Arquivo para a tag: liveblog

CES 2013 | Anote os horários das principais coletivas de imprensa no evento

by

Um evento como a CES não seria o mesmo sem as suas frenéticas, estressantes, divertidas e, em alguns casos, enfadonhas coletivas de imprensa. Como em cada ano, os fabricantes se dividem em apresentar as suas novidades em horários intercalados, para que todos os presentes possam acompanhar, com calma, todas as novidades a serem apresentadas.

Em 2013, temos uma importante mudança: tal como anunciado no ano passado, não tivemos o evento “inaugural” da CES, que tradicionalmente era composto por uma palestra da Microsoft em algum local de Las Vegas. Apesar de nunca ser considerado um evento oficial da Consumer Electronic Show, todos consideravam essa apresentação o “kickoff” do evento em si. A Microsoft está presente na feira, mas com uma participação menor, e sendo mais representada pelos seus parceiros comerciais e seus respectivos lançamentos.

Logo, para que você tenha uma ideia melhor de como vai funcionar as apresentações da CES 2013, apresentamos a tabela abaixo, onde você pode se guiar pelos horários das principais coletivas de imprensa. Vamos acompanhar esses eventos pela internet, e sempre que algum link com streaming surgir (de forma oficial, vindo das assessorias de imprensa, ou extra oficial, que encontraremos pela internet), publicaremos esses links no Twitter @TargetHD, para que você possa acompanhar o evento conosco.

ATENÇÃO: todos os horários abaixo já estão devidamente ajustados para o horário de verão de Brasília (que está 6 horas a frente do horário de Las Vegas, Nevada. Os horários podem sofrer alterações sem aviso prévio.

O evento da Apple de hoje (23) será transmitido ao vivo, via internet. Saiba como assistir

by

Se você é um usuário regular da Apple, pode comemorar. Em um ato raro de desprendimento, a gigante de Cupertino decidiu liberar um streaming oficial do seu evento a ser realizado daqui a pouco (15h, horário de verão de Brasília), e em diferentes plataformas.

A forma mais simples e direta é através do Apple TV, onde você poderá conferir a transmissão, acessando um ícone para o evento ao vivo. Se você tem o media player da empresa da segunda ou terceira geração, com a versão 5.0.2 do seu software, é só sentar diante do sofá e aproveitar. Ah, mas não deixe de seguir a gente no Twitter para acompanhar nossos comentários, no @TargetHD.

Mas se você não está de folga hoje, ou precisa escrever sobre o evento, pode ver toda a movimentação em San Jose (Califórnia) por outras maneiras. Se você é um usuário de um Mac, você precisa ter o navegador Safari 4 ou superior instalado em um sistema Mac OS X 10.6 ou superior. Além disso, também é possível ver o evento de hoje no seu iPhone ou iPad, desde que o seu dispositivo conte com a versão 4.2 do iOS.

Em todos os casos citados acima, você precisa ser um usuário registrado da Apple, o que obrigatoriamente obriga você a ter um dos dispositivos Apple acima citados para conferir o keynote. Caso você não se encaixe em nenhum dos casos acima citados, é melhor começar a procurar um streaming desde já.

Acompanhe o TargetHD.net nas redes sociais ou no próprio blog. Ao longo do dia de hoje, manteremos vocês atualizados sobre tudo o que vai acontecer no evento de daqui a pouco.

Via SlashGear, TUAW

Nova geração do iPad: saiba tudo o que aconteceu no evento da Apple

by

Segue abaixo um resumo de tudo o que aconteceu no evento de apresentação da nova geração do iPad, realizado hoje (07/03) pela Apple no Yerba Buena Center for the Arts, em San Francisco, California.

Tim Cook subiu ao palco exatamente às 15h (Brasília), e já começa desejando “boas vindas à revolução pós PC, liderada pela Apple”. Seguindo a receita criada por Steve Jobs, Cook está totalmente de preto. Afinal, o destaque é o produto a ser apresentado. Cook começa dizendo que o computador deixou de estar no centro do universo tecnológico, para se tornar apenas mais um dispositivo. O mundo tende a se tornar muito mais portátil, e nesse sentido, o iPad estabeleceu uma nova categoria de produto.

Cook destaca o sucesso do iPad pelo mundo: só o iPad foi responsável pelo crescimento de 76% dos lucros da Apple, e nas lojas da empresa, as filas foram intermináveis, com consumidores em busca do produto a todo custo. Então, o CEO da Apple muda o tom, falando do iOS. Foram 315 milhões de dispositivos com o sistema operacional móvel vendidos em 2011. Informa também sobre algumas melhorias no assistente pessoal Siri, que agora tem suporte para o idioma japonês.

A Apple Store conta hoje com 585 mil aplicativos, e recentemente, alcançou a marca de 25 bilhões de downloads realizados. Além disso, os usuários de recursos em nuvem da Apple já passa dos 100 milhões. Então, temos as primeiras novidades do dia: uma nova versão do Apple TV e o iOS 5.1.

O novo Apple TV vai receber suporte para imagens em Full HD (1080p). Filmes e séries de TV nesse formato de imagem também serão oferecidos pela iTunes Store. Em uma demonstração do produto, Eddy Cue mostra uma interface de produto simples, tal como manda o iOS, com os filmes em catálogo em capas, com todos os detalhes possíveis sobre as produções disponíveis para compra ou aluguel. Recursos como YouTube, Vimeo, MLB.com, NBA e NHL ainda estão presentes. Através do Apple TV, é possível também ouvir as músicas do iTunes e utilizar o Photo Stream.

Um destaque enfatizado pela Apple é a velocidade para reprodução de vídeos. Na demonstração, um filme levou apenas 10 segundos para ficar pronto para a reprodução (é claro que isso pode variar, dependendo da velocidade de sua conexão).

O novo Apple TV estará disponível para compra no dia 16 de março, mas já está em pré-venda nos EUA a partir de hoje.

Agora, hora de falar do iPad, e das suas 15,4 milhões de unidades vendidas apenas no último trimestre de 2011.

Cook volta ao palco e recomeça, dizendo que quando eles criaram o iPad, eles estavam criando toda uma nova categoria de dispositivos. Com o tempo, ele se tornou o dispositivo preferido dos usuários Apple, superando desktops, notebooks e smartphones. Com ele, os usuários podem acessar emails, navegar pela web, ler livros, ver filmes e vídeos e rodar jogos de modo muito mais prazeroso e funcional. São mais de 200 mil aplicativos específicos para o iPad, que tornam o produto ainda mais completo e útil para diversas finalidades. Cook aproveita para cutucar a Samsung, dizendo que “apesar dos fabricantes terem adicionado mais de 100 tablets diferentes em 2011, o iPad não deixa o aplicativo do Twitter com aparência de app para smartphone, mas esticado”.

E então, Phil Schiller sobe ao palco para apresentar o novo iPad.

As novidades começam com a presença da Retina Display e uma nova resolução de tela. O novo iPad traz uma tela com os mesmos 9.7 polegadas das versões anteriores, mas com uma resolução de 2048 x 1536. É a maior resolução de tela de qualquer dispositivo móvel no mercado, com 3.1 milhões de pixels. Com isso, as imagens ficam muito mais definidas, e a exibição de textos e fotos se torna simplesmente perfeita, sem nenhum tipo de percepção da granulação dos píxels.

