Arquivo para a tag: Tizen

Samsung Gear S3 é apresentado oficialmente

by

Samsung Gear S3 final

A Samsung apresentou oficialmente na IFA 2016 o seu novo smartwatch, o Samsung Gear S3.

O modelo sera comercializado em múltiplas variantes para atender diferentes perfis de uso: o modelo Classic como versão padrão, e Frontier como modelo esportivo.

 

Samsung Gear S3: principais características

 

Samsung Gear S3 final 02

 

Samsung mantém o design circular da série e sua borda giratória, mas aumentou o tamanho do relógio, com uma tela Super AMOLED de 1.3 polegadas (360 x 360 pixels), protegida por Gorilla Glass SR+.

O smartwatch conta com um processador dual-core de 1 GHz, 768 Mbytes de RAM e 4 GB de armazenamento interno. A grande novidade é a adição da conectividade 4G/LTE, trabalhando ao lado do WiFi, Bluetooth, NFC, MST, sensores como GPS de série em todos os modelos, altímetro, barômetro, velocímetro ou luz ambiental, além de um microfone e alto-falantes para receber chamadas telefônicas, além de um sensor de frequência cardíaca para atividades esportivas.

Seu chassi é resistente à poeira e água com certificação IP68 para um peso de 62 gramas (modelo Frontier) com bateria de 380 mAh e carga indutiva WPC.

 

Samsung Gear S3 final 03

 

A Samsung segue apostando no Tizen como sistema operacional, com a nova versão Tizen OS 2.3.1. A Samsung promete até 10 mil aplicativos para o Gear S3.

O Tizen é um dos Linux móveis alternativos (sucessor do MeeGo, que surgiu a partir do Maemo da Nokia e do Moblin da Intel), desenvolvido pela Intel, Samsung e alguns desenvolvedores ex-MeeGo sob a chancela da Linux Foundation, que foi escolhido pelos sul-coreanos para os seus relógios e televisores inteligentes.

O Samsung Gear S3 não tem preço anunciado em nenhuma de suas variantes, mas tudo indica que custará na faixa dos US$ 350. A disponibilidade está prevista para “antes do final de 2016”.

A Samsung confirma que segue vendendo o Gear S2 com preço reduzido.

 

Samsung Gear S3 final 05 Samsung Gear S3 final 06 Samsung Gear S3 final 04 Samsung Gear S3 final 07 Samsung Gear S3 final 08

Samsung Z2, o primeiro smartphone Tizen com 4G

by

Samsung Z2

A Samsung ampliou a sua oferta de dispositivos com o sistema Tizen, com o lançamento oficial do Samsung Z2.

A Samsung segue focando o Tizen em mercados emergentes, e mais uma vez a Índia foi o país escolhido para o lançamento do Samsung Z2, que você conhece em detalhes a partir de agora.

 

Simplicidade no hardware…

Samsung Z2 02

 

O Samsung Z2 possui tela TFT de 4 poleagadas (WVGA, 800 x 480 pixels), processador Spreadtrum quad-core a 1.5 GHz, 1 GB de RAM, 8 GB de armazenamento (expansíveis via microSD de até 128 GB) e bateria de 1.500 mAh.

Sua característica de maior destaque é a presença da conectividade 4G/LTE, com velocidade máxima de 150 Mbps para download.

Nas câmeras, o modelo possui um sensor traseiro de 5 MP com flash LED e vários modos de disparo. Na câmera frontal, um sensor de 0.3 MP (VGA).

 

…e um plus no software

Samsung Z2 05

 

Apesar das configurações modestas, a Samsung promete um desempenho muito fluído no Samsung Z2, com uma inicialização de aplicativos mais rápida e melhor gerenciamento do multitarefa, em parte graças ao sistema operacional Tizen 2.4.

A interface tem vários elementos que lembram a TouchWiz, mas com uma estrutura mais simples e intuitiva, permitindo uma navegação por gestos táteis, como deslizar para cima para trocar entre aplicativos abertos.

Samsung Z2 04

A Samsung incluiu muitos aplicativos no Samsung Z2, começando pelo pacote Essential Apps, que inclui WhatsApp, Facebook ou Facebook Messnger.

Parcerias com operadoras também resultam em outros aplicativos como jogos, redes sociais e serviços de videochamadas.

Também está presente o modo Ultra Data Saving, que reduz em até 40% o volume de dados consumidos pelas redes 4G. Algo interessante para os mercados emergentes.

