Arquivo para a tag: Tizen

Samsung Gear S2 é apresentado oficialmente

by

samsung-gears2

A Samsung não esperou o começo da IFA 2015 para apresentar o Samsung Gear S2, um dos smartwatches mais esperados do evento alemão, e que chega com algumas novidades interessantes.

O Samsung Gear S2 será comercializado em três versões: Gear S2, Gear S2 Classic e Gear S2 3G. A diferença entre os dois primeiros está apenas do design mais ‘intemporal’ para o Classic, que só estará disponível em acabamentos nas cores branco e preto com uma correia de couro, enquanto que o S2 está destinado aos usuários que apostam em um design mais ‘minimalista e moderno’.

O terceiro modelo, Gear S2 3G tem um nome auto explicativo. Além de contar com as conectividades WiFi, Bluetooth 4.1 e NFC, ele ainda conta com um slot para cartões e-SIM, que permite que o mesmo realize chamadas de forma independente do smartphone (na teoria; o recurso ainda não está confirmado).

samsung-gears2-01

Já era sabido que a Samsung apostaria em um design circular com bordas giratórias, mais ao gosto dos usuários que preferem relógios com formatos mais próximos do convencional, e bem diferente dos smartwatches já lançados pelos coreanos.

Também está confirmada a tela Super AMOLED de 1.2 polegadas (360 x 360 pixels), um SoC dual-core sem identificação do fabricante (muito provavelmente um Exynos), a resistência à poeira e água, e o uso do sistema operacional Tizen. Outro detalhe importante é o da autonomia de bateria: a Samsung promete três dias de uso nos modelos com WiFi, e dois dias na variante com 3G.

A seguir, as especificações dos três novos smartwatches da Samsung:

 

Samsung Gear S2 e Samsung Gear S2 Classic

samsung-gears2-02

– Tela: 1.2 polegadas Super AMOLED (360 x 360 pixels, 302 ppp)
– Processador: dual-core de 1 GHz
– Sistema operacional: Tizen para wearables
– Áudio: Codec (MP3 / AAC / AAC + / eAAC +); Formatos MP3, M4A, AAC, OGG
– 512 MB de RAM, 4 GB de armazenamento interno
– Dimensões e peso: 42.3 x 49.8 x 11.4 mm, 47 gramas (Gear S2); 39.9 x 43.6 x 11.4 mm, 42 gramas (Gear S2 Classic)
– Bateria: 250 mAh, com recarga sem fio
– Sensores: acelerômetro, giroscópio, ritmo cardíaco, luz ambiente, barômetro
– Conectividade: Bluetooth 4.1, NFC, WiFi 802.11n
– Características especiais: IP68 (resistente à água e poeira)

 

Samsung Gear S2 3G

samsung-gears2-03

– Tela: 1.2 polegadas Super AMOLED (360 x 360 pixels, 302 ppp)
– Processador: dual-core de 1 GHz
– Sistema operacional: Tizen para wearables
– Áudio: Codec (MP3 / AAC / AAC + / eAAC +); Formatos MP3, M4A, AAC, OGG
– 512 MB de RAM, 4 GB de armazenamento interno
– Dimensões e peso: 44 x 51.8 x 13.4 mm, 51 gramas
– Bateria: 250 mAh, com recarga sem fio
– Sensores: acelerômetro, giroscópio, ritmo cardíaco, luz ambiente, barômetro
– Conectividade: 3G, Bluetooth 4.1, NFC, WiFi 802.11n
– Características especiais: IP68 (resistente à água e poeira)

GearS2_3

Os novos smartwatches Samsung Gear S2 nção tem preço, nem data de lançamento anunciada. Mas tudo indica que essas informações poderão aparecer na IFA 2015.

Via Samsung

Assim fica o Samsung Gear S2 no pulso

by

samsuing-gear-s2-topo

Muita gente gostou do ‘one more thing’ da Samsung no evento de apresentação dos novos Galaxy Note 5 e Galaxy S6 Edge+ realizado ontem (13) em Nova York. Até porque eles apresentaram o primeiro relógio circular da empresa, o Samsung Gear S2.

Os coreanos ofereceram imagens de maior qualidade sobre o relógio, e mais dados interessantes. Agora podemos ver o relógio circular no pulso, e as novas fotos reforçam a possibilidade do produto ser construído em metal e borracha, com um tamanho relativamente compacto, o que deve agradar a muitos. Não se vê botões de grande tamanho, e aparentemente na lateral direita se vê pelo menos dois botões bem integrados ao corpo do relógio.

samsuing-gear-s2-topo-02

Um detalhe importante está relacionado ao sistema operacional, que é o Tizen, e não o Android Wear. Mas não duvide: a Samsung pode oferecer outra versão com a plataforma do Google. Porém, parecer ser claro que o Tizen é mesmo a sua prioridade. Os coreanos parecem ter adaptado à interface a nova forma de tela do Samsung Gear S2.