A saturação da tela também foi aumentada em 44%, com 264 pixels por polegada de tela. Para gerenciar todas essas melhorias de imagem, um novo chip gráfico, o A5X quad-core foi adicionado.

A Apple afirma que, comparado ao processador NVIDIA Tegra 3, o seu processador é até duas vezes mais rápido, com um rendimento até quatro vezes maior. Depois, Schiller falou sobre a nova câmera do novo iPad. A nova câmera possui sensor de 5 MP, iluminação backside, lentes de cinco elementos, filtro infravermelho híbrido, e sistema ISP, desenvolvido pela própria Apple. Seu sensor também possui modo de exposição automática, foco automático e gravação de vídeos a 1080p. A câmera também possui recursos de detecção de faces, balanço de branco estabilização de vídeos, redução de ruído temporal, e o resultado das imagens são ajustados para uma exibição perfeita em telas com Retina Display

Um novo botão de microfone é adicionado ao teclado virtual do iOS, para “complementar” o recurso. Na verdade, é para adicionar o Siri ao novo tablet. Em termos de conectividade, o novo iPad é compatível com as redes 4G/LTE, mas também estará disponível na versão 3G/HSPA. A capacidade máxima de download nos dois modos é de 73 Mbps e 21 Mbps, respectivamente. Entre os parcerios da Apple nessa investida, são citados Verizon, AT&T, Rogers, Telus… mas nada de citar a Motorola. Enfim, o novo iPad também pode atuar como hotspot (se sua operadora móvel permitir).

A autonomia de bateria do iPad 4G é de 9 horas de uso, o que pode ser considerado uma vitória, se levarmos em conta a espessura do produto (9,4 mm) e a rede com que o produto vai trabalhar.

Preços: em versões de 16, 32 e 64 GB de armazenamento, o novo iPad será vendido nos Estados Unidos por US$ 499, US$ 599 e US$ 699, respectivamente, nas versões WiFi. Os modelos WiFi+3G custam US$ 629 (16GB), US$ 729 (32 GB) e US$ 829 (64 GB), ou seja, os preços são equivalentes aos modelos da versão anterior. Seu lançamento nos Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, França, Alemanha, Suíça, Japão, Hong Kong, Cingapura e Austrália acontece no dia 16 de março.

Uma semana depois (23/03), uma segunda janela de países (que, pra variar, não inclui o Brasil) recebe o produto. Entre eles, Dinamarca, Finlândia, Itália, Portugal, Porto Rico e Espanha.

A Apple lembra que, assim como foi feito no lançamento do iPhone 4, todos os aplicativos serão ajustados para a nova tela do novo iPad. Os desenvolvedores poderão trabalhar com os novos recursos para ajustar (e até melhorar) os aplicativos para a nova resolução de tela do tablet. Diversos aplicativos e jogos são demonstrados, como Autodesk, Infinity Blade Dungerons, e o recurso iWork, que é uma espécie de suite de aplicativos Office para o novo iPad. Disponível a partir de hoje na App Store, por US$ 9,99 cada aplicativo. O novo iMovie também é apresentado, e também está disponível a partir de hoje, por US$ 4,99.

Outra novidade entre os softwares para o iPad é o iPhoto, que conta com recursos como edição multitoque, navegador inteligente, efeitos com qualidade profissional, entre outros. Mas um dos recursos mais comemorados é a possibilidade de enviar fotos de um dispositivo para outro. O aplicativo é capaz de trabalhar com fotos de até 19 MP, além de poder ajustar a imagem em vários tipos de resolução. O modo de edição de imagens também está mais intuitivo, com comandos bem simples.

A Apple também anunciou que o iPad 2 teve seu preço reduzido em US$ 100. A versão de 16 GB com WiFi passa a custar nos Estados Unidos US$ 399. E, no final das contas, o novo iPad recebe o nome de “iPad”. Simples assim. Cook volta ao palco para dizer que 2012 ml começou, e que a empresa vai apresentar mais novidades ao longo do ano. “É apenas o começo”, finaliza Cook.

Mais detalhes do novo iPad e das novidades apresentadas hoje em breve, no TargetHD

Com fotos do site Engadget

Tudo o que rolou na coletiva de imprensa da Nintendo na #E32011 #E3

by

Antes do evento começar, a Nintendo distraía os presentes com trivias de perguntas e respostas sobre seus games.

Até que a última pergunta foi sobre Zelda. E então…

Uma orquestra com coro começa a tocar a trilha sonora de Zelda, enquanto imagens do game eram apresentadas. Estamos falando dos 25 anos de Zelda.

Na sequência, a lenda Shigeru Miyamoto, criador da série Zelda, sobe ao palco, com um tradutor. Informa que em 2011, a Nintendo comemora o primeiro quarto de século de The Legend of Zelda, e que a música executada pela orquestra na abertura do evento era da trilha de The Legend of Zelda: Skyward Sword.

Miyamoto diz que para esse aniversário de 25 anos, eles prepararam um sistema de jogo para cada uma das plataformas da Nintendo. The Legend of Zelda: Link’s Awakening será o primeiro título que será lançado na eShop Virtual Console, e está disponível aos jogadores a partir de hoje. Na semana que vem, The Legend of Zelda 3D chegará ao Nintendo 3DS de todo o mundo. Para o Nintendo DS, The Legend of Zelda: Four Swords chegará em modo download de forma gratuita, a partir de setembro.

Por fim, Skyward Sword para o Nintendo Wii chegará ao mercado ate´o Natal, com o Motion Plus especialmente desenhado para o jogo, fazendo o papel de espada.

A Nintendo também vai oferecer concertos sinfônicos com a trilha sonora da saga, com uma turnê mundial (esperamos que eles venham ao Brasil), assim como a trilha sonora de alguns dos jogos Zelda. O primeiro será Ocarina of Time, e será oferecido aos jogadores de forma gratuita, para aqueles que registrarem o seu game no Nintendo Club.

Na sequência, Satoru Iwata, presidente mundial da Nintendo, sobe ao palco. Começa a falar que a principal motivação da Nintendo é expandir o número de jogadores de videogames, rompendo as barreiras entre aqueles que nunca jogaram videogames na vida para os jogadores mais experientes. Segundo Iwata, “acreditamos que uma nova plataforma representa um grande passo para alcançar esse objetivo. Porém, nosso novo console não vai chegar antes de 2012, de modo que vamos apostar tudo no 3D”.

Um trailer de futuros jogos para Nintendo 3DS são exibidos no palco.

Demos de jogos. Começando com Mario Kart 3D, que tem lançamento previsto para o Natal de 2011. Entre as principais mudanças, o recurso de voo livre, como mostrado nas fotos, além das corridas debaixo d’água e personalização dos karts.

Star Fox também está de volta, para o Nintendo 3DS. O modo multiplayer estará disponível, com a melhoria que você pode ver a reação de seus oponentes, através das câmeras frontais. Disponível em setembro de 2011.

Mais um jogo da série Mario, criada do zero e centrada no 3D. O game chega antes do final do ano.

A próxima novidade é Kid Icarus: Uprising, que já foi visto no ano passado, mas agora, com mais detalhes. Gigantes, hidras de várias cabeças e combates multiplayer. Lançamento previsto para algum momento de 2011.

O próximo a ser apresentado é Luigi’s Mansion 2.