Outros itens presentes no novo smartphone são o serviço S Bike, um modo que filtra as chamadas enquanto o usuário está dirigindo, e o My Money Transfer, que realiza transferências de dinheiro diretamente a partir do smartphone.

 

Samsung Z2 06

 

Não seguir uma ordem cronológica não serve como indicador de nível técnico do dispositivo.

O Samsung Z2 se assemelha muito mais com o modelo Z1, com um formato com cantos ligeiramente arredondados e uma relação corpo/tela que poderia ser bem melhor, principalmente nas laterais.

A principal diferença está no fato da parte traseira ter um acabamento com textura pensada em um melhor agarre.

Na parte de hardware, o Z2 está no meio do caminho dos modelos existentes.

O Samsung Z2 por enquanto foi anunciado exclusivamente na Índia, e não deve chegar em grande escala global. Começa a ser vendido naquele país o dia 29 de agosto, com um preço sugerido de 65 euros.

Samsung Z2 07 Samsung Z2 03

 

Via Samsung Índia

Samsung Z2 com Tizen aparece em vídeo

by

Samsung Z2

Um vídeo publicado pelo SamMobile mostra detalhes do Samsung Z2, com sistema operacional Tizen.

Deixando de lado que o vídeo está no formato vertical, podemos ver detalhes do design do modelo, além do seu perfil técnico, com um processador quad-core de 1.5 GHz.

 

Como será o Samsung Z2?

O Samsung Z2 contará com conectividade 4G com função Ultra Data Saving Mode, similar ao modo de economia de energia, mas centrado na economia de dados móveis. Chega ao mercado com o Tizen 2.4, com uma interface muito similar ao TouchWiz, com ajustes rápidos arredondados igual ao do Android e um sistema de desbloqueio por padrão diferente.

Sua câmera de 5 MP conta com modo de auto-selfie e modo de embelezamento, e o Samsung Z2 trará alguns apps pré-instalados de série, como WhatsApp, Facebook e My Money Transfer.

Os vazamentos prévios revelam outros detalhes, como 1 GB de RAM, 8 GB de armazenamento, bateria de 1.500 mAh, tela de 3.97 polegadas (WVGA, 800 x 480 pixels) e câmera frontal VGA.

O Samsung Z2 não tem data para lançamento tradicional, e está inicialmente dirigido para Sri Lanka, Bangladesh, Nepal, África do Sul, Nigéria e Indonésia.

Uma alternativa em relação ao Android, e bem vinda para os mercados de baixo custo.

Via SamMobile

Samsung Z2 é o terceiro smartphone com Tizen

by

Samsung Z2

A Samsung apresentou oficialmente no Quênia o Samsung Z2, terceiro smartphone da empresa com o sistema operacional Tizen.

O lançamento ficou em segundo plano porque aconteceu no mesmo dia em que a Samsung anunciava o seu novo phablet top de linha o Galaxy Note 7, além da nova versão do óculos de realidade aumentada, o Gear VR.

 

O básico, e tentando evitar a dependência do Android

A Google se beneficia e muito da liderança da Samsung no mercado Android, já que por tabele a empresa sul-coreana também é líder no mercado de smartphones. Porém, evitar a dependência da Google com um ecossistema próprio é uma estratégia pensada pelos executivos da Samsung a algum tempo. E o Tizen, mais uma releitura alternativa do Linux para dispositivos móveis (sucesso do MeeGo, que por sua vez veio do Maemo pelas mãos da Nokia e o Moblin da Inel), desenvolvido pela Intel, Samsung e alguns dos desenvolvedores ex-MeeGo sob a chancela da Linux Foundation, foi o escolhido para esse desafio.

Samsung Z2 02

A estratégia é colocar o Tizen em outros dispositivos. Já visos o sistema operacional em Smart TVs e wearables da Samsung, e agora vemos mais uma investida no segmento de smartphones, que foi o motivo principal da existência do software. Curiosamente, este é o Samsung Z2, que é lançado depois do Samsung Z1 e Z3.

Samsung Z2 03

O Samsung Z2 é um smartpone de entrada, claramente voltado para os países emergentes (não à toa esta é a primeira apresentação da Samsung que acontece no Quênia), com um hardware muito básico: tela AMOLED de 4 polegadas, processador de quatro núcleos, 1 GB de RAM e bateria de 2.000 mAh.