A seguir, temos imagens retiradas de um ‘Lookbook’ que a Samsung preparou junto com os seus novos smartphones, além de imagens da interface do Tizen adaptado para o formato circular. O relógio deve ser apresentado oficialmente na IFA 2015, que acontece no começo do mês de setembro, em Berlim (Alemanha).

samsung-gear-s2-19 samsung-gear-s2-18 samsung-gear-s2-17 samsung-gear-s2-16 samsung-gear-s2-15 samsung-gear-s2-14 samsung-gear-s2-13 samsung-gear-s2-12 samsung-gear-s2-11 samsung-gear-s2-10 samsung-gear-s2-09 samsung-gear-s2-08 samsung-gear-s2-07 samsung-gear-s2-06 samsung-gear-s2-05 samsung-gear-s2-04 samsung-gear-s2-03 samsung-gear-s2-02 samsung-gear-s2-01

 

Samsung apresenta melhorias no Tizen

by

tizen

Durante um evento para desenvolvedores realizado na Índia, a Samsung apresentou algumas das novidades mais importantes relacionadas com o sistema operacional Tizen, que refletem que os sul-coreanos pensam grande com o sistema.

O Tizen foi uma das grandes surpresas que o mundo mobile viu recentemente, já que abriu caminho na Índia, um dos mercados emergentes mais importantes do planeta, se apresentando como uma plataforma cheia de possibilidades. O Samsung Z1 foi um sucesso por lá, e em breve teremos o seu sucessor, o que deve reforçar a aposta da Samsung no sistema operacional.

A Samsung mostrou novos kits de desenvolvimento do Tizen em smartphones, smartwatches e Smart TVs, destacando algumas novidades, como a possibilidade de incorporar botões flutuantes no sistema e o suporte do motor 3D DALi, entre outras.

Parece que a Samsung está sabendo escolher bem o caminho para uma implantação paulatina do Tizen, apostando em um plano lento, porém, estável, permitindo a criação de um ecossistema sólido de aplicativos, que servirá de pilar central para um lançamento internacional desse software.

Via Fudzilla

Samsung confirma tela circular e giratória para o smartwatch Gear A

by

GearA

A Samsung ofereceu alguns detalhes sobre o smartwatch Gear A no Tizen Developer Summit 2015. O modelo terá que competir com a segunda geração do Apple Watch, com a débil acolhida do consumidor, e com uma primeira geração de relógios inteligentes que ainda é imatura, padecendo de melhorias em vários aspectos, além de convencer o consumidor sobre sua utilidade.

O Gear A pretende fazer essa renovação, com os aspectos de design anunciados no evento, como a esfera circular – mais ao gosto dos usuários que apostaram nesse tipo de produto – e uma tela giratória.

As demais especificações desse smartwatch já foram vazadas a algum tempo: tela Super AMOLED (360 x 360 pixels), processador Exynos 3472 dual-core de 1.2 GHz, GPU Mali-400, 768 MB de RAM, 4 GB de armazenamento e bateria de 250 mAh.

O Samsung Gear A contaria com conectividade Bluetooth 4.1 com WiFi, sensores GPS, acelerômetro, giroscópio, barômetro e funções para controlar a frequência cardíaca. Todo o conjunto será gerenciado por uma nova versão do Tizen com interface de usuário adaptada para essa tela circular e giratória.

O Samsung Gear A deve ser apresentado no dia 13 de agosto, junto com os novos smartphones da empresa.

Via Wareable

Samsung quer o Tizen na Europa em 2016

by

tizen-logo

Segundo o site SamMobile, fontes diretas da Samsung revelam que os primeiros dispositivos com Tizen desembarcam na Europa em 2016. Essa seria uma medida para expandir o seu mercado muito limitado no momento.

A Samsung estaria testando dispositivos Tizen nos principais países europeus, que podem chegar ao mercado do continente em breve. Além disso, garantem que os modelos contarão com o Tizen 3.0, a próxima versão do sistema que está em desenvolvimento há meses, e que deve estrear com o lançamento de novos dispositivos.

samsung-tizen-2016

Estes novos smartphones seriam significativamente superiores que o atual Samsung Z1, e seu nome final não é conhecido. Algumas características são previstas: tela HD de 5 polegadas, processador Spreadtrum quad-core de 1.3 GHz ou 1.5 GB de RAM, entre outros detalhes.