Agora, os jogos de terceiros: Ace Combat 3D, Tetris, Cave Story 3D, Resident Evil: Revelations, Driver Renegate, Pac-Man & Galaga Dimensions, Tekken 3D, entre outros.

Também foi falado do navegador web do 3DS e da eShop, com os jogos via download. Alguns demos via download serão distribuídos ao longo do ano. Entre os jogos, alguns clássicos, como o Excite Bike, e games da série Pokémon (Black e White).

E agora, o grande momento da coletiva: a apresentação do novo console da Nintendo, o Wii U.

O Wii U é um sistema único, unificador. O controle possui sticks analógicos, câmera frontal, botões home, start, select, uma caneta stylus, além de uma tela de toque e um tamanho que lembra um tablet. O sistema é compatível com os acessórios do  Wii tradicional. A vantagem é você poder jogar sem precisar da TV, pois a tela do seu controle tem generosas 6,2 polegadas. O Wii U será compatível com todos os tipos de jogos, tanto aqueles que usam movimento intuitivo, como aqueles que são controlados com as duas mãos. Conforme informado anteriormente, o console só chega ao mercado em 2012.

Segundo Iwata, a Nintendo quer que o novo Wii U crie um vínculo entre os seus jogos, sua TV e a internet. Será uma nova forma de oferecer entretenimento doméstico. Iwata informa que Shigeru Miyamoto foi um dos que mais investiram nesse projeto. Também informa que o game Smash Bros será um dos primeiros jogos para o Wii U, sem entrar em maiores detalhes. Mais demos de jogos, mostrando a interatividade do novo console.

LEGO City Stories também foi exibido, e parece ser o primeiro anúncio oficial de terceiros para o Wii U. Produtores e desenvolvedores falam sobre o potencial do novo console.

Para o lançamento do Wii U, estão confirmados: Darksiders 2, Tekken, Batman Arkhan City, e um novo Assassin’s Creed.

Em resumo, a Ninendo quer que o consumidor considere as suas 4 plataformas atuais: Wii, Wii U, 3DS e DS, onde cada uma delas é única. E assim, o evento se encerra.

Fiquem ligados! Ao longo de toda a semana, vamos manter vocês atualizados das principais novidades da E3 2011.

via Engadget

[liveblog] Tudo sobre o “evento musical” da Apple em San Francisco

by

Neste post, você terá todas as informações do que acontecer no evento da Apple em San Francisco. O evento musical merece surpresas, prometendo ir além de novos modelos de iPod Touch. Acompanhem conosco toda a movimentação que acontecer por lá.

E, de tempos em tempos, vale o F5 neste post. Atualizaremos constantemente.

13h45: Apple Store já de “portas fechadas”. Até agora, procedimento padrão.
13h47: Além de uma nova versão do iPod Touch (e de outros players musicais), a expectativa é que uma nova versão do Apple TV seja apresentada hoje.
14h00: Vai começar!
14h01: Trilha de espera do evento foi Layla, de Eric Clapton. É solicitado que os presentes desliguem celulares e smartphones.

14h02: Steve Jobs sobe ao palco, e é aplaudido efusivamente. Informa que Steve Wozniack também está presente no evento. Mais aplausos.

14h04: Jobs agradece a todos, e diz que tem grandes novidades para hoje. Começa falando que eles inauguraram uma porção de lojas Apple ao redor do mundo. Começa falando da loja de Paris, onde eles passaram 18 meses trabalhando na sua restauração.

14h06: Fala também da loja de Shangai, China (foto acima), e da loja de Londres. Agora, a Apple conta com 300 lojas, espalhadas em 10 países. Ele lembra do tempo que a MacWorld tinha apenas 30 pessoas, e agora, são mais de 1 milhão de pessoas passando pelas lojas.

14h08: Agora, sobre o iOS. São 120 milhões de dispositivos com o sistema operacional, com 200 aplicativos baixados por segundo, e 25 mil aplicativos para o iPad.

14h10: 230 mil dispositivos iOS são ativados por dia, e mais de 6 bilhões de aplicativos foram baixados até o presente momento. São mais de 250 mil aplicativos para produtos com iOS.

14h11: Começa a se falar do iOS 4.1

14h12: diversos bugs foram solucionados: problemas de proximidade, Bluetooth, etc. Vão adicionar fotos com HDR, uploads de alta definição via WiFi e aluguel de séries de TV. 

14h14: outra novidade é Game Center, que é dedicado aos jogos multiplayer. Você pode agora desafiar seus amigos em jogos. Caso você não tenha amigos, o sistema te coloca em contato com alguém para jogar. Ou seja, o iPhone agora é para pessoas com amigos “imaginários”.

14h15: Mike Capps, da Epic Games, sobe ao palco para mostrar uma demo de um jogo com o Game Center.

14h18: Jobs volta ao palco para contar os progressos para o iOS 4.2. Mas antes, informa que o iOS 4.1 estará disponível na semana que vem para os usuários.

14h18: Jobs diz que uma das novidades do iOS 4.2 para o iPad será a impressão sem fio para o produto, através de um Print Center no dock do aparelho. Basta apertar o botão e ele já sai imprimindo. Além disso, vão adicionar o AirPLay, que é uma espécie de AirTunes, mas com outro nome.

14h21: o recurso se chama AirPlay porque será capaz de reproduzir vídeo e áudio via WiFi em seus dispositivos.

14h21: começa a demonstrar o multitarefa do iOS 4.2. A nova versão do sistema operacional móvel da Apple chega ao mercado em novembro, para iPad, iPhone e iPod Touch.

14h24: hora de apresentar novos iPods. Jobs lembra que este é um evento musical, e o que eles vão apresentar a partir de agora são produtos para estarem disponíveis para o Natal deste ano.

14h25: São novos iPods, tudo novo, para cada modelo. É a maior mudança da história do produto.

14h26: começam pelo Shuffle. As mudanças foram para torná-lo mais acessível no seu manejo. Abaixo, você vê o novo iPod Shuffle.

14h27: com 2 GB de armazenamento, mais fino, mais leve, com listas de reprodução por voz, listas Genius, com 15 horas de música, em 5 cores. Preço: US$ 49.

14h29: iPod Nano com uma mudança radical. Agora, com tela touchscreen.

14h31: o novo iPod Nano é 46% menor e 42% mais leve que o seu modelo anterior. Tem um clip para fixação, botão de volume, Nike +, suporte para 29 idiomas e 24 horas de bateria.

14h33: Preços: US$ 149 (8 GB) e US$ 179 (16 GB)

14h34: agora, o novo iPod Touch. Ele se tornou um iPhone mais popular, ou um iPhone sem telefone (e sem contrato). É hoje o player musical mais conhecido no mundo.

14h36: o novo iPod Touch conta agora com a Retina Display, que oferece quatro vezes mais píxels, cores de 24 bits, iluminação LED, processador Apple A4, iOS 4.1 com Game Center, FaceTime com câmera frontal, câmera com gravação em HD e 40 horas de autonomia de bateria.

14h38: em versões de 8 GB (US$ 229), 32 GB (US$ 299) e 64 GB (US$ 399), o novo iPod Touch, assim como os novos iPod Shuffle e iPod Nano chegam ao mercado na semana que vem, mas já podem ser encomendados a partir de hoje.

14h42: iTunes 10 lançado. Jobs diz que eles ficaram com um mesmo logo durante uma década, e que agora, seria a hora apropriada de mudá-lo, uma vez que eles vão superar as vendas de CDs pela primeira vez. Abaixo, a nova logo da iTunes.

