Arquivo para a tag: Siri

[Vídeo] Google Now e Siri se enfrentam, com a ajuda de um Galaxy S4 e um iPhone 5

by

google-now-vs-siri

Do que vale uma rivalidade sem a comparação? Mais importante saber se um ou outro funciona, é fundamental (para muita gente) saber qual deles é melhor ou pior. Apple e Samsung estão no ápice de sua rivalidade entre produtos, serviços, conceitos, modelos e plataformas, e parece que essa batalha está longe de terminar. Ainda mais quando tem muita gente para colocar mais lenha na fogueira nessa disputa.

Um dos pilares que as duas principais fabricantes de smartphones do mercado se apoiaram foi o controle dos dispositivos por comandos de voz. A Apple apostou pesado no Siri (que até hoje não compreende o português, é sempre bom lembrar), e a Google fez o mesmo com a Google Now (que até agora não compreende muitas coisas típicas do nosso país – quem sabe agora, com essa recente atualização de APIs anunciada na Google I/O 2013).

Os dois sistemas oferecem, a partir da perspectiva do usuário, basicamente as mesmas funcionalidades, mas ambos foram melhorando as suas características com o passar do tempo. Porém, não sabemos o quanto essas melhorias colocam um sistema em vantagem em relação ao outro.

A CNET decidiu eliminar essa dúvida, fazendo um comparativo entre os dois sistemas (e colocando mais lenha na fogueira das vaidades de Apple e Google Fanboys). Abaixo, você vai ver um vídeo onde um Galaxy S4 e um iPhone 5 vão realizar tarefas consideradas equivalentes nos serviços Google Now e Siri. Não há um vencedor muito claro, mas um acaba se sobressaindo mais que o outro, dependendo dos testes ao qual se submete.

Vídeo abaixo.

Via CNET

A nova do iOS 6: o Siri está exibindo informações incorretas de previsão do tempo para Nova York

by

É, amigo… quando a fase está ruim… é uma sequência de acontecimentos… depois de números de vendas “decepcionantes” (sério, não consigo ver aonde…) do primeiro final de semana do iPhone 5, e com um iOS Mapas que é daquele jeito que você já sabe, a última “surpresa” que o iOS 6 esconde está relacionada ao serviço de previsão de meteorologia, que na nova versão conta com integração ao assistente pessoal inteligente Siri.

Supomos que você esteja em Nova York, Nova York e pergunte para o Siri qual é a previsão do tempo para os próximos dias na cidade. A resposta que ele vai dar é a da imagem à esquerda, com uma média de temperatura acima dos 90 graus Farenheit (ou 32 graus Célsius). Vale lembrar que os norte-americanos estão entrando no outono, e em Nova York, assim como em boa parte da costa leste dos Estados Unidos, as diferentes estações do ano são mais acentuadas. Ou seja, essa temperatura está elevada demais para essa época do ano na cidade.

Agora, supondo que você ainda conta com o bom e velho aplicativo de previsão de tempo do iOS 5, gerenciado pelo Yahoo, e fizer a mesma consulta de previsão do tempo para a cidade, os resultados são mais próximos da realidade, com uma média de 70 graus Farenheit (ou 21 graus Célsius).

Logo, concluímos que há algo errado com o Siri. A explicação mais aceitável é que, aparentemente, o assistente pessoal “inteligente” da Apple está combinando os dados de previsão do tempo de NYC, Nova York, com a cidade de New York, no estado do Texas, que por estar na costa oeste dos Estados Unidos, tem temperaturas naturalmente mais altas que na costa leste, ao longo de todo o ano.

O problema é que, mesmo que você pergunte ao Siri a previsão do tempo “na minha região”, ele vai continuar a exibir os resultados errados. A única forma dele exibir de forma correta a previsão do tempo de algum lugar na cidade de Nova York, Nova York, é ditando o CEP da sua localidade.

E isso não é tudo. O Siri ainda está apresentando erros nas consultas de previsão do tempo em cidades como Ruchmond e Carrolton. Aparentemente, o serviço não consegue fazer a distinção entre duas cidades com o mesmo nome, e está combinando os resultados de previsão de tempo das duas cidades. O problema já foi informado nos fóruns oficiais de suporte da Apple, e até agora, a empresa de Cupertino não se pronuncia sobre o assunto.

Via Ubergizmo, MacRumors

Uma empresa de Xangai denuncia a Apple por violar pantentes com o Siri

by

Mal acabou a batalha entre o S Voice e o Siri (e este é o atalho que a Apple quer usar para interromper as vendas do Galaxy S III nos Estados Unidos), e temos uma empresa de Xangai disposta a ter os seus 15 minutos de fama, dizendo com todas as letras que a Apple violou suas patentes.

