Arquivo para a tag: ssd

Kingston lança no Brasil SSD UV400 com tecnologia TLC

by

UV400_2

A Kingston anuncia o lançamento no mercado brasileiro do SSD UV400, que traz como principal novidade a presença da tecnologia TLC.

Graças à tecnologia TLC, o novo SSD tem preço mais acessível do que outras unidades de estado sólido e ainda diminui o tempo de inicialização do sistema, de carregamento de programas e de transferência de arquivos quando comparado aos HDs. O componente está disponível em capacidades de 120 a 480GB e custa a partir de R$279. Em breve estará disponível também com 960GB.

UV400_1

O SSD UV400 é alimentado por uma controladora de quatro canais que alcança velocidades de leitura de até 550MB/s e de gravação de até 500MB/s, desempenho dez vezes maior do que o de uma unidade de disco rígido de 7200RPM. Além disso, por ser muito mais resistente do que um disco rígido mecânico e suportar choques, vibrações e alternâncias de temperaturas, é ideal para ser usado em notebooks e outros dispositivos móveis.

O novo SSD da Kingston está disponível em duas versões: uma que conta apenas com a unidade de estado sólido e outra que inclui um kit com as ferramentas e acessórios necessários para fazer a clonagem do sistema operacional, programas instalados e arquivos.

Preços sugeridos:
120GB – R$ 279,90
240GB – R$ 449,90
480GB – R$ 849,90

UV400

Características e especificações:
Formato: 2.5”
Interface: SATA 3.0 (6Gb/s) – com compatibilidade com versões anteriores para 2.0 (3Gb/s)
Capacidades: 120GB, 240GB, 480GB e em breve 960GB
Controladora: Marvell 88SS1074
NAND: TLC
Desempenho de base:
Transferência de dados (ATTO)
120GB — até 550MB/s de leitura e 350MB/s de escrita
240GB — até 550MB/s de leitura e 490MB/s de escrita
480GB — até 550MB/s de leitura e 500MB/s de escrita
960GB — até 540MB/s de leitura e 500MB/s de escrita
Maximum Random 4k Leitura/Escrita (IOMETER)
120GB — até 90,000 IOPS e 15,000 IOPS
240GB — até 90,000 IOPS e 25,000 IOPS
480GB — até 90,000 IOPS e 35,000 IOPS
960GB — até 90,000 IOPS e 50,000 IOPS
Consumo de energia: 0.672W Idle / 0.693W taxa / 0.59W (MAX) leitura / 2.515W (MAX) escrita
Temperatura de armazenamento: de -40ºC a 85ºC
Temperatura de operação: de 0ºC a 70ºC
Dimensões: 100mm x 69.9mm x 7.0mm
Peso: 57g
Operação de vibração: 2.17G de pico (7-800MHz)
Sem operação de vibração: 20G de pico (10-2000MHz)
Expectativa de vida: 1 milhão de horas MTBF
Suporte/Garantia: 3 anos de garantia com suporte técnico gratuito
Terabytes a serem escritos (TBW): 120GB: 50TB / 240GB: 100TB / 480GB: 200TB / 960GB: 400TB

Samsung apresenta unidade SSD de 16 TB de armazenamento

by

samsung-ssd-16tb

A Samsung apresentou a unidade SSD PM1633a, que se destaca por ser a maior unidade de armazenamento sólido do mundo, com 16 TB em 2.5 polegadas.

O produto foi apresentado na Flash Memory Summit, que acontece na Califórnia (EUA), e é baseado na tecnologia 3D V-NAND de 256 Gigabits, sendo esta uma parte primordial dessa nova SSD, já que no seu interior ele recebe 500 chips desse padrão, distribuídos ao longo de 48 capas. Na prática, temos na verdade 15.36 TB de armazenamento. mesmo assim, nunca vimos uma unidade desse porte, ou tal volume concentrado em 2.5 polegadas, o que torna o produto compatível com a maioria dos dispositivos existentes hoje no mercado.

650_1200

Durante a demonstração, a Samsung utilizou um potente servidor de 768 TB de capacidade, e um desempenho de 2 milhões de operações IOPS (Input/Output Operations Per Second), impulsionado por 48 dessas novas unidades SSD, demonstrando o que eles são capazes de fazer. Inicialmente, o produto é destinado ao mercado empresarial, e a Samsung não revela data de lançamento ou preço oficial, mas estima-se que ele pode custar mais de 7 mil euros por unidade.