14h44: a grande novidade no novo iTunes é o Ping, que é uma rede social para a música. Um mix de Facebook, Twitter e iTunes.

14h45: Pelo Ping, você pode obter listas personalizadas dos 10 artistas que as pessoas que nós seguimos estão baixando. Jobs diz que é tudo muito fácil de usar, e que o Ping é a ferramenta da Apple para o usuário descobrir novas músicas. Pode seguir pessoas e ser seguido. A maioria dos artistas vão pedir que você os siga, pode formar círculo de amigos específicos e com número limitado de pessoas, entre outras opções.

14h50: o usuário poderá escutar e comprar uma música que uma pessoa que está na sua lista adicionou, podendo ver todo o conteúdo do álbum e escutar as músicas que quiser. O Ping está disponível a partir de hoje.

14h53: One More Thing: na verdade, one more hobby: Apple TV.

14h55: Jobs diz que a Apple aprendeu que seus usuários querem ver filmes de Hollywood e séries de TV quando quiser. E que isso não pode ser algo complicado. Querem conteúdo em HD (aliás, todo mundo quer), e quer preços reduzidos. Não querem um computador conectado na sua TV. Querem sua TV para entretenimento, e nada mais.

14h57: os usuários querem economia de espaço. Não querem nada sincronizando com o PC. Querem algo silencioso e pequeno. E nem quer pensar se ele existe na sala da TV, só querem ver filmes e séries, e nada mais.

14h59: o que você vê acima é o novo Apple TV. Ele conta com conexões WiFi, HDMI e Ethernet, além do cabo de força. E nada mais.

15h00: o controle remoto do produto é minimalista!

15h02: ele conta com 1/4 de tamanho do Apple TV atual. Conta ainda com saída óptica, e um controle remoto bem simples. Terá apenas conteúdo em HD quando este conteúdo estiver disponível. Todo o conteúdo poderá ser alugado. Nada será vendido, nada será armazenado na HD. Poderá ver conteúdos de seu PC, se você quiser, de modo remoto.

15h03: Filmes a US$ 4,99. Programas de TV a US$ 0,99 por episódio. Fox e ABC serão os primeiros canais a disponibilizar seu conteúdo para o novo Apple TV (e sem publicidades durante os programas). Além disso, NetFlix, YouTube, Flickr e Mobile.me também terão conteúdos para serem acessados pelo Apple TV.

15h06: ele conta agora com uma nova interface, bem mais simples, onde o usuário pode ver o que está sendo mais alugado no momento, e alugar por apenas um clique do controle.

15h11: Preço do novo Apple TV: US$ 99. Estará disponível em 4 semanas, mas sua pré-venda começa hoje. Uma coisa a se observar: Jobs falou muito de vídeos em HD, mas em nenhum momento fala sobre 1080p.

15h13: e isso foi tudo. Novos iPods (Shuffle, Nano e Touch), uma nova iTunes com Ping, iOS 4.1 com Game Center, iOS 4.2, fotos com HDR, e o Apple TV, para os usuários assistirem seus filmes e suas séries.

15h15: tudo começou com música, e tudo termina com música. Chris Martin, do Coldplay, toca suas canções no palco. E a apresentação se encerra.

Fonte

[liveblog] Acompanhe aqui a abertura da WWDC 2010, com Steve Jobs – TargetHD News

by

Dia de liveblog aqui no TargetHD.net. Faremos neste post a cobertura, em tempo real, de todas as informações da abertura da WWDC 2010, com o discurso de Steve Jobs, CEO da Apple. Muitas novidades são esperadas, principalmente o iPhone 4G. Confira conosco tudo o que acontecer em San Francisco, EUA (fonte: Engadget.com)

Para aompanhar este liveblog, acione o F5 de seu navegador em intervalos de 60 segundos.

14h00: Vai começar. É solicitado que celulares e PDAs sejam desligados no recinto.
14h00: São dadas as boas vindas aos presentes. Pergunta: tem alguém aí que ainda usa PDA neste mundo?
14h01: Ao som de What A Wonderful World, Steve Jobs sobe ao palco, e é efusivamente aplaudido.
14h02: Jobs agradece ao público e alguns gritos de “Te amamos, Steve” são ouvidos… isso aí já é coisa de gente exagerada, mas enfim…
14h03: Mais de 5700 pessoas de 57 países vieram para a WWDC 2010. Jobs brinca, pedindo desculpas por aqueles que não puderam vir, dizendo que este foi o maior local que eles puderam encontrar para o evento.
14h04: Ele começa atualizando os dados do iPad, dizendo que a experiência de web, e-mail, fotos, mapas e vídeo está mudando para o usuário com o novo gadget. Que esta é uma nova forma de interagir com a internet, com aplicativos, conteúdos e mídia.
14h05: Fala da experiência de um e-mail que ele recebeu de um rapaz, que diz que uma moça se interessou por ele por causa do iPad.
14h06: Jobs diz que a Apple vende um iPad a cada 3 segundos. Diz que os envios interacionais de iPads começaram.
14h09: Em 19 de junho, o iPad estará em 10 países. Já existem 8.500 aplicativos específicos para o gadget na App Store. São 35 milhões de downloads desses aplicativos.
14h10: Um dos exemplos desses aplicativos é o The Elements. O desenvolvedor ganhou mais no primeiro dia vendendo o The Elements do que nos últimos 5 anos com o Google Ads no Periodictable.com (primeiro jab de direita de Jobs no Google).
14h13: As editoras informam que as vendas estão em 22%. 22% na iBooks. Jobs diz que hoje terá mudanças no sistema, como a inserção de modo de visualização de todos os marcadores e notas. Além disso, visualizador de PDF integrado. Esta melhoria será lançada no fim do mês.
14h15: Jobs fala agora da App Store, e deixa claro que o sistema suporta duas plataformas: HTML5, que é uma plataforma aberta, e a App Store, que é a própria loja de aplicativos (jab de esquerda na Adobe agora).
14h16: São 15 mil envios de aprovação de aplicativos por semana, em 30 idiomas diferentes, para a App Store. 95% dos programas são aprovados em 7 dias.

14h17: Jobs explica as razões dos aplicativos que não são aprovadas: 1) os aplicativos não fazem aquilo que dizem fazer; 2) Usam APIs proprietárias; 3) os aplicativos possuem algum tipo de falha.
14h20: Ele fala sobre o aplicativo do eBay. Uma citação de John Donovan, sobre as vendas do eBay realizadas pelo iPhone. São US$ 600 milhões. Neste momento, Reed Hastings, da Netflix, sobe ao palco.
14h22: É exibida uma demo do serviço da Netflix. Por enquanto, só os EUA podem ter o serviço de filmes e séries pelo iPhone ou iPad. A Netflix ainda pensa em lançar o serviço de aluguel de conteúdo e streaming de filmes e séries online em outros países em breve.
14h23: Jobs volta ao palco, e chama Mark Pincus, da Zygna.

14h24: Farmville chega ao iPhone no final de junho. Chefes de escritório ao redor do mundo começam a se preocupar seriamente com este anúncio. 14h25: Karthik Bala, da Activision, sobe ao palco para falar sobre Guitar Hero.
14h25: Ele diz que a experiência do Guitar Hero para iPhone e iPod Touch é totalmente nova, e que o game virá com canções clássicas do Queen e dos Rolling Stones.
14h27: Os controles serão redesenhados, para que o jogo seja mais fácil de se jogar.