O Tizen nasceu como um produto pensado para os mercados emergentes, e para a sua correta chegada aos demais mercados globais, algumas mudanças são necessárias. As melhores características serão bem recebidas, ma seguiremos sem saber o que o Tizen pode oferecer em relação aos líderes do mercado iOS e Android, e em segundo plano o Windows 10.

Ainda não fica muito claro o que a Samsung pode fazer com o Tizen, ao menos no mundo dos smartphones. Em outros segmentos, por incrível que pareça, o sistema tem um ar muito promissor.

Via SamMobile

Samsung lança no Brasil Smart TVs com sistema Tizen

by

samsung-tizen-tv-brasil-01

A Samsung apresentou ontem (30) suas duas novas linhas de Smart TVs com o sistema operacional Tizen. Os modelos passam a integrar o portfólio de televisores dos coreanos no Brasil, e chegam acompanhados da plataforma Smart TV Games.

Os novos eletrônicos, contam com telas de até 88 polegadas, com preços que variam entre R$ 1.749 e R$ 88 mil (!!!). As novas Smart TVs da Samsung contam com a tecnologia SUHD, uma espécie de 4K onde o painel é de LED azul. Os modelos contam com HDR integrado, com a promessa de uma exibição de cores até 64 vezes mais intensa que as TVs de LED convencionais, com brilho 2.5 vezes maior.

Todos os modelos da linha SUHD contam com uma traseira com forma ondulada, oferecendo um visual mais moderno ao produto. Além disso, a Samsung destaca que o Tizen, por ser uma plataforma open source, facilita o envio e a reprodução do conteúdo dos smartphones para a TV.

smart tv games samsung

Além das TVs, a Samsung apresentou a Smart TV Games, uma plataforma baseada no Tizen mas que também está disponível na linha 2015 de Smart TVs do fabricante. O serviço permite que os usuários joguem direto na TV sem precisar ter um console de videogames.

Através da parceria com a Gamefly, jogos como PES 2015, Batman, Lego e Grid 2 estão disponíveis via streaming. A ideia é que a partir do dia 15 de julho, pelo menos 50 jogos estarão disponíveis, e a previsão é que mais 30 desembarquem na plataforma até o final de 2015.

Para jogar na TV, o usuário deve conectar um joystick via cabo USB ou WiFi. Mais de 15 modelos de joysticks são compatíveis, e embora a Samsung não tenha detalhado quais são os modelos compatíveis, eles anunciaram os planos de trabalhar com a Logitech para que os controles possam ser encontrados nos mesmos pontos de venda onde serão vendidas as TVs.

As Smart TVs que rodam o Games contam com modelos que variam entre 32 a 88 polegadas, com preço inicial sugerido de R$ 1.749. Já as TVs com tecnologia SUHD, as telas variam entre 55 e 88 polegadas, com preços que variam entre R$ 9.999 e R$ 88.000.

samsung-tizen-tv-brasil-02

A Samsung também apresentou alguns modelos de soundbars. O primeiro deles é o HW-J7501, que possui um design curvo, potência de 320W, 8.1 canais e conexão sem fio, tanto do subwoofer para a barra quanto da barra para a TV.

soundbars-samsung-2015

O aplicativo Multiroom Link (para Android e iOS) permite o gerenciamento do áudio dos produtos e, caso tenha mais de uma barra, sincroniza todo o áudio em tempo real. O modelo HW-J7501 custará R$ 3.499, e é compatível com as TVs curvas da Série 9000 da Samsung, com tamanhos entre 55 e 65 polegadas.

Via Tecnoblog

Samsung Z1: um milhão de unidades vendidas do primeiro smartphone com Tizen

by

samsung-z1

Ok, não é um produto que pode ser comprado no Brasil, mas é a segunda plataforma da Samsung, que serve como alternativa ao Android para eles. Funciona bem em alguns produtos, enquanto que nos smartphones ainda precisa engrenar. Na Índia e em Bangladesh, o Tizen vai bem nas vendas, e os sul-coreanos comemoram um milhão de unidades vendidas do seu pequeno Samsung Z1.

O primeiro e único dispositivo com o Tizen alcança a marca milionária em menos de seis meses desde o seu lançamento em janeiro, com um início tímido nas vendas. Outra questão é saber se eles falam de unidades distribuídas ou nas mãos dos consumidores. A Samsung nunca deixa essa parte clara nos seus informes.

Asin Warsi, responsável pela Samsung na Índia, comentou que o Z1 superou suas expectativas, se equiparando nas vendas com modelos Android do seu catálogo. Também aproveitou para contar que eles dobraram o número de aplicativos disponíveis na Tizen Store. E novidades devem aparecer nesse sentido, já que nos dias 30 e 31 de julho acontece no país o Tizen Development Summit.