Mas a pergunta que não quer calar é: quando um produto como esse chegará nos computadores pessoais?

Via Ars Technica

Como um SSD pode melhorar o desempenho do PS4?

by

Crucial-SSD

A possibilidade de trocar a unidade de armazenamento do PS4 fez com que muitos usuários considerassem a possibilidade de instar uma unidade SSD no console. Mas… até que ponto isso pode realmente melhorar o desempenho do videogame?

A fabricante de unidades SSD Crucial decidiu responder a pergunta, com um vídeo bem completo que mostra dois testes reais muito interessantes. O primeiro teste mede o tempo de inicialização do console, enquanto que o segundo faz o mesmo com o tempo de carga do jogo Assassin’s Creed.

Os resultados são evidentes. Com um SSD, o tempo de inicialização do PS4 cai de 23 para 16 segundos, enquanto que o tempo de carga do jogo passa de 24 a 18 segundos. São diferenças consistentes.

Obviamente também temos que levar em consideração que na hora de instalar jogos e aplicativos no console, a diferença que o SSD pode fazer é grande, deixando o PS4 muit mais ágil de um modo geral.

O vídeo também indica um tutorial completo, que mostra como é procedimento de troca da unidade de armazenamento do PS4.

Vídeo a seguir.

 

Via Crucial

Samsung 850 Evo e 850 Pro: SSDs com até 2 TB de armazenamento

by

samsung-850-evo

A Samsung anunciou a disponibilidade de suas unidades SSD Samsung 850 Evo e Samsung 850 Pro, que contam com capacidades de até 2 TB de armazenamento. As versões preservam todas as virtudes dos seus irmãos menores que fazem uso do padrão SATA convencional para desktops.

A Samsung promete que nos próximos meses vai lançar versões dessas unidades para equipamentos com conectores mSATA e M.2, como os utilizados em computadores portáteis. O fabricante mantém o formato com uma espessura de 7 mm e 2.5 polegadas, além de aproveitar os chips flash 3D V-NAND, que permitem integrar essa grande capacidade, além de uma nova versão da controladora MHX, que dá suporte para essa capacidade.

A brincadeira aqui não é barata. As novas unidades 850 Evo vão custar US$ 800, enquanto que as unidades 850 Pro, mais rápidas e duradouras, podem custar US$ 1.100. Mesmo assim, está evidente que mais e mais fabricantes querem oferecer unidades de SSD de grande capacidade, o que coloca as coisas ainda mais complicadas para os discos rígidos tradicionais, muito mais baratos, mas que só utilizamos ainda por conta da relação custo por GB.

Via EngadgetSamsung Tomorrow

SSDs podem perder dados depois de uma semana desconectados

by

ssd-desconectado

Em uma apresentação realizada por Alvin Cox da Seagate, foi possível concluir que os SSDs podem perder dados e apresentar danos em apenas uma semana de desconexão, ou seja, sem alimentação.

A explicação é, apesar dos fabricantes utilizarem padrões de até dois anos de manutenção dos dados em SSDs de consumo geral – cifra comprovada por empresas como a Samsung, por exemplo -, a temperatura em que as unidades são submetidas tem um impacto muito grande.

Um exemplo simples: um SSD de consumo geral a 30 graus tem capacidade de retenção sem alimentação de um ano, mas para cada cinco graus a mais de temperatura, esse tempo é reduzido pela metade. Ou seja, 35 gruas seriam 6 meses, 40 graus a 3 meses, etc. Levando em conta a alta velocidade que a temperatura aumenta em certas regiões do planeta, esse é um fator que devemos ter muito em conta.

Fica claro que, para um uso normal e diário, isso não deve ser um problema na maioria dos casos, mas se precisamos de soluções de armazenamento a longo prazo, os SSDs não são uma boa opção.

Via IbiTimes

Fixstars comercializa um SSD de 6 TB

by

Fixstars

A empresa japonesa Fixstars anunciou o lançamento de um SSD de 6 TB, a maior capacidade oferecida pela indústria em formato de 2.5 polegadas.

O SSD de 6 TB da Fixstars usa memórias flash NAND MLC fabricadas em processos de 15 nanômetros, e oferece um desempenho de transferência de dados de 540/520 Mbytes por segundo (modos leitura/gravação). A unidade tem uma espessura de 9.5 mm, o que o impede de ser utilizado nos ultrabooks.