O modelo estará disponível no Quênia no dia 26 de agosto. Preço e disponibilidade em outras regiões não foram revelados.

Samsung Z3 Corporate Edition, com Tizen, é lançado na Rússia

by

Samsung Z3 Corporate Edition

A Samsung reforça de forma mais enfática o seu apoio no Tizen, com o lançamento na Rússia do Samsung Z3 Corporate Edition.

O novo smartphone troca o processador Spreadtrum por um Qualcomm Snapdragon 410, o que resulta na adição da conectividade 4G, além de agregar um pouco mais de recursos de segurança. O Samsung Z3 Corporate Edition passou pela certificação SAFE, indispensável para a comercialização de smartphones corporativos na Rússia, o que fez com que o modelo entrasse diretamente no catálogo da Linux Center, distribuidora autorizada e parceira da Samsung na região. Seu preço de venda é de 240 euros.

 

O Tizen 3.0 avança

A Samsung segue apoiando o Tizen, não só por conta desse lançamento, mas também pelos planos da chegada do Tizen 3.0 se manterem inalterados, com lançamento estimado para setembro e um possível beta que seria liberado em julho.

Do Tizen 3.0, sabemos alguns detalhes revelados no evento de apresentação do Samsung Z3 Corporate Edition, como o suporte para TVs 4K, suporte para controle por voz, gerenciamento de múltiplos usuários e funções de segurança para proteção de dados, privacidade e combate à vírus.

Ainda que só desembarque em setembro, o Tizen 3.0 deve começar a ser distribuído em versão beta em breve. Veremos se além do foco na Internet das Coisas, mais smartphones com o sistema operacional são apresentados.

Via GSMArena

Samsung deve mesmo abandonar o Android e adotar o Tizen em seus smartphones

by

samsung-tizen

Um executivo da Samsung revelou ao The Korea Times que a empresa deve mesmo substituir totalmente o Android no seu futuro portfólio de smartphones, abraçando o Tizen como sua solução oficial.

O argumento da Samsung é por entender que, para a empresa, é vital ter o seu próprio ecossistema, pois caso contrário “não há futuro”. É evidente que a dependência única e exclusiva das vendas de hardware e de um sistema operacional de terceiros não beneficia os coreanos. Por outro lado, não é uma tarefa fácil implantar um novo sistema operacional móvel no mercado, levando em conta o peso que o Android tem hoje.

O Tizen nunca foi uma prioridade para a Samsung, mas depois do lançamento dos modelos Samsung Z1 e Z3 nos mercados emergentes, a empresa pode comprovar que a plataforma possui potencial para se tornar algo sólido no segmento.

Mas não só veríamos o Tizen nos smartphones. Lembramos que a ideia da Samsung é levar o sistema para todos os seus produtos, construindo um ecossistema completo e baseado nele, o que implica tablets, televisores, smartwatches, pulseiras quantificadoras e tudo relacionado com a internet podem receber o software.

Z3_Main

A Samsung vai bem com o Android, e isso é evidente. Mas depender do sistema da Google implica a se comprometer com as regras de terceiros, seguir suas diretrizes e acompanhar um ritmo que eles não podem marcar, sem falar na dependência das vendas de hardware para obter lucros. Esse último ponto é essencial para entender melhor o interesse dos coreanos no Tizen.

A informação desse post veio de um executivo da Samsung, e se encaixa com a tendência vista por parte da empresa, que aos poucos introduz o Tizen em várias frentes. Mas devemos levar em conta que, em qualquer caso, a mudança do Android para o Tizen não acontecerá de forma brusca, mas sim gradual.

Via Fossbytes

Samsung Gear Fit 2, com Tizen, é oficial

by

Samsung Gear Fit 2

A Samsung apresentou oficialmente a sua nova pulseira quantificadora com funções de smartwatch, a Samsung Gear Fit 2.

A nova pulseira chega ao mercado dois anos depois do lançamento da primeira versão. A Samsung Gear Fit 2 mantém em essência o espírito de monitor de atividades, já que as melhorias integradas são baseadas em uma nova interface gerenciada pelo Tizen, com gráficos e informações que nos mostram o tempo todo cada detalhe de nossa rotina de exercícios, além de novos sensores que darão precisão à essas informações.

A primeira coisa que salta aos olhos no Samsung Gear Fit 2 é a sua tela Super AMOLED, que tem um tamanho menor (1.53 polegadas), que resultou em um aumento de resolução de tela, para até 432 x 216 pixels, fazendo com que a nova interface baseada em Tizen ofereça novas funções, menus e gráficos apoiados na plataforma S Health da Samsung.