Não sabemos exatamente se é para comemorar os números, mas a Samsung está disposta a criar uma versão dourada do smartphone, algo que é bem valorizado nos mercados asiáticos. Também esperamos um novo modelo mais potente que o Z1 em algum momento de 2015.

Mas esperamos que a Samsung dê passos mais sérios com o Tizen. Levando em conta com o que eles fizeram com o Bada, que até contava com dispositivos interessantes, mas que foi esquecida na sua evolução por parte dos coreanos, não é nenhum absurdo desconfiar desse sucesso todo. Vamos aguardar os próximos acontecimentos.

Tizen Store está disponível em nível mundial

by

samsung-tizen

A loja própria do Tizen, plataforma da Samsung, está disponível em 182 países, dando assim o seu grande salto global, mesmo com a maioria dos dispositivos dos coreanos incorporarem o Android (com TouchWiz).

Com esse passo, a Samsung prepara o lançamento de dispositivos Tizen em escala mundial. Por enquanto, só a Índia e Bangladesh contam com Samsung Z1, modelo básico e focado para ser acessível. A Tizen Store tem um acervo muito reduzido, mas a empresa informou aos desenvolvedores via e-mail que mantém o compromisso de desenvolvimento da loja, e lembra que os apps estarão disponíveis em muitos outros países.

A Samsung não confirma o lançamento de novos smartphones de imediato, mas os rumores sobre um possível Z2 se alinham com esse movimento com o Tizen. O mistério prossegue, assim como a expectativa sobre os futuros passos de wearables com o sistema operacional.

Via WSJ

Samsung prepara novos smartphones com Tizen para 2015

by

samsung-z-tizen

A Samsung prepara novos dispositivos com Tizen para 2015. Segundo dados vazados, durante o primeiro semestre desse ano, veremos dois novos smartphones no catálogo baseado nesse sistema operacional.

O primeiro será o Samsung Z2, novo modelo de entrada mas com melhores especificações que o modelo lançado no ano passado. O segundo dispositivo ainda não tem nome definido, mas será um dispositivo de linha média, com distribuição internacional.

As especificações do Samsung Z2 são: 1 GB de RAM, processador quad-core de 32 bits, sistema operacional Tizen 3.0 e tela de 4 polegadas (960 x 540 pixels). A sua bateria salta dos 1.500 mAh para 2.000 mAh.

O segundo smartphone com Tizen será vendido em países como Estados Unidos, Reino Unido, China, França, Rússia, Coreia do Sul, Malásia e outros países da Europa e Ásia. Nas suas especificações, destacam-se a tela de 4.8 polegadas (720p), câmera traseira de 8 megapixels e bateria de 2.600 mAh. Ao que tudo indica, o modelo será um híbrido do Galaxy S3 e dos novos Galaxy Alpha, mas com o sistema operacional Tizen.

Via SamMobile

Samsung Z2 já estaria a caminho, diante do sucesso de vendas do primeiro smartphone com Tizen

by

650_1000_samsungz1

Recentemente, falamos como o Tizen estava sendo um sucesso em alguns mercados emergentes. O seu único dispositivo disponível até agora, o Samsung Z1, superou as expectativas dos coreanos, com mais de 100 mil unidades vendidas. Tais números fizeram com que o ritmo de lançamentos de smartphones com Tizen fosse acelerado, assim como o desenvolvimento do segundo smartphone com o novo sistema operacional.

Os primeiros rumores falam de um aumento de tela para o novo modelo, e mesmo com números de vendas interessantes, a Samsung sabe que ainda tem muito trabalho pela frente. Estamos diante de um dispositivo de entrada, que ainda não é capaz de competir com outros modelos fora dos mercados emergentes. E esse é (talvez) o principal motivo para preparar o novo Samsung Z2.

A última atualização do SDK do Tizen inclui (entre outras novidades) a compatibilidade com telas com resolução qHD (540 x 960 pixels), além de muitas melhorias (maior tela, suporte à maior memória, melhores câmeras, etc) que devem estar presentes no Samsung Z2. Até agora, detalhes não foram revelados.

O que demonstra essa intensão da Samsung nas vendas do Z1 é que, apesar da polarização do mercado dos sistemas operacionais (Android e iOS dominam 90% desse mercado), pode haver espaço para outras opções. O Tizen ainda não estreou nos mercados relevantes, e aposta que seu sucesso pode vir da possibilidade de executar aplicativos Android.

Via GSMArena

Os três pilares das novas TVs SUHD com Tizen da Samsung

by

650_1000_suhd_samsung_2015

Depois de ser apresentada em Las Vegas, a Samsung torna oficial sua linha de TVs SUHD para o mercado europeu. A nova linha começa a chegar ao mercado em março, e com modelos que começam com 48 polegadas de tela, e podem alcançar as 88 polegadas. A empresa coreana entende que, seguindo a tendência dos últimos anos, a diagonal mínima que os consumidores passarão a pedir em um futuro próximo será de 60 polegadas.