De qualquer forma, ele é um modelo mais focado aos desktops, e apesar dos portáteis receberem o maior foco dos lançamentos em SSD como padrão de armazenamento, o seu uso em PCs é uma questão de tempo conforme o preço desses periféricos é reduzido em todo o planeta.

Até o momento, a combinação de SSDs com discos rígidos são a melhor opção, mas no futuro, os discos sólidos serão a escolha a ser feita. Por enquanto, a capacidade limitante atrapalha esse processo, mas com 6 TB, temos armazenamento mais que suficiente para qualquer equipamento.

O grande obstáculo fica sendo o preço. A Fixstars não revelou os valores, mas certamente será muito caro. Ainda estão disponíveis as variantes com 1 TB e 3 TB.

Via Fixstars

Samsung Portable SSD T1 de 1 TB é um sonho de consumo

by

ssd-samsung-1tb-01

O novo Samsung Portable SSD T1 de 1 TB de armazenamento é fino, leve e muito cobiçado desde já. O dispositivo promete uma grande experiência na velocidade por conta da tecnologia, e com uma versatilidade que não vemos em outros produtos do gênero.

Sua velocidade de leitura/gravação sequencial é de até 450 MB/s em uma interface USB 3.0. Na teoria, um filme de 10 GB pode ser transferido para esse disco em apenas 27 segundos, ou quase quatro vezes mais rápido que um HD clássico. O modelo é compatível com as portas USB 2.0.

Outro destaque para o novo SSD da Samsung é para o seu design intuitivo, e para a proteção via encriptação AES 256-bit, sem falar que o dispositivo pode aguentar quedas e temperaturas extremas, com um sistema de ‘autoproteção’.

ssd-samsung-1tb-02

O Samsung Portable SSD T1 é mais ou menos do tamanho de um cartão de visita, com um bom acabamento em black piano e gravação em laser. Seu peso é de apenas 28 gramas, e é compatível com os sistemas Windows e Mac de forma nativa.

O Samsung Portable SSD T1 está disponível nas versões de 250 GB, 500 GB e 1 TB. Essa última custa 790 euros.

HyperX lança no Brasil o SSD Savage

by

ssd-savage-hyperx-01

A HyperX lança no Brasil o HyperX Savage, uma unidade SSD com interface SATA Rev. 3 (6Gb/s). O SSD tem desempenho impulsionado por uma controladora Phison S10 quad-core de 8 canais e, atualmente, é o mais rápido do mercado com interface SATA.

Com velocidades sequenciais de até 560MB/seg para leitura e até 530MB/seg para gravação, e IOPs que atingem até 100 mil/89 mil para leitura e gravação, o HyperX Savage entrega respostas ultrarrápidas em multitarefas e torna o computador muito mais veloz. Possui estrutura vermelha de alumínio e formato fino que se encaixa na maioria dos desktops, notebooks e outros tipos de PC compactos.

ssd-savage-hyperx-02

O HyperX Savage chega em breve ao Brasil com preço sugerido de R$529,00 (120GB), R$859,00 (240GB), R$1.759,00 (480GB) e R$4.039,00 (960GB). Pode ser adquirido em versão individual ou em kit que inclui case externo com conexão USB 3.0 de 2,5’’, ferramentas e parafuso de montagem de 3,5’’, cabos com interface SATA, software para transferência de dados e adaptadores de 7mm para 9,5mm.

 

Características do SSD HyperX Savage

– Desempenho: Velocidades incríveis para maior produtividade
– Design exclusivo: Estrutura vermelha em formato especial para deixar o PC com visual mais moderno
– Fino: Espessura de apenas 7mm para ser compatível com a maioria dos PCs
– Migração fácil e rápida: Kit completo com acessórios que facilitam a clonagem dos dados e as ferramentas necessárias para instalação do SSD.
– Garantia de 3 anos com suporte técnico local gratuito
– Formato: 2,5’’
– Interface: SATA Rev. 3.0 (6GB/s) – compatível com versões anteriores para SATA Rev. 2.0 (3GB/s)
– Capacidades: 120GB, 240GB, 480GB e 960GB
– Controladora: Phison PS3110-S10

ssd-savage-hyperx-03

Via assessoria de imprensa

Samsung: líder do mercado em SSD

by

Samsung-ssd

Segundo o site MuyCanal, a Samsung é a líder do segmento de SSD, com 34% do mercado mundial, e ingressos de quase US$ 4 bilhões.