No interior do relógio, temos um processador Exynos dual-core de 1 GHz, 512 MB de RAM e 4 GB de armazenamento. Sua bateria de 200 mAh tem uma autonomia de até quatro dias de uso em média.

Samsung Gear Fit 2-02

O dispositivo tem o que é necessário para monitorizar nossa atividade física, com um sensor HRM de maior precisão, barômetro, acelerômetro, giroscópio e GPS integrado, dando assim um maior nível de independência à pulseira, dispensando o uso de um smartphone o tempo todo.

A Samsung Gear Fit 2 é compatível com dispositivos Android a partir da versão 4.4, sempre e quando o dispositivo tem pelo menos 1.5 GB de RAM. A pulseira conta com conexão Bluetooth 4.2 e certificação IP68, sendo assim resistente à poeira, água e submergível em até um metro de profundidade por 30 minutos.

Com a incorporação do Tizen, o Gear Fit 2 terá funções compatíveis com o nosso smartphone, onde podemos realizar e responder chamadas, ver e responder mensagens, adicionar músicas e escutá-las via Bluetooth com o reprodutor integrado e compatível com as listas do Spotify, entre outras funções. Por fim, suas dimensões são de 24,4 x 51,2 milímetros, com peso de 30 gramas.

Samsung Gear Fit 2-06

A Samsung Gear Fit 2 estará disponível nas cores rosa, azul e preto, e chega ao mercado no dia 10 de junho, com preço de US$ 179 nos Estados Unidos e Coreia do Sul. Sua disponibilidade internacional será anunciada nos próximos dias.


Samsung Gear Fit 2-04 Samsung Gear Fit 2-03 Samsung Gear Fit 2-05 Samsung Gear Fit 2-07 Samsung Gear Fit 2-08 Samsung Gear Fit 2-09 Samsung Gear Fit 2-10

Via Samsung

Samsung afirma que NÃO abandonou o Android Wear

by

Samsung-Gear-S2

Ontem, divulgamos aqui no TargetHD a notícia que a Samsung abandonaria o Android Wear, fato bem sustentado e totalmente crível, já que a fonte era um executivo da própria empresa sul-coreana, que compartilhou sua intenção de priorizar o Tizen.

Porém, a repercussão foi tão grande que a Samsung teve que emitir um comunicado desmentindo tal informação, garantindo que “não mudou seu compromisso com nenhuma de suas plataformas”. Isso quer dizer que a empresa não descarta lançar novos smartwatches com Android Wear, evitando cair em um abandono da plataforma, o que é acertado, já que não sabemos se o Tizen será ou não bem sucedido.

Dos sete relógios inteligentes lançados pela Samsung, apenas dois contam com o Android Wear (Galaxy Gear e Galaxy Gear Live), e que não foram muito bem recebidos no mercado. Esse cenário, somado ao fato que o Tizen representa um investimento importante e com muito potencial para os coreanos, fica claro que, ainda que a empresa negue o abandono do Android Wear, fica evidente que não há o interesse deles em seguir utilizando a plataforma, exceto em casos residuais ou de extrema necessidade.

Hoje, a Samsung faz dinheiro principalmente com a venda de hardware (dispositivos e componentes), enquanto que na parte do software, a Google fica com a maior fatia. Isso pode mudar se o Tizen se popularizar. Algo que aos poucos pode acontecer, inclusive com um último estágio onde o sistema substituiria completamente o Android, contando com uma loja própria de aplicativos e, dessa forma, fazendo mais dinheiro do que com a venda de hardware.

Via SlashGear

Samsung aposta tudo no Tizen em seus smartwatches

by

samsung-smartwatch-tizen

Diretores da Samsung indicaram em uma entrevista que a empresa não tem dispositivos em desenvolvimento ou em planejamento baseado no Android Wear, apostando todas as suas fichas no Tizen, e um dos motivos é contundente: considerar o seu sistema operacional muito mais eficiente que o sistema da Google.

Nesses comentários, os executivos indicavam que o Tizen já está em uso em TVs e geladeiras, e parece que o impulso ao sistema pode ser definitivo com esta decisão, que chega justo quando sabemos que o recém anunciado Android Wear 2.0 vai introduzir melhorias interessantes para a plataforma.