As novas Smart TVs da Samsung para 2015 são compostas das séries 6, 7 e 8, com os modelos top de linha ficando na série 9. O Tizen é o sistema operacional escolhido para gerenciar esses novos modelos, que são curvos (70% das linhas de TVs da Samsung apostam nas telas curvas).

 

Tizen, uma nova tecnologia de tela e um design curvo

A curva e agora a tecnologia de nanocristais confirmam os pilares das novas séries de TVs SUHD da Samsung. Chegam também com o sistema Tizen, mas o ano de 2015 servirá para reafirmar que o futuro do sistema está nas Smart TVs (pelo menos por enquanto).

Dentro da linha SUHD, são três novas séries de TVs (JS9500, JS9000 e JS8500), que contam com nove tamanhos de tela, indo de 48 até 88 polegadas. Todas curvas. De acordo com a Samsung, a curvatura de tela e a melhoria na qualidade de imagem são ideias que contemplam de forma conjunta para obter uma experiência mais imersiva.

Estas novas séries se posicionam na categoria premium (tanto nas diagonais maiores quanto no preço, apesar de ainda não terem valores anunciados), onde a Samsung pretende obter de forma definitiva a liderança dentro desse segmento, onde os modelos OLED são os rivais a serem batidos.

 

O smartphone é, definitivamente, o novo amigo da Smart TV

650_1000_quick_connnect_samsung

Além do Tizen, as Smart TVs 2015 da Samsung potencializam a relação da TV com o smartphone. O recurso mais importante é a função Quick Connect, onde as TVs da Samsung (linha 2015 e modelos atualizados com o Evolution Kit) reconhecem automaticamente os smartphones dos coreanos, emparelhando com eles mediante a tecnologia BLE (Bluetooth Low Energy).

Uma vez realizado esse processo, com um menu bem objetivo, é possível compartilhar conteúdos de vídeo ou duplicar a tela da TV no smartphone e vice-versa, desligar a TV e continuar a ver o programa no smartphone, já que o sintonizador segue enviando o sinal ao dispositivo, mesmo com a TV desligada.

Outra função curiosa é a Briefing on TV, onde o televisor sincroniza com o smartphone os dados como hora, data, previsão do tempo e agenda, para serem exibidos na tela maior.

Sobre o Tizen, as primeiras impressões são boas. A interface é simples, porém, eficiente, sem perder de vista em nenhum momento o conteúdo, e a multitarefa real parece ser um acerto. É possível transitar entre as fontes de sinal de forma mais fluída, quase instantânea, mas se estamos vendo um conteúdo on-demand (YouTube, por exemplo), a transição para outra fonte de conteúdo (como a TV ao vivo) faz com que o sistema pause o conteúdo online em um determinado ponto, que pode ser recuperado posteriormente, sem com que o aplicativo ou o conteúdo precise ser carregado novamente.

Mais fotos das novas Smart TVs SUHD 2015 da Samsung a seguir.

Tizen SUHD 2015 Samsung 2 Tizen SUHD 2015 Samsung 3 Tizen SUHD 2015 Samsung 10 Tizen SUHD 2015 Samsung 7 Tizen SUHD 2015 Samsung 8 Tizen SUHD 2015 Samsung 9 Tizen SUHD 2015 Samsung 6 Tizen SUHD 2015 Samsung 11 Tizen SUHD 2015 Samsung 14

Samsung Z1 vendeu 50 mil unidades nos primeiros 10 dias de venda

by

650_1000_samsung_z1_dynamic_black-1

O sul-coreano Business Korea cita as palavras de Asmin Warsi, um dos responsáveis pelos negócios da Samsung na Índia, que revela que ‘o volume de vendas do Samsung Z1 superou nossas espectativas’. A empresa não confirma, mas os veículos indianos falam em 50 mil unidades vendidas do produto nos primeiros 10 dias de mercado.

O Samsung Z1 pode não competir com outros modelos disponíveis, mas a empresa entende que a fluidez do Tizen é uma de suas características mais destacadas, assim como sua relação custo/benefício e sua autonomia de bateria. O lançamento na Índia foi acompanhado da inclusão de conteúdos locais, o que completam a oferta de serviços paralelos.

Fato é que a Samsung parece estar muito centrada no Tizen, pois lançou duas atualizações menores ao sistema nos últimos dias, melhorando o desempenho e corrigindo erros. A experiência de usuário está sendo cuidada pelos responsáveis da empresa, e ainda que o Z1 não desembarque por aqui tão cedo, já é possível imaginar o modelo em outros mercados, principalmente na Ásia.

