunes Radio (e não do iRadio, como era especulado0 durante o keynote de abertura da WWDC 2013. O serviço faz parte do aplicativo de música do iOS 7, e oferece acesso rápido às estações de rádio, utilizando as músicas de sua biblioteca musical.

Alguns artistas já contam com os seus próprios canais pré-definidos, mas é possível modificar as estações por meio das seleções de suas faixas ou artistas favoritos. Você pode marcar com uma estrela as musicas que você mais gosta, e o sistema vai enviando as sugestões para a rádio, de acordo com o seu gosto musical. O sistema ainda inclui um histórico, que permite o acesso às estações que você já ouviu.

O recurso é gratuito para todos que possuam uma conta na iTunes, porém, para os assinantes da iTunes Match, ele é oferecido em modo ad-free (livre de propagandas). É compatível com o iPhone, iPod touch, iPad, Apple TV e computadores.

Via Engadget