A Samsung apostou no Android Wear no Galaxy Gear Live, mas o Tizen vem sendo protagonista absoluto nos demais dispositivos (Gear S2, Gear S, Gear 2 e Galaxy Gear). E a pergunta que fica é: pode a Samsung ter sucesso com esse segmento, com uma plataforma menos disseminada e com um menor apoio dos desenvolvedores?

Veremos como esse movimento se refletirá nos próximos meses.

Via FastCo

Samsung confirma nova versão do Tizen para setembro

by

samsung-tizen-01

A Samsung não desistiu do Tizen, e informa que uma nova versão desse sistema operacional será lançada em setembro.

O anúncio foi feito na Samsung Developer Conference, evento onde a empresa aproveitou para revelar algumas das suas metas no futuro com o software, sem deixar de lado o hardware. Nesse sentido, foi mencionado também como o Tizen vai atuar na Internet das Coisas (IoT).

Pode ser que os objetivos do Tizen tenham mudado, mas fica claro que a Samsung sabe tirar proveito disso. Se o mercado mobile recebeu lançamentos tímidos, com uma linha de produtos que fica em segundo plano para um público menor, vemos que os coreanos não abandonam o suporte próprio e de terceiros ao sistema, além de conseguir convencer os desenvolvedores a pensarem no seu sistema na hora de lançar seus aplicativos.

A versão 3.0 do Tizen pode ser anunciada na IFA 2016, o que não será algo por acaso. Além dos smartphones, vimos o software em Smart TVs ou eletro domésticos, e a feira alemã é uma das principais da agenda anual nesse sentido.

samsung-tizen-02

A Samsung assume o lar inteligente como um dos objetivos, e oferece propostas ambiciosas nesse sentido, como geladeiras com câmeras e tablet integrado, ou um robô de limpeza controlado pelo smartphone, ambos com Tizen. Sem deixar de lado os smartwatches, que mesmo sendo destinados a trabalhar com os smartphones (Android, em sua maioria), também se gerenciam com o sistema. É esperado que o Gear G3 receba o Tizen 3.0.

Do Tizen 3.0, sabemos alguns poucos detalhes: o suporte para TVs 4K, suporte para controle de voz, gerenciamento multiusuário e funções relativas à segurança na proteção da privacidade e contra os vírus.

samsung-tizen-03

Ainda que seja esperado para o mês de setembro, o novo software começa a ser distribuído em versão beta a partir de julho. Veremos se, além desse foco na IoT, se teremos outros smartphones com esta plataforma.

Via Sammobile

Samsung vai lançar novo Z1 com Tizen em 2016

by

samsung-z1

Você pode não se lembrar, mas o Tizen é um sistema operacional da Samsung, que inicialmente tinha como missão conquistar o setor de telefonia móvel, mas a dependência do Android transferiu o sistema para outros dispositivos, como televisores e smartwatches.

Apesar de parecer sentenciado, o Tizen terá uma nova chance no mundo mobile. A Samsung informa que uma nova versão do Samsung Z1 será lançada em 2016.

Espera-se que o modelo receba uma tela AMOLED, tal como acontece com modelos mais potentes como o Z3 e outros recém lançados pela Samsung. Não há mais detalhes sobre o produto, mas é certo que saberemos mais nas próximas semanas.

O Samsung Z1 original foi lançado no começo de 2015, e ainda que o mercado em geral dê as costas para os sistemas operacionais alternativos (vide o Windows sofrendo…), o dispositivo obteve sucesso nos mercados emergentes, animando os coreanos a lançar uma revisão. Além disso, eles conseguiram vender mais unidades do Z1 do que o Galaxy S6 na Índia, e superaram a BlackBerry em número total de usuários. Dois dados que, apesar de não serem muito meritórios, são suficientes para que a Samsung siga apostando no Tizen nos smartphones.

O Tizen é um sistema operacional Linux que utiliza o HTML5 como interface, mas é capaz de rodar aplicativos de várias tecnologias, como C++, Qt, Lua, GTK e Python.

Via SamMobile

Samsung prepara o lançamento dos seus aplicativos no iOS

by

samsung-apps-moveis

A notícia a seguir é tão lógica como inesperada. A Samsung vai adotar uma estratégia muito parecida com a adotada pela Microsoft com os seus aplicativos, e utilizando como justificativa a abertura da compatibilidade do Samsung Gear S2 com o iOS, os coreanos planejam fazer o mesmo com os seus demais aplicativos.