Via Business Korea

Samsung Z1, primeiro smartphone com Tizen, tem fria acolhida

by

650_1000_650_1000_samsung-z1

As primeiras informações sobre a receptividade do Samsung Z1, primeiro smartphone com o sistema Tizen a desembarcar na Índia é que o produto não despertou muito interesse por parte dos consumidores.

As primeiras análises apontam que o Z1 possui como pontos fracos uma câmera pouco capaz, e a carência de aplicativos para o dispositivo. No caso das fotos, nunca foi fácil encontrar boas câmeras em modelos de entrada, mas algumas poucas alternativas aparecem de tempos em tempos. Para o Z1, a Samsung colocou um sensor de 3.1 megapixels, que lembra mesmo os modelos do passado, além de um sensor frontal para videochamadas.

No caso da falta de aplicativos, isso pode ser solucionado com o tempo. O Tizen tem aproximadamente mil aplicativos, e especula-se que o sistema poderá executar apps Android.

650_1000_captura_de_pantalla_2015-01-21_a_las_12.31.32

O Samsung Z1 custa US$ 92, preço que cai bem no bolso dos indiano. Porém, conta com uma concorrência pesada, com os smartphones Android One e o Lumia 535, que parecem ser mais interessantes por conta do ecossistema e do hardware.

Nesse momento, apenas 10% dos habitantes indianos contam com um smartphone, e aqui se mostra todo o interesse dos fabricantes em estarem nesse país, fazendo parte do crescimento que deve acontecer nos próximos anos. Na Índia, a Samsung ainda lidera, seguida pela fabricante local Micromax.

Via Reuters

Tizen pode executar aplicativos Android, com o Application Compatibility Layer

by

650_1000_tizen-acl

O Application Compatibiliy Layer do Open Mobile é o que vai tornar possível aos usuários de smartphones com o sistema Tizen instalar vários aplicativos que foram originalmente desenvolvidos para o sistema Android.

As imagens prévias do WhatsApp rodando no Samsung Z1, em uma estética idêntica ao da versão para o Android, dava a entender que o sistema contaria com um emulador do sistema para o Tizen. Agora, um vídeo mostra o Application Compatibility Layer em ação, onde é possível a execução de diversos aplicativos do Android na plataforma da Samsung.

Basta instalar o aplicativo (a partir da Tizen Store), e uma vez aberto, o ACL se encarregará do seu funcionamento (apesar de um maior consumo de bateria do smartphone – mas esse é o preço a ser pago).

Por um lado, a possibilidade de executar apps do Android pode ajudar na migração de muitos usuários que estão receosos sobre a troca. Por outro lado, também pode tirar os incentivos dos desenvolvedores na hora de lançar aplicativos par ao Tizen, já que podemos simplesmente portar suas versões para o Android.

 

 

Via SamMobile

Samsung Z1, smartphone com Tizen, é oficial

by

Samsung-Z1

A Samsung apresentou oficialmente o seu primeiro smartphone com o sistema operacional Tizen. O Samsung Z1 é um produto pensado para os mercados emergentes, e será lançado primeiro na Índia, com um preço sugerido de aproximadamente US$ 90.

O modelo possui uma tela de 4 polegadas (WVGA), chipset de dois núcleos e 768 MB de RAM. São especificações dos smartphones Android de 2010/2011.

650_1000_samsung-z1-specs

O Samsung Z1 conta com uma câmera traseira de 3.1 megapixels (com flash), câmera frontal VGA, conectividades WiFi b/g/n e Bluetooth 4.1 (nada de 3G aqui), 4 GB de armazenamento (expansíveis via microSD), dimensões de 120.4 x 63.2 x 9.7 mm, peso de 112 gramas e bateria de 1.500 mAh.

650_1000_samsung_z1_dynamic_black

São números muito inferiores em relação ao Samsung Z (apresentado no meio do ano passado, que seria o primeiro smartphone com Tizen). Também vimos modelos de desenvolvimento mais capazes que o Z1, o que deixa dúvidas sobre o que eles serão capazes de fazer nas linhas mais avançadas.

A versão do Tizen presente no dispositivo é a 2.3, dando a entender que é um sistema muito leve, dispensando um hardware poderoso para funcionar. Mas só saberemos disso quando testemunharmos o seu funcionamento, principalmente na execução de aplicativos Android.

A estreia na Índia não é algo casual. Lá eles vão enfrentar o Android One (Google) e o CyanogenMod, que quer fazer algum barulho na região. Também é esperado que as plataformas mais jovens (como o Firefox OS) cresçam de forma significativa em 2015, em uma competição acirrada.