A empresa em questão é a Zhi Zhen Internet Technology (muito prazer), e eles garantem que o assistente pessoal da Apple viola frontalmente patentes do sistema de reconhecimento de voz (em chinês, obviamente) do seu serviço Xiao i Robot para smartphones e navegadores web, patente essa com registro de 2004. Por enquanto, a Apple não se pronuncia sobre o assunto de forma oficial, mas não duvidamos por nenhum momento que os seus advogados já estão preparando um sonoro contra-ataque, ainda mais vendo que a empresa chinesa curiosamente optou por utilizar como ícone o mesmo tipo de microfone adotado pela Apple.

Via The Next Web

[WWDC 2012] As novidades do Mac OS X Mountain Lion, que chega em julho

by

Novos produtos de hardware precisam de um novo software. A Apple apresentou as novidades que estarão presentes na versão final do seu sistema operacional Mac OS X Mountain Lion, que tem previsão de chegada ao mercado para o mês de julho.

Para começar, contrariando alguns rumores, o Siri ainda não chegou ao Mac. Porém, a Apple apresentou hoje (11/06) que está a caminho disso. O Dictation para o Mac OS X Mountain Lion é um software para ditar, permitindo escrever em aplicativos e sites da web, como o Microsoft Word e o Facebook, apenas com o dom da fala. Ok, o aplicativo não vai responder as perguntas que você vai ditar, mas só em saber que o sistema vai reconhecer o que você vai falar, interpretar, e colocar isso no seu editor de texto, já é um grande progresso.

Fica implícito a possibilidade do Dictation funcionar com outros idiomas, porém, pelo menos por enquanto, esse privilégio só deve estar disponível para aqueles que dominam o idioma em inglês.

Outra novidade está na nova versão do Safari, que inclui uma “busca unificada”, que é a união da barra de endereços e das buscas (tal como acontece no Chrome). O Safari também é capaz de oferecer agora a sincronização entre dispositivos e abas do iCloud. O sistema de jogos do GameCenter também chegou ao Mac, assim como as as novas opções de lembretes, mensagens e AirPlay. Isso resulta em uma maior unificação entre os dispositivos iOS e Mac. Graças ao software Power Nap, os computadores Mac poderão atualizar dados (e-mail, notificações e até fotos) até enquanto eles estão em modo de hibernação.

Os novos computadores Mac que foram lançados hoje contarão de forma gratuita o novo Mac OS X Mountain Lion, mas se você possui um Mac antigo, poderá fazer a atualização para a nova versão do sistema operacional a partir do mês de julho, pelo preço de apenas US$ 20. É importante lembrar que a atualização com esse preço é permitida a partir da versão Snow Leopard.

Via Apple

[WWDC 2012] iOS 6 é apresentado oficialmente

by

Não chegou a ser surpresa (mesmo porque a Apple não sabe mais esconder direito os seus cartazes), mas finalmente podemos dizer que o iOS 6 é oficial. São cerca de 200 novas funções que a gigante de Cupertino incorporou no sistema operacional, e entre elas, as novidades no Siri, que recebeu novos idiomas e recursos que o tornam mais inteligente e versátil.

Outra novidade muito esperada por muitos usuários dos iDevices: o FaceTime finalmente pode realizar chamadas via conexão 3G. Essa era uma solicitação feita por muitos, que desejavam uma maior liberdade com o recurso. Pena que, com o 3G do Brasil, é melhor nem pensar muito como o FaceTime vai funcionar com o 3G daqui. A decepção pode ser muito grande.

Outro rumor dos últimos dias que foi confirmado foi a melhor integração com o Facebook. Agora é possível compartilhar fotos com seus amigos da rede de Mark Zuckerberg com facilidade, e essa integração também vai permitir o compartilhamento de links da web e mapas. Também será possível compartilhar aplicativos no Facebook a partir da App Store.

Um novo Mapas também foi apresentado, confirmando o abandono por parte da Apple do Google Maps. O novo sistema de cartografia do iOS 6 chega renderizado em 3D, permitindo obter visualizações das cidades a partir de um ângulo de 45 graus, e podendo inclusive girar a câmera para obter novos ângulos. O sistema oferece integração completa ao Siri, e os comandos de voz serão um complemento perfeito para tornar esse sistema de mapas o GPS ideal para suas viagens (mas vamos sentir falta do Street View…). A princípio, o sistema de mapas da Apple parece ser bem interessante, e é sim capaz de fazer frente à plataforma que o Google tem estabelecida em milhões de telefones ao redor do mundo.