14h28: Guitar Hero já está disponível. Preço: US$ 2,99. Jobs volta ao palco.
14h29: Jobs diz que tem ótimos dados para compartilhar com os presentes. Na semana passada, a Apple ultrapassou os 5 bilhões de downloads totais, e informa que 70% dos lucros são destinados aos desenvolvedores, gerando os US$ 1 bilhão destinados a isso.
14h30: O momento tão esperado: hora de falar de iPhone.
14h31: Jobs diz que há muitas estatísticas, estudos de mercado, pesquisas… diz que algumas são acertadas, outras equivocadas. Ele diz que dados da Nielsen informam que a cota nos EUA de usuários está assim: RIM, com 35%, iPhone com 28%, Windows com 19% e Android com 9% (mais um cruzado de direita de Jobs contra o Google).
14h33: Além disso, ele diz que o iPhone tem 58% do mercado, e o Androi, 22%.
14h34: Começa a falar do iPhone 4. O produto terá mais de 100 características novas, mas que ele só vai falar de 8. A primeira, o design.

14h35: Jobs diz que ele, ao vivo, é uma das coisas mais bonitas já feitas. Cristalino na parte da frente e atrás, com aço ao redor. Ele é 24% mais fino do que o 3GS, fazendo dele o smartphone mais fino do planeta.

14h38: O novo iPhone 4 conta com câmera com LED Flash, o primeiro desde o lançamento. Conta com headsset, microfone adicional, e modo de hibernação. Conta ainda com Bluetooth, WiFi, UMTS, GPS e GSM.
14h40: Jobs afirma que é o menor smartphone do mundo.
14h40: Segundo detalhe: Retina Display. Em cada tela, há pixels. Eles aumentaram a densidade de píxels em 4 vezes, de modo que o texto se torna muito mais nítido. Sua tela tem 326 pixels por polegada.

14h42: Além disso, a Retina Display melhora a qualidade de imagens e vídeo.

14h44: Até a Apple tem o seu momento “Tela Azul da Morte”: iPhone 4 não carregando sites no local do evento. Mensagem de erro no conector dock. Alguém vai morrer hoje em Cupertino. #failapple

14h47: Agora sim, tudo funcionado, e temos uma bela foto em 960 x 640.

14h48: Ele conta com tela de tecnologia IPS, que é um pouco melhor que o OLED, tem 3,5″ de tamanho e um contraste 4x melhor, além da já citada resolução de 960 x 640.
14h50: Os aplicativos serão
vistos melhor com estas configurações. Textos e controles de mídia terão maior resolução. Jobs afirma que teremos a melhor tela do mundo com este iPhone.
14h51: Terceiro ponto: o processador A4, desenvolvido pela equipe da Apple.

14h52: Como o A4 ocupa menos espaço, eles puderam ampliar a bateria e sua autonomia, que agora é de 7 horas no modo 3G, 6 horas de navegação de internet em 3G, 10 horas de internet WiFi, 10 horas de vídeo, 40 horas de música e 300 horas em standby. O HSDPA é quadriband, de 7,2 Mbps.
14h53: Quarto item: hardware. Agora, o iPhone tem um giroscópio.
14h54: Associado à bússola e ao acelerômetro, o gadget contará com  eixos de controle.
14h55: Jobs faz uma demostração na prática de como funcionará.

14h57: Quinta novidade: a câmera do novo iPhone agora é de 5 MP, com um sensor de retro iluminação.
14h58: Além disso, conta com zoom digital de 5x, com zoom por toque e flash LED, além de gravar em HD, ou seja, 720p a 30 FPS.
14h59: iMovie para iPhone. Randy Ubillos sobe no palco para falar desse assunto.

15h01: Faz uma demonstração. Na janela de edição há o tempo indicado na parte de baixo, e as gravações na parte de cima. Os botões estão nas laterais, e você ainda pode adicionar fotos, transições, títulos, etc.

15h04: Além disso, contará com geolocalização automática.

15h05: Jobs volta ao palco e informa que o iMovie para iPhone poderá ser comprado por US$ 4.99.

15h06: Jobs pede para que todos os presentes desliguem seus cartões de rede ou receptores de WiFi. Diz que o fluxo de dados de rede foram os responsáveis pela falha na apresentação (será que alguém morreu lá atrás do palco?).
15h08: Jobs pede para que todos coloquem seus laptops no chão (???). O pessoal do Engadget.com continua firme, por ainda ter o 3G.
15h09: Sexto item: o iPhone OS 4 agora se chama iOS4.
15h10: Jobs relembra das funções de multi-tarefa, informa que adicionou pastas, e outras coisas que não poderão ser explicadas hoje pelo tempo.
15h11: Jobs faz uma demonstração da multi-tarefa, reproduzindo músicas, lendo e-mails, visitando uma página web, e testando se todos desligaram seus dispositivos WiFi. É obviamente uma brincadeira, que é aplaudida pelos presentes.

15h14: Mostra como o e-mail está mais fácil de usar, e como o sistema de criação de pastas está simplificado. Mostra alguns dos avanços que o iOS4 traz.

15h15: Jobs diz que queria chegar mais próximo do público empresarial. Fala de proteção de dados, controle de dispositivos, múltiplas contas Exchange, e para o consumidor comum, além de contar com as buscas do Goolge e do Yahoo!, agora, adicionaram o Bing como buscador do iPhone.



15h18:
A versão “Release Gold” do iOS4 estará disponível hoje para os desenvolvedores. Já o resto do mundo terá que esperar um pouco.
15h18: Sétima novidade: iBooks para o iPhone 4.
15h19: Agora, você pode usar a mesma estante virtual para seus livros, arquivos PDF e loja virtual, direto do seu iPhone.



15h20:
Teremos o iBook para o iPhone, o iPad e iPod Touch. Todo usuário poderá comprar e baixar um livro e comprar o mesmo livro para todos os dispositivos. Ou seja, o livro comprado para o iPad pode ser usado no iPhone e iPod touch,  inclusive sincronizando suas notas e marcações em todos os gadgets.

15h22: iBooks tem a iBookstore, que se somará à iTunes e a App Store. São mais de 150 milhões de contas registradas.
15h23: Oitavo e último item: a iAds.
15h25: Mais uma demonstração de como o sistema de publicidade da Apple funciona.

15h26: Jobs relembra alguns parceiros do projeto: Nissan, Citi, Unilever, AT&T, Chanel, GE, Liberty, Mutual, State Farm, Geico, Campbells, Sears, JC Penny, Target, Best Buy, Direct TV, TBS e Disney.
15h27: Jobs informa um projeto em desenvolvimento com a Nissan, que será usado para o anúncio de seu carro elétrico, o Leaf.

15h30: Jobs diz que, através do iPhone, os interessados poderão comprar o carro Leaf da Nissan, a partir de 01 de julho. O aplicativo estará disponível em todos os aparelhos com iOS4.
15h32: São US$ 60 milhões de dólares já investidos na iAd, que representará 48% do mercado de anúncios móveis no segundo semestre de 2010. Mas isso quem diz é Steve Jobs, ok?
15h33: Jobs contou as suas 8 novidades principais sobre o iPhone 4. Aplausos.
15h34: One More Thing…
15h34: Todo o clima criado. Luzes apagadas…

15h35: Jobs faz uma vídeo chamada com Jony Ive, a mesma pessoa que Jobs conversou no dia do lançamento do primeiro iPhone, em 2007.