Se a Samsung será capaz de triunfar sem a ajuda da Google? Só o tempo vai dizer. Fato é que o Samsung Z1 cai como uma luva para os mercados emergentes: é compacto, acessível e tem a plataforma para chamar de sua. Vamos ver se os indianos compram essa combinação.

Samsung_Z1_Set2 Samsung_Z1_Front_Red Samsung_Z1_Front_White Samsung_Z1_Back_Red Samsung_Z1_Back_White Samsung_Z1_Side_White

Via Samsung

WhatsApp chegaria ao Tizen com o lançamento do Samsung Z1

by

650_1000_whatsapp-tizen

Imagens vazadas do Samsung Z1 mostram que o sistema operacional Tizen pode contar com o WhatsApp desde o primeiro dia. A novidade é importante porque este é um aplicativo de peso entre os usuários, além do fato que o comunicador chegaria antes no sistema dos coreanos do que no Firefox OS, concorrente direto que prometeu o WhatsApp em seu sistema operacional há mais de um ano.

As imagens desse post ao menos indicam (ou insinuam) o seu funcionamento no Tizen, o que pode ser uma excelente notícia para quem pretende apostar no sistema operacional da Samsung. Nada indicava que o WhatsApp chegaria de forma oficial nesse sistema, ainda mais com o fato que o mesmo sequer desembarcou no Firefox OS.

650_1000_whatsapp-tizen3

As fotos não só mostram o WhatsApp entre os aplicativos instalados no Samsung Z1, como também a tela que mostra todos os chats ativos. Aqui, podemos observar uma aparência visual totalmente idêntica ao app disponível para o Android.

650_1000_whatsapp-tizen2

Esta semelhança pode levantar a possibilidade de ser uma emulação do aplicativo para o Android, mas não é esperado que o Tizen incorpore um emulador de aplicativos do sistema do Google – teria pouco sentido que a Samsung investisse tantos recursos em um novo sistema operacional para permitir o uso de apps Android -, mas para eliminar todas as dúvidas, temos que esperar a apresentação oficial do Samsung Z1, previsto para o dia 18 de janeiro.

Via SamMobile

TVs da Samsung receberão o Tizen em 2015: veremos os primeiros modelos na CES

by

650_1000_15983666299_a1138b4958_z

A Samsung vai atualizar o sistema operacional de suas TVs, adotando o Tizen, que custa a aparecer nos smartphones, e estreou de forma tímida em outros dispositivos (relógios, câmeras).

Alguns já esperavam a estreia do Tizen nas TVs, já que no meio de 2014 a Samsung desenvolveu protótipos de TVs com o sistema operacional. Os progressos devem ter sido rápidos para a empresa anunciar novos modelos na CES 2015, onde é esperado um maior destaque para a experiência de usuário.

Não devemos nos esquecer que a notícia veio dias depois do anúncio da chegada do PlayStation Now nas futuras TVs da Samsung. A empresa deve mostrar como essa plataforma de games estará presente nas TVs com Tizen, assim como outros serviços como Samsung Sports Live, Just Dance Now, Bingo HOME, Milk Video e outros.

A Samsung dá destaque especial para a conectividade das novas TVs com dispositivos móveis via Bluetooth LE e WiFi Direct. A comunicação será em duas vias, ou seja, é possível enviar uma foto para a TV, ou ver um canal de TV no tablet (por exemplo).

650_1000_tizen

Para mais detalhes, teremos que esperar o evento da Samsung na CES 2015. Ao menos sabemos que eles apostam na sua própria plataforma, e não no Android TV, seguindo a estratégia da LG (que tem o webOS).

Via Samsung

As plataformas móveis mais novas vão crescer em 2015

by

650_1000_hero_family

Um estudo da Digitimes indica que as plataformas consideradas mais ‘novas’ no segmento mobile (Firefox OS, Tizen, Android One) tendem a crescer ao longo do ano de 2015. O ‘motor’ desse crescimento está nos mercados emergentes cuja população vai trocar os seus celulares mais simples por smartphones de entrada, com essas plataformas.

O Gartner revela que 38% dos telefones vendidos no terceiro trimestre de 2014 foram ‘feature phones’, e essa porcentagem deve cair para 10% em 2018. Esses modelos, que custam entre US$ 50 e US$ 100, já são canibalizados pelo Android. Mas em faixas de preço um pouco mais elevadas, as plataformas novas podem prevalecer.

O Android One parece estar muito bem posicionado, mesmo com a fria acolhida na Índia. Afinal, ninguém despreza o apoio do Google e do Android oficial logo de cara, e espera-se que empresas de peso como HTC, ASUS, Acer e Lenovo apostem nessa proposta. Sem falar na MediaTek, que se apresenta como uma alternativa econômica à Qualcomm.