Aos poucos, as unidades SSD ocupam o espaço dos discos rígidos, principalmente por conta da redução de preço das memórias NAND flash. A Samsung aproveitou essa tendência para impulsionar a produção em massa da tecnologia 3D V-NAND, obtendo assim grandes lucros e aumentando as vendas em 53% em relação ao ano passado.

Outro dado importante é que a Intel, uma das empresas que mais investiu nas SSDs, superou a SanDisk, ocupando assim a segunda posição entre as principais vendedoras, com 17% do mercado e lucros acima dos US$ 2 bilhões.

É esperado que até 2019, as vendas de SSDs aumentem em 21% por ano, passando da marca de 83 milhões de unidades vendidas em 2014 para mais de 220 milhões previstos para daqui a cinco anos.

Via MuyCanal

Futuras SSDs chegarão aos 10 TB com as memórias NAND 3D

by

3D+NAND+Die+with+M2+SSD

A Intel e a Micron chegaram a um acordo para desenvolver memórias flash NAND 3D, que oferecem uma capacidade máxima de armazenamento três vezes maior que a dos modelos atuais.

Tal tecnologia permite alcançar uma densidade nunca antes vista, com unidades SSD de 3.5 TB de tamanho equivalente ‘a um chiclete de tira’, ou discos de 2.5 polegadas com 10 TB de capacidade. Essas melhorias resultariam um menor consumo energético.

3D_NAND_Die

As capacidades dessas memórias são tão impressionantes, que apenas um chip será capaz de oferecer uma capacidade de até 48 GB, podendo criar um módulo de 750 GB com um tamanho similar a uma unha. Mas para aproveitar dessas capacidades, vamos ter que esperar um bocado, já que por enquanto os parceiros selecionados estão realizando testes com unidades NAND 3D de 256 GB, e os primeiros módulos TLC de 384 GB só serão vistos no terceiro trimestre de 2015.

Sobre a sua produção, a Intel garante que a fabricação em grande escala começa no quarto trimestre do ano, e só veremos as primeiras unidades SSD com NAND 3D nas lojas em 2016.

Agora… já pensou? Um disco SSD de 10 TB de armazenamento? É claro que podemos sonhar com algo desse tipo em nossos equipamentos, mas também podemos pensar no preço que tal item pode nos custar. E acordar do sonho.

Via Intel

Novo MacBook Air conta com a SSD super veloz da Samsung

by

ifixit-macbook-air-ssd-2015-03-12-01

A porta USB Type-C e a bateria de 18 horas do novo MacBook monopolizaram as postagens da semana, mas vale a pena lembrar que os modelos MacBook Air e MacBook Pro (13″) da Apple também foram atualizados. E trazem segredos daquela empresa sul-coreana que a Apple tanto ama: a Samsung.

No caso do MacBook Air de 13 polegadas, a renovação interna não só se reflete nos novos processadores Broadwell Core i5 e Core i7 da Intel: também temos uma unidade SSD “até duas vezes mais rápida” que a geração anterior. O site iFixit descobriu que o salto qualitativo desse item se explica pela escolha da Apple pelo novo SSD SM951 da Samsung, apresentado na CES 2015.

ifixit-macbook-air-ssd-2015-03-12-02-1

O MacBook Air foi desmontado, e revela uma unidade de 128 GB, tal como se vê na imagem superior, capaz de alcançar velocidades de leitura de até 2.15 GB/s, e de 1.55 GB/s de gravação, em interfaces PCIe 3.0.

TcmTDvLOfHFwKNxr

No caso do MacBook Air de 11 polegadas, a Apple optou por uma unidade da Sandisk (foto acima), com velocidades de 668 MB/s.

A boa notícia é que se você não se conforma com esses itens, pode abrir o MacBook Air e trocar a unidade SSD por conta própria. A má notícia é a avaliação do iFixit sobre o seu nível de reparação do produto – 4/10, onde quanto mais baixa a pontuação, mais difícil o produto é de ser reparado.