15h39: O One More Thing: video chamadas no iPhone.

15h41: FaceTime é a nona novidade. Jobs diz que este é o maior salto que eles deram desde o lançamento do iPhone original.
15h42: O novo iPhone estará disponível nas cores preto e branco. Preços: US$ 199 (16 GB) e US$ 299 (32 GB).

15h44: A AT&T dos EUA tem uma oferta de atualização que, se seu contrato termina em 2010, você pode atualizar para o iPhone 4 até 6 meses antes do término do contrato.
15h45: Com isso, o iPhone 3GS custa agora US$ 99. O iPhone 4 será lançado nos EUA em 24 de junho, além de França, Alemanha, Reino Unido e Japão, com os pedidos de pré-venda já permitidos a partir de agora. Em julho, ele chega para 18 países. E em setembro de 2010, ele deverá estar em 88 países.
15h46: Atualizações do iOS4: para o 3G, nem todas as funcionalidades estarão presentes, tal como no iPod Touch, e a primeira geração destes gadgets não suportarão atualizações. As atualizações serão gratuitas, a partir do dia 21 de junho.

15h52: É exibido um vídeo com detalhes da produção do iPhone 4 e do A4.

15h55: Jobs diz que a Apple não é apenas uma companhia de tecnologia. É mais do que isso. É tecnologia e humanidade. É hardware e software trabalhando juntos. É a solução completa, de forma que não se tem mais que ser integradores de sistemas. Ele agradece à equipe de desenvolvedores que de forma tão árdua trabalharam nestes produtos. Uma lista de nomes aparece no telão, seguido de aplausos.
15h55: Jobs encerra dizendo que “espero que vocês gostem desse nosso novo filhote tanto quanto eu. Muito obrigado”.

E esta foi a nossa cobertura da abertura da WWDC 2010. Nas próximas horas, daremos mais detalhes sobre o lançamento do iPhone 4, com as primeiras fotos oficiais do produto. Agradecemos a todos que acompanharam esta cobertura do TargetHD.net. E fiquem ligados para mais novidades!

LIVEBLOG: Evento Apple para iPhone OS 4

by

Neste post, você vai poder acompanhar (em texto) tudo o que acontecer nos Estados Unidos, durante a coletiva da Apple, para a apresentação do iPhone OS 4. Recomendamos que você, de forma periódica, atualize esta pagina pelo F5 (que vocês já sabem muito bem) para ter as informações atualizadas. E comentem conosco tudo o que estiver rolando na coletiva.