Até porque se você não pode vencê-los, junte-se à eles e os conquiste de dentro. Como manda a boa arte da guerra.

A Samsung já tem uma lista de aplicativos cuja migração ao iOS já estaria em processo. Não apenas aplicativos para o Gear S2, mas também para o Gear Fit Manager, para assim poder conectar a sua pulseira de atividade Gear Fit tanto para o iPhone como para o iPad. O S Health, app para medir as atividades diárias, também está nos planos.

Não só isso. O Samsung Galaxy View, tablet de 18 polegadas que a Samsung apresentou recentemente, também se prepara para ser compatível com o iOS, de modo que será possível enviar conteúdos e reproduzir os mesmos a partir de dispositivos da Apple. Level, Smart Camera e outros apps estão na suposta lista.

Podemos interpretar a decisão da Samsung de várias maneiras, mas o mais lógico é pensar que esta é uma estratégia de crescimento. Com o limite do Android cada vez mais próximo, o iOS é uma boa plataforma para conquistar mais usuários. Não tanto nos smartphoens, já que é difícil convencer os usuários do iPhone a migrarem, mas sim nos aplicativos.

Muitos entendem esse movimento como um um passo prévio para a Samsung ser mais independente. O Android já conta com a sua própria loja de aplicativos, e o próximo passo depois do iOS pode ser voltar os seus olhos ao Tizen, estabelecendo-se como uma empresa independente da Google. Não é algo descabido a se pensar, pois não são muitos os usuários que sabem que por trás da TouchWiz temos o Android.

Logo, trocar um sistema por outro e cortar de vez a dependência da Google pode não ser algo tão traumático assim.

Via Sammobile

Samsung Gear S2 é renovado, e passa a ser compatível com o iOS

by

Samsung-Gear S2-2016

A Samsung apresentou na CES 2016 a nova coleção do seu relógio inteligente Gear S2, mudando a sua estética externa, mas mantendo as especificações internas.

O novo Gear S2 estreia a sua edição “Classic”, com uma aparência que lembra os relógios convencionais, e dois acabamentos Platinum e Rose Gold de 18 quilates. Segue com o sistema operacional Tizen, e em breve receberá uma atualização que o tornará compatível com o iOS da Apple.

Gear S2-com-ios

A Samsung não quis revelar datas sobre quando o Gear S2 se tornará compatível com o iOS, e se limitam a dizer que será mais adiante em 2016, e tampouco se os usuários do iOS terão a mesma experiência do Android, ou se faltarão algumas funcionalidades. De qualquer forma, funciona.

Do mais, as especificações do Gear S2 se mantém as mesmas: processador Exynos 3250 a 1 GHz, 512 MB de RAM, 4 GB de armazenamento (não expansível), NFC para o Samsung Pay e tela de 1.2 polegadas. O preço dos novos modelos não foram revelados, mas os dois modelos chegam ao mercado em fevereiro.

As TVs Samsung em 2016 contarão com um controle universal com Tizen

by

samsung-smart-hub-2016

A Samsung também revelou na CES 2016 que vai lançar um controle remoto universal para controlar todos os dispositivos do usuário com a marca dos coreanos para uma experiência única e universal, incluindo consoles domésticos, amplificadores, reprodutores de satélite, entre outros.

A experiência de uso estará também relacionada ao software, já que a nova interface Smart Hub que incluirão as TVs mostrará ícones e menus com as diferentes fontes disponíveis, de modo que será fácil passar de uma para a a outra sem se perder entre os menus.

Via Samsung Newsroom

Samsung prepara smartphones top de linha com Tizen

by

Tizen

O sucesso do Tizen fez com que a Samsung trabalhasse no Samsung Z3, sucessor do Samsung Z1, e com especificações consideravelmente melhores. Mas eles não param por aí: a empresa já prepara modelos top de linha com esse sistema operacional.

Não há detalhes sobre as especificações desses dispositivos, mas é esperado que eles recebam SoCs Exynos e/ou Snapdragon (octa-core), GPUs de alto desempenho e 2 GB ou 3 GB de RAM, além de telas com resolução 1080p ou 2K.

Uma vez que o ecossistema que roda o Tizen cresceu consideravelmente, com um bom ritmo de desenvolvimento, a Samsung parece tomar uma decisão acertada nesse sentido. Não há datas concretas de lançamento nem preços. Ou seja, só nos resta esperar.

Via GSMArena