O Tizen deve finalmente dar as caras, com a Samsung lançando o primeiro smartphone com esse sistema na Índia durante o primeiro trimestre de 2015. Se tudo der certo, o anúncio acontece no dia 18 de janeiro.

A ideia é a mesma dos demais concorrentes: um hardware decente com um baixo preço. Com a expertise da Samsung em software e hardware, podemos sim ter um produto decente, mas resta saber se os coreanos vão dar o devido valor à plataforma.

A Mozilla já tem 14 modelos de smartphones com Firefox OS (através de parceiros), disponíveis em 30 países, com preços que variam entre US$ 30 e US$ 300. Acordos com Huawei, TCL, ZTE e outras empresas chinesas (e operadoras), além do fabricante Spreadtrum Communications, que deve resultar em novos dispositivos ao longo de 2015.

A Microsoft tem a missão mais complicada entre os fabricantes de entrada. Os modelos de entrada com Windows Phone custam mais caro que os dispositivos dessa nova concorrência. E é irônico pensar que foi justamente o Lumia 520 quem inspirou os demais a criar soluções decentes de baixo custo.

Pode ser tarde demais para a turma de Redmond para contra-atacar. Mas vamos esperar. 2015 mal começou.

Via Digitimes

Samsung Z1, com Tizen, deve ser lançado na Índia em janeiro de 2015

by

650_1000_650_1000_tizen-smartphone-1-1

Depois de inúmeros atrasos, parece que agora vai! A Samsung deve lançar na Índia o seu primeiro smartphone com o sistema operacional Tizen, o Z1.

No começo desse mês, o diário Mail Business Newspaper da Coreia do Sul publicou que esse smartphone chegaria à Índia antes do final de dezembro. Mas como já é uma tradição, esse lançamento foi adiado. Agora, o The Korea Economic Daily informa que o Z1 desembarcará no país no dia 18 de janeiro, com um preço inferior a US$ 90.

Esse smartphone é o produto com o qual a Samsung pretende reconquistar os mercados emergentes, onde fabricantes como a Xiaomi vendem muito bem. Seu preço posiciona o Z1 como um modelo de entrada, e suas configurações confirmam isso: tela de 4 polegadas (480 x 800 pixels), SoC Spreadtrum dual-core de 1.2 GHz, 512 MB de RAM, 3G, WiFi, dual SIM, câmera traseira de 3.2 megapixels e câmera frontal VGA.

Ainda que pareça confirmada a sua estreia na Índia, o Z1 deve chegar também na China em fevereiro, e na Coreia do Sul semanas depois. Vamos ver se o Tizen finalmente faz a sua estreia no mercado mobile, e se a Samsung consegue aumentar as suas vendas em países com enorme potencial de crescimento, recuperando assim parte da cota de mercado global perdida por eles no terceiro trimestre de 2014.

Via The Korea Economic Daily

Novas imagens do Tizen 2.3 para smartphones de entrada aparecem na web

by

650_1000_tizen-2.3

O Tizen ainda atrai a atenção de alguns, apesar de ser uma plataforma que nunca se tornou algo tangível (nos smartphones). Novas imagens da versão 2.3 do sistema operacional da Samsung apareceram na web, reforçando a ideia que a interface herda muito da TouchWiz.

Até agora, a Samsung só conta com dois produtos com o Tizen: Samsung Gear S e Samsung Z. Porém, a interface das imagens vazadas correspondem a um modelo de entrada, o Samsung SM-Z130H, que seria lançado primeiro na Indonésia. Podemos constatar isso no fato da interface estar adaptada para uma resolução baixa (800 x 480 pixels). Além disso, é possível identificar uma nova fonte (ou tipo de letra) para o sistema, a TizenSans.

Tizen-2.3-screenshots (30)

A Samsung está muito lenta no desenvolvimento do Tizen, mas deixa claro que quer os mercados selecionados e emergentes. Ou seja, paciência até que eles decidam lançar algum produto. É melhor que eles demorem e ofereçam algo de qualidade, do que acelerar e ofertar algo abaixo do esperado, como aconteceu com o Bada.

Tizen-2.3-screenshots (5) Tizen-2.3-screenshots (29) Tizen-2.3-screenshots (22) Tizen-2.3-screenshots (21) Tizen-2.3-screenshots (20) Tizen-2.3-screenshots (18) Tizen-2.3-screenshots (17) Tizen-2.3-screenshots (15) Tizen-2.3-screenshots (13) Tizen-2.3-screenshots (1) Tizen-2.3-screenshots (31)

Via Tizen Indonesia