13:58 – Já começam a vir as primeiras notícias direto dos Estados Unidos. Ou das filas dos jornalistas no local do evento.
14:01 – Por enquanto, só música. Aos poucos, a sala da coletiva começa a lotar. Início da coletiva em alguns minutos.
14:04 – Steve Jobs sobe ao palco. Não demorou muito para começar.
14:05 – Jobs agradece a presença de todos. De cara, já fala que a novidade é o iPhone OS 4, mas antes, começa falando do iPad, informando que o tablet da Apple já vendeu 450 mil unidades até hoje.
14:06 – 3,5 milhões de aplicativos para iPad foram baixados até hoje. Jobs confirma o número de 300 mil unidades do iPad vendidos no primeiro dia. Best Buy teve seu estoque esgotado, e a iBooks já tem mais de 600 mil downoads.
14:08 – Fim de informações sobre o iPad. Agora, sobre a App Store. Jobs diz que os usuários baixaram, até hoje, na loja de aplicativos, mais de 4 bilhões de aplicações. Estão disponíveis 185 mil aplicativos na loja.
14:08 – Jobs começa a  mostrar aplicativos em vídeo. Informa que a Marvel tem um leitor de gibis eletrônicos fantástico, que existem aplicativos para previsões do tempo, aplicativos para acompanhar o baseball da MLB, aplicativo para o IMDB… Jobs usa as palavras fantástico e estupendo por diversas vezes.
14:12 – Agora, o iPhone. Eles venceram nos últimos 3 anos (e em 2010) o prêmio JD Power. Começa a falar do mercado dos navegaodre móveis. Diz que o iPhone tem 64% do mercado. É anunciado então o iPhone OS 4. O preview para desenvolvedores já está disponível hoje.
14:14 – São mais de 1.500 APIs no iPhone OS 4. Os desenvolvedores terão acesso à itens como calendário, biblioteca fotográfica, quicklook, entre outros. É falado do Accelerate, que é um novo framework para acelerar as funções matemáticas via hardware.
14:16 – Existem mais de 100 novas caracerísticas para o usuário. Criação de listas de reprodução, zoom digital 5x, foco para toque em vídeo, geotagging, troca da tela inicial, teclados Bluetooth, corretor ortográfico, entre outros.
14:18 – Jobs fala da primeira e mais importante nova função: a multitarefa no iPhone. Ele mesmo diz que não foram os primeiros a implantar isso (que óbvio, não Jobs?), mas afirma que farão melhores que os outros. Diz que é muito fácil implantar o multitarefa em um smartphone e acabar com a bateria dele, além de deixar o sistema lento. Se não faz direito, o aparelho pode ficar absurdamente vagaroso. Jobs afirma ter encontrado a forma de implementar um sistema multitarefa para aplicaivos de terceiros e evitar todos estes problemas, e este é o motivo pelo qual eles levaram tanto tempo.
14:20 – Jobs começa a demonstração da multitarefa
14:22 – Scott Forstall sobe ao palco para explicar como eles implementaram o multitarefa, mantendo a bateria e o rendimento intactos.
14:23 – Scott informa que eles ofereceram 7 serviços multitarefa com APIs aos desenvolvedores. Usam como o exemplo o Pandora. Diz que, até agora, se você deixava o aplicativo para ir para outro, a música parava. Agora não: o Pandora segue reproduzindo a música de fundo enquanto você muda de aplicativo. Scott diz que não é exagero nenhum dizer que o iPhone mudou o futuro do Pandora. Hoje, eles contam com 30 mil novos ouvintes por dia pelo iPhone. Mais demonstrações com o Pandora.
14:26 – Você pode ir direto para a loja do iTunes a partir do Pandora, enquanto ele executa alguma música, para comprar a música executada.
14:27 – Agora, o VoIP. Quando se fala pelo Skype, pode se trocar de aplicativo e ver uma barra de status. Quando está funcionando em segundo plano, poderá seguir recebendo chamadas.
14:30 – David POnsfor, do Skype, sobe ao palco, e informa que hoje eles contam com 500 milhões de usuários, e que o iPhone OS 4 faz com que o Skype seja apresentado ao consumidor de forma mais fácil. Até hoje, sair do aplicativo significa fim da conexão. Agora, é possível deixá-lo em segundo plano, para seguir recebendo chamadas. Mais demonstrações, com uma chamada feita no palco.
14:31 – Scott volta ao palco. Fala agora do posicionamento em segundo plano. Há dois tipos de aplicativos que podem ser usados, como o TomTom. É possível deixar o posicionamento de GPS em segundo plano, enquanto você escuta música.
14:32 – O GPS usa bastante eletricidade, mas isso é algo aceitável. Mas existe outros tipos de aplicativos que podem obter sua localização, como as redes sociais. Para estes aplicativos, serão usadas as torres de telefonia móvel. E já que o celular está o tempo todo conectado às torres, é dessa forma que as redes sociais saberão quando você se deslocar.
14:34 – A Apple se preocupa muito com a privacidade, e eles levam este aspecto mais além com o iPhone OS 4. Eles vão adicionar um indicador na barra de status paras saber se alguém quer saber de seu status, e várias opções para o usuário ativar ou desativar, e mostrar se alguém pediu sua posição em 24 horas.
14:35 – Falando agora das notificações push. São muito populares. Em 9 meses, eles mandaram mais de 10 bilhões de notificações. Scott explica agora como as mensagens push são enviadas a partir dos servidores da Apple.
14:36 – Agora, você pode fazer uploads de fotos.
14:37 – Jobs no palco. Também é possível abandonar um aplicativo, e continuar executando este mesmo aplicativo mais tarde, partindo do mesmo ponto que você executou antes (a Microsoft não tinha pensado nisso antes, com o Windows Phone 7?).
14:38 – Jobes agora começa a falar do recurso Folder. Digamos que você queira criar uma pasta, com jogos dentro. Com um simples movimento de arrastar de um local a outro o aplicativo, você pode criar uma pasta, podendo nomeá-la automaticamente. Você pode arrastar a pasta para onde quiser, colcoar quantos aplicativos quiser, podendo colcoar até uma pasta na área de dock.
14:40 – Outra coisa a se falar é a tela principal, e a capacidade de se mudar o fundo da tela. Sem dúvida, esta é a demo mais inesperada de todas. Fim das pastas, por enquanto.
14:41 – Antes, você poderia ver 180 aplicativos no iPhone. Agora, são mais de 2 mil.
14:42 – Terceiro item: cliente de e-mail melhorado. Agora, a caixa de entrada de e-mails é unificada, você pode ter mais de uma conta Exchange cadastrada, caso você queira priorizar uma determinada conta, há um sistema de trocas rápidas de contas. além disso, ele também tem a opção de organizar os e-mails por categorias.
14:43 – Quarto item: iBooks no iPhone OS 4. Eles acreditam que os usuários realmente vão gostar de ler livros no iPhone. Além disso, você poderá comprar seus livros uma vez, e ler os mesmo em qualquer lugar, podendo sincronizar livros estre as plataformas.
14:45 – Scott volta. Diz que tem novas funções para empresas, começando com uma melhor proteção de dados. Além disso, há o controle para dispositivos portáteis, distribuição de aplicativos sem fio, múltiplas contas Exchange, Exchange Server 2010 e novas opções VPN.
14:48 – Agora, o Game Center. É um preview para desenvolvedores do OS 4. Os jogos são muito populares, são mais de 50 mil títulos na App Store. Apresenta o Social Gaming Network, que é uma espécie de rede social com jogos. Algo como o Xbox Live, mas para o iPhone.
14:49 – Steve volta ao palco, informando que tudo isso estará disponível aos usuá
ri
os ainda em 2010.
14:50 – Mais novidades: o iAd, que é uma plataforma de publicicdade móvel. Jobs diz que eles contam com vários aplicativos gratuitos ou com preços razoáveis. Isso é bom, mas informa que os desenvolvedores precisam encontrar uma forma de ganhar dinheiro. uma vez que eles estão colocando publicidade nos aplicativos, e a maioria consegue ter resultados pouco interessantes (um certo desconforto com esta declaração).
14:52 – Jobs diz que um usuário médio gasta 30 minutos por dia usando seus aplicativos. Se você quiser colocar um anúncio a cada 3 minutos, isso será 10 anúncios por dia. OU 1 bilhão de oportunidades de anúncios por dia.
14:53 – Jobs vê isso como uma oportunidade muito séria, e com uma base de usuários incrível. mas eles querem melhorar isso, mudando a qualidade dos anúncios. Uma vez que o iAd está no iPhone OS, eles pensaram em como fazer uma propaganda interativa e com conteúdo de vídeo, sem deixar o aplicativo. Diz Jobs que é bem fácil de implementar, e uma vez feito, a Apple venderá e abrigará os anúncios, dividindo o dinheiro em 60/40.
14:55 – Demonstrações com algumas marcas fictícias de como o sistema funciona. Aparece um anúncio de Toy Story 3, e Jobs disse que já viu o filme, em tom de brincadeira.
14:58 – Jobs fala do game Toy Story Mania, onde você pode comprar diretamente do anúncio criado, dentro do próprio aplicativo.
14:59 – Jobs agora mostra um anúncio do Nike Air Jordan, com vídeo incluso na propaganda. Também temos o Nike ID, onde o usuário pode cirar o seu próprio tênis, a partir do aplicativo.
15:01 – Agora, Jobs mostra uma aplicativo para a rede de lojas Target. No aplicativo, você pode decorar seu próprio quarto. Basicamente, o iAd são anúncios que são aplicativos, dentro de aplicativos.
15:03 – Recapitulando: multitarefa, folders, e-mail melhorado, iBooks, funçõe corporativas, games e iAd. E estes são as 7 principais das 100 novas funções.
15:05 – Tudo isso estará disponível para os usuários do iPhone ou iPod Touch neste verão (do hemisfério norte). O 3GS e iPod Touch de 3ª Geração. Para o iPhone 3G e iPod Touch de segunda geração, haverá muitas coisas que funcionarão, e outras que não, como o multitarefa.
15:06 – O iPhone OS 4 para iPad estará disponível no outono.
15:06 – Momento de perguntas e respostas, com Steve Jobs, Phil Schiller e Scott Forstall no palco.
15:09 – Perguntado que, uma vez que o multitarfa vai aumentar o consumo de dados, e como que eles acreditam que a AT&T vai responder à isso, Jobs diz que esta não é uma associação correta a se fazer.
15:10 – Perguntado novamente sobre o consumo do Pandora, Jobs reforça que o jornalista está errado, e que ele não consome tanto volume de dados assim.

15:11
– Chega ao fim o evento de apresentação do iPhone OS 4 da Apple, e o fim deste liveblog. Agradeçemos a todos que acompanharam este liveblog e mais novidades ao longo do dia, ou no TargetHD Podcast.

MWC 2010 | Tudo o que rolou na conferência da Samsung, na Mobile World Congress 2010 #mwc2010

by

Esta é a primeira grande conferência da Mobile World Congress 2010, e uma das mais esperadas. A Samsung nos últimos dias alimentou a mídia especializadade rumores sobre novos aparelhos com o seu novo sistema, o Bada. Veja abaixo o que eles apresentaram em Barcelona. Faço aqui um resumo de todas as informações obtidas pelo site Engadget.com.

A conferência começou com um certo atraso, e com o pedido de desculpas por isso de Jake Humpry. Ele dá boas vindas a todos os presentes, para o evento Samsung Unpacked. De fato, a Samsung se adiantou (e saltou à frente dos concorrentes, uma vez que a MWC 2010 só começa com a apresentação da Microsoft). Jake então chama o chefe da Samsung Mobile, JK Shin.

Shin faz uma recapitulação do ano de 2009, informando que a parte de dispositivos móveis da Samsung cresceu 16% no ano passado, e informam que são hoje a empresa número 1 em dispositivos móveis com tela touch. Fala do rápido desenvolvimento da tecnologia , de que as pessoas não querem apenas celulares para falar com as pessoas, e que estamos na era dos telefones inteligentes (smartphones).