Uma novidade realmente interessante foi a introdução do recurso Do Not Disturb (não perturbe), onde será possível silenciar o smartphone em momentos pré programados, interrompendo temporariamente todos os tipos de notificações. Mas a melhor parte é que você pode configurar uma lista de “contatos privilegiados” (ou “lista branca”), onde você pode inserir os contatos que você deseja receber chamadas e alertas, mesmo que o Do Not Disturb esteja ativo.

O iOS 6 também conta como novidade com o Passbook, um centro de armazenamento de suas informações mais valiosas, onde será possível arquivar suas senhas, catálogo de endereços e o restante das informações importantes que estão presentes no sistema operacional. Este aplicativo integrado na plataforma conta ainda com um leitor do tipo QR Code, para facilitar o trabalho de armazenamento.

O iOS 6 estará disponível durante o outono do Hemisfério Norte (a partir de setembro), para o iPhone 3GS, iPhone 4, iPhone 4S, iPad 2, iPad 3 (ou Novo iPad) e iPod Touch de quarta geração. O SDK para os desenvolvedores já está disponível para download a partir de hoje (11/06).

Via Apple

Creative Sound BlasterAxx: o alto-falantes sem fio inteligente

by

Faz tempo que a Creative não apresentava um produto novo. Por isso, apresentamos com alegria o Sound BlasterAxx, que se apresenta como um sistema de áudio sem fio com microfone integrado, onde não só é possível dar vida aos conteúdos multimídia que temos armazenados em nossos dispositivos iOS/Android, mas também atuará como dispositivo handsfree, além de responder aos comandos vocais do Siri ou do S-Voice.

esse novo Sound BlasterAxx chegará em três versões diferentes (SBX 20, SBX 10 e SBX 8), sendo o primeiro deles o único com amplificador integrado. Os preços são de 225, 160 e 100 euros respectivamente, e chegam ao mercado no mês de julho.

Via Sound Blaster

Nokia acusa a Apple de “alterar” o Siri, para que não recomende o Lumia 900

by

Em situações específicas, fazer determinadas perguntas ao Siri poder ser um faca de dois gumes. Ou alguém na Apple deve ter pensado dessa forma, ao descobrir que recomendava o Lumia 900 quando os usuários perguntavam ao assistente “qual é o melhor smartphone do mundo?”.

O assunto teve uma grande repercussão, e tudo indica que a polêmica não vai terminar tão cedo. Segundo o site TNW, o Siri deixou de recomendar o smartphone da Nokia como melhor telefone, e a Nokia passa a acusar abertamente a Apple de “alterar” o assistente para que isso aconteça.

Tracey Postill, um dos porta-vozes da Nokia, é um dos que depõem contra a empresa de Cupertino. Porém, o assunto parece não estar muito claro. Danny Sulliven, da Search Engine Land, explica que os resultados das buscas do Siri provém da empresa Wolfran Alpha, que por sua vez, obtém a informação baseada nas análises de usuários e especialistas em sites como o Best Buy, o que explica a resposta inesperada.

Como é habitual nesses casos, a Apple se recusa a comentar o assunto.

Via The Next Web

Samsung Galaxy S III: acessórios, SmartStay e S Voice

by

Nesse post, vamos apresentar mais detalhes que envolvem o lançamento da semana passada, o Galaxy S III. Começamos pelos seus acessórios. Afinal de contas, era impensável que o novo terminal da fabricante coreana se apresentaria ao mundo sem nenhum tipo de acessórios, de forma que o fabricante preparou para o seu evento de Londres uma grande leva de complementos para fazer par com o telefone com tela de 4,8 polegadas.

Para começar, o S III conta com um belo case protetor (no estilo do SmartCover), um dock de carga e um habitual suporte para carro. A Samsung também vai disponibilizar uma bateria de reposição, um adaptador HDMI, um dock com acabamento metálico e um adaptador sem fio AllShare Cast, que se encarregará de emitir conteúdos multimídia através da DLNA (do mesmo modo que o adaptador Media Link, da HTC).

No site da Expansys, é possível ver como alguns dos acessórios já aparecem no catálogo, com preços que variam entre 19,99 e 39,99 euros, com uma data de lançamento marcada para 01 de junho.

Além dos novos acessórios, a Samsung também revelou novos serviços funcionais para o Galaxy S III: o SmartStay e o S Voice. A primeira faz com que o telefone mantenha a sua tela ligada se você estiver olhando para essa tela. Isso é possível por meio da câmera frontal do aparelho.

Já o S Voice é um concorrente do Siri da Apple, que permite ao celular receber comandos de voz para as mais diversas ações, como iniciar chamadas, ligar o telefone, reproduzir músicas específicas, tirar fotos e pedir a previsão do tempo. A boa notícia é que ele vai oferecer suporte para oito idiomas, como espanhol, alemão, coreano e inglês (britânico e norte-americano). A má notícia? Não tem suporte para o português.