Via iFixit, (2)Macrumors

 

CES 2015 | Novas SSDs da Samsung quase não consomem energia em standby

by

samsung-sm951-ssd-2015-01-08-01

A Samsung terminou de fabricar suas novas memórias SSD PCIe (3.0 e 2.0) e são as mais rápidas do mercado. A nova SM951 SSD pode alcançar velocidades de leitura de 2.15 GB/s e de gravação de 1.55 GB/s em interfaces PCIe 3.0, enquanto que na PCIe 2.0 fica em 1.6 GB/s e 1/35 GB/s, respectivamente.

Tudo isso é possível por conta da utilização de tecnologia de 10 nanômetros, algo que também permite um consumo energético 50% menor que os seus predecessores.

Estará disponível em versões de 128, 256 e 512 GB, e só estará disponível nas mãos dos fabricantes de PCs.

Via Business Wire

CES 2015 | HyperX lança SSD de alta performance compatível com padrão PCIe

by

SHPM2280P2H_480GB_LongBracket_s_hr

A HyperX, divisão da Kingston, anunciou na CES 2015, em Las Vegas – EUA, o SSD HyperX Predator PCIe. Previsto para chegar ao mercado global em fevereiro, o novo SSD possui a mais avançada tecnologia dessa categoria de produto e as maiores velocidades de leitura e gravação da linha HyperX.

Os SSDs HyperX Predator PCIe possuem ampla capacidade de armazenamento (240GB ou 480GB) e velocidades incríveis para elevar a performance dos sistemas ao máximo. Uma versão de 960GB será lançada ainda no primeiro semestre de 2015. Mais rápida que os SSDs com padrão SATA, a nova geração PCI Express com interface 2.0×4 permite velocidades de leitura de até 1400MB/s e de gravação de até 1000MB/s para respostas ultrarrápidas em multitarefas e funcionamento mais veloz do sistema como um todo.

O SSD HyperX Predator PCIe também possui uma controladora Marvell 88SS9293 e formato M.2 que assegura compatibilidade com slots M.2 PCI Express. Um adaptador opcional half-height, half-lenght (HHHL) também estará disponível para diversas placas mãe sem soquete M.2. O adaptador HHHL se encaixa tanto em gabinetes tamanho padrão quanto de perfil baixo.

O SSD HyperX Predator PCIe possui garantia de 3 anos, suporte técnico local gratuito e a reconhecida confiabilidade Kingston.

Via assessoria de imprensa

CES 2015 | Samsung apresenta a sua primeira unidade SSD externa

by

650_1000_samsung-t1-ssd-ces

A Samsung apresentou a sua primeira unidade SSD externa, a Portable SSD T1. O produto pode armazenar até 1 TB de dados (também existe um modelo de 500 GB, e outro de 250 GB), com um tamanho próximo ao de um cartão de crédito.

Com conectividade USB 3.0 e velocidade de leitura e gravação de 450 MB/s, essa unidade usa o chip V-NAND das populares 850 EVO, e contam com a codificação AES 256-bits. Além disso, os seus preços são bem razoáveis: US$ 180 na versão de 250 GB, US$ 300 na versão de 500 GB e US$ 600 na versão de 1 TB.

As unidades chegam aos EUA no meio de janeiro.

 650_1000_pssd_008_l-perspective2_black_678x452 samsung-portable-ssd-t1

Via Samsung

Samsung prepara SSDs com tecnologia 3D para usuários finais

by

samsung-ssd

Não faz muito tempo que a Samsung demonstrou a SSD 850 Pro, a primeira unidade a contar com memórias flash NAND com tecnologia vertical 3D (ou TLC 3D V-NAND), com desempenhos de leitura e gravação muito superiores em relação às atuais unidades. Agora, tal tecnologia está próxima de chegar ao usuário final.

Com essas unidades, teremos – na teoria – soluções mais baratas, mais rápidas e com maior capacidade de armazenamento. Vazamentos de um segundo modelo, o Samsung 850 EVO podem indicar a presença de um modelo específico para desktops e computadores portáteis convencionais.

A Samsung confirma que iniciou a produção massiva das células de três capas, onde os primeiros chips TLC 3D V NAND contam com 128 GB de armazenamento. Não sabemos qual é a escala de fabricação utilizada – supões que os 42 nanômetros tradicionais das outras memórias NAND -, mas estima-se que essa redução de custo pode baratear essas unidades de forma notável.

Via KitGuru