Via Expansys e Engadget

iOS 5.1 poderá vir com um sistema de desbloqueio com acesso direto à cãmera, além de Siri em japonês

by

O pessoal do site BGR garante que possuem informações de fonte privilegiada sobre a nova versão do sistema operacional móvel da Apple. Segundo contam, o iOS 5.1 contará com um novo sistema de desbloqueio, que permitirá o acesso direto do aplicativo de câmera, transformando a tarefa em algo tão simples quanto dar dois toques no botão de menu e selecionar o ícone que vai aparecer na tela. Outra novidade é que o Siri também será atualizado, e terá suporte ao idioma japonês. Em português, por enquanto, nada. Logo, prepare seu dicionário de japonês. Ou torça para que modders habilidosos faça o trabalho sujo. Até lá, nem penso em comprar o iPhone 4S, já que o seu grande diferencial continua em outros idiomas.

Via BGR

EarSmart: uma tecnologia de cancelamento de ruído integrada no chip A5 da Apple, que torna possível o Siri funcionar

by

Você aí se perguntava: “por que o Siri não é compatível com o iPhone 4?”. Pois bem, trazemos a resposta neste post. Se você der uma olhada na tabela de especificações do iPhone 4S, vai constatar que, na teoria, o assistente virtual da Apple poderia chegar no iPhone 4 com poucas modificações no sistema. Tanto que alguns tutoriais ensinam como é possível fazer essa integração. Mas, mesmo essas modificações não funcionam tão bem quanto no iPhone original.

Isso acontece por causa do hardware, e não estou falando do aumento de MHz, ou da potência gráfica. O processador A5 esconde um pequeno segundo chip, desenvolvido pela empresa Audience, que é responsável pelo cancelamento de ruído. É uma versão melhorada daquilo que já existe na placa-mãe do iPhone 4, só que nesse caso, além de estar integrado ao processador do telefone, o micro chip inclui também uma nova tecnologia chamada EarSmart, que permite uma redução do ruído ambiente inclusive quando seguramos o smartphone com o braço estendido, ou não dirigimos o telefone diretamente na boca.

A Audiente já trabalha em uma terceira versão da tecnologia que a Apple tem licença de uso, e mesmo que esteja presente no futuro processador A6, eles esclarecem que a fabricante de Cupertino não é obrigada a fazê-lo. Mesmo assim, a Audience também informa que tem acordos com outros fabricantes, como HTC, Pantech, Samsung, Sharp e Sony, com muitos produtos que podem usar essa tecnologia, como o Galaxy S II, Galaxy Note, HTC Titan e o Tablet S da Sony.

Via CNET

Rumor: Siri pode chegar ao Mac

by

Uma oferta de emprego publicada no site da Apple disparou os rumores. A empresa busca candidatos para trabalhar na plataforma Siri, exigem que os mesmos “sejam apaixonados pela plataforma Macintosh”, enquanto que em outro anúncio descreve o sistema como “um sistema operacional dentro do outro”, o que nos dá uma ideia sobre os planos do pessoal de Cupertino para a plataforma de comandos de voz.

Alguns analistas entendem esse movimento por parte da Apple como lógico dentro dos planos que a empresa tem para outro mercado de eletrônicos: as TVs inteligentes. Se você se lembra, Steve Jobs mencionou sobre uma interface para gerenciar a televisão que “seria mais simples que se possa imaginar”. E poucas coisas são tão simples quanto o uso da voz. Além disso, a Computerworld afirma que o sistema permitiria a produção de e-mails sem a necessidade do teclado, ou executar qualquer tipo de aplicativo ou até mesmo permitindo a navegação pela web via correio de voz.

Como sempre, é bom ter alguma cautela com esses rumores.

via Computerworld e ITPortal

IRIS 9000, uma ideia da ThinkGeek que conbina o Siri com o HAL 9000

by

Quando a realidade supera a ficção, acontecem coisas como essa que você vê acima.

A ThinkGeek anunciou o seu próximo lançamento, o IRIS 9000, um dock para o iPhon 4S pensado em tirar “o máximo proveito” do sistema Siri, graças à incorporação de um microfone e um alto-falantes que permitem uma interação completa com o telefone.

O produto seria considerado comum e normal, se não fosse o fato de sua base contar com um design inspirado no computador HAL 9000, da nave Discovery, do filme “2001: Uma Odisseia no Espaço”. O produto possui controle remoto, para que você ative o Siri à distância, e tem previsão de lançamento para 2012, com um preço de US$ 60. Abaixo, vídeo que mostra o produto em ação.


via ThinkGeek