Começam a falar do Bada, sistema operacional móvel da empresa, lançado no final do ano passado. Shin diz que o Bada é chave para os planos da empresa, pois oferece flexibilidade aos desenvolvedores, uma nova experiência para os consumidores e simplicidade para as operadoras. Isso mostra que a Samsung está vindo para o ataque, e com força, para disputar com os maiores rivais no setor de telefonia móvel.

Com o Bada, a Samsung pretende democratizar o uso do smartphone entre as pessoas. Shin se despede e cede seu lugar para dançarinas que ficam dançando um bom tempo (bailarinas para apresentar novos produtos de tecnologia… NICE!).

Depois de tanta dança e música, o pessoal da Samsung se lembrou que era um evento de tecnologia, e anunciou que iria começar a apresentar os novos produtos da empresa. Começando pelo Samsung Wave, que já estava sendo especulado nos últimos dias. Conforme dito anteriormente, ele é um aparelho com tela Super AMOLED, Samsung Apps e “hub social” integrado. O aparelho possui um processador de 1 GHz, mas nada foi dito se ele era um Snapdragon ou não. A tela Super AMOLED usa um painel com sensor touch integrado. É mais fina e brilhante, e permite que o corpo do celular esteja em uma única estrutura. Possui chassi de alumínio e TouchWiz 3.0.

A integração com as redes sociais passa a ser mais limpa e estilizada no Samsung Wave.

O Social Hub do Samsung Wave integra a lista de contatos do aparelho com todo o histórico relacionado à aquele contato buscado, como página de Facebook, mensagens recebidas e enviadas, tweets, etc. Com um único clique, você tem todas as informações nas mãos, sem maiores complicações.

Você também pode buscar fotos agrupadas por contatos, quando se toca em um desses contatos. Deste modo, você não precisa mais ficar procurando em álbuns completos para encontrar uma foto de uma determinada pessoa. Também é possível uma integração com calendários, com opção de compartilhamento com os serviços do Yahoo.

O Wave possui suporte para o Flash, através do próprio Bada. Seus aplicativos, segundo a Samsung, serão mais profundos e ricos em detalhes.

Haverá várias modalidades de pagamento na loja de aplicativos do Bada, nos mais de 50 países em que os aplicativos estarão disponíveis. E mais dança para os presentes (a Samsung gosta de umas dançarinas, não?).

E isso é tudo. A conferência da Samsung se resumiu ao Bada mesmo. Ainda hoje, você terá mias detalhes sobre este aparelho. Continue seguindo nossa cobertura da Mobile World Congress aqui, no TargetHD.net.

Fonte

CES 2010 | Tudo o que aconteceu na apresentação da Dell na #ces2010

by

Esta apresentação todo mundo gostaria de participar. Afinal, foi no Palms Casino de Las Vegas, o mais luxuoso da cidade.

Antes da apresentação, algumas informações eram recapituladas para os presentes, através de Michael Tatelman, da Dell. Ele diz que neste envento, eles irão mostrar designs e características que se podem esperar de um consumidor de produtos Dell. Lembram que no ano passado, eles mostraram o Dell Adamo e que este ano, vão mostrar produtos que já estão a venda, e outros que chegarão no futuro. Hoje, a Dell é mais global do que nunca, sendo a número 1 na Arábia Saudita, Índia e vários outros países do Oriente Médio. Na China, eles cresceram mais de dois dígitos percentuais. Hoje, eles vão falar sobre mobilidade e novas tecnologias.

Lembra que há muitos produtos Core i7 já disponíveis, e esperam lançar nos próximos outros mais alguns. Informa que seus novos portáteis incluem uma tela de alta definição, e aceleradores de alta definição, permitindo exibição de conteúdo HD sem maiores problemas, seja da internet, YouTube, arquivos de vídeo, entre outros. Mostram então o Inspiron Mini 10.

Também serão vistos muitos acessórios para estes produtos, como uma barra de som para ser montada na parte superior da tela dos portáteis. Lembra que, no ano passado, mostrou o portátil para jogos mais rápido do mercado, o M15x. A ideia da empresa e se globalizar, e, para isso, a Dell assumiu a marca Alienware em 15 países. Anunciam o lançamento do Alienware M11x, com uma excelente tela de 11,6 polegadas.

O Alienware M11x usa uma CPU de baixa velocidade, porém um processador gráfico muito avançado, além de permitir intercambiar gráficos, e trabalhando com aplicações de escritório, a bateria dura por 6,5 horas. No modo de jogos, o netbook se adapta para rodar os jogos mais modernos e exigentes, podendo rodar games como Crisis na definição Full.

Ele chega para venda na primavera do hemisfério norte, por um preço de menos de US$ 1.000. O assunto agora são os telefones.

Nem sempre podemos ter um computador em nossas mãos. Informa que o produto a ser apresentado é um produto novo, mas não sairá a venda, mas pode ser comprado aos computadores Slate. E então, mostra um produto um pouco maior do que um smartphone. Avisa que vai falar mais sobre este produto no futuro. Aproveitaram e anunciam que o Dell Mini 3i estará disponível nos Estados Unidos pela AT&T.

E, com isso, a apresentação se encerra.

Minhas impressões:

A Dell deixou um mar de perguntas sem resposta. Nada de monitores grandes, uma apresentação sem muitas coisas a serem reveladas, apenas o anúncio do novo netbook de Alienware e de um novo produto destinado à mobilidade (e olha que não estou falando do Dell Mini 3i). Será que a Dell está escondendo o jogo para a Mobile World Congress? Ou não teve mesmo muito o que falar neste keynote. Tudo muito estranho e pouco inspirador. Vamos esperar pra ver. Afinal de contas, eles estão com uma parceria com o Android, o que não é pouca coisa.

Fonte

CES 2010 | Tudo o que aconteceu na apresentação da Palm na #ces2010

by

O evento começa com Jon Rubinstein no palco.

Ele começa dizendo que a Palm lançou um dos produtos mais importantes do ano de 2009, o Palm Pre. Afirmam que, com o design do WebOS, eles apostam totalmente na web, e a experiência da web está no coração de tudo o que a Palm faz hoje. WebOS é o que eles fazem, e é isso que eles amam fazer. Já foram mais de 85 mil downloads do SDK do WebOS, e o sistema está em mais de 108 países. Hoje, o programa de desenvolvimento está aberto a todos.

Fala da integração com o Synergy, fazendo com que o usuário não perca nada, uma vez que usa a nuvem para salvar seus dados. Em novembro, lançaram o Pixi, que é o celular mais fino do mercado.

Eles sabem que as pessoas gostam de opções, por isso, os designers da Palm oferecem diferentes designs para seus compradores. O design do Pixi é exclusivo, e foram vendidas poucas unidades.

Falaram também do Touchstone, o carregador sem fio de baterias. Falam que o Touchstone é mais do que um carregador; é um estilo de vida. Lembra também a importância de seus parceiros comerciais: Sprint, Bell, O2, Movistar e Telcel.

O Palm Pre pode ser adquirido em 7 países do mundo. São mostradas imagens do México, Espanha, Londres, entre outros. Enfatizam que não há nada tão importante como conseguir um bom sócio, falando das operadoras. Informam que, no evento, vão anunciar um novo sócio na Europa.

Este novo parceiro é a francesa SFR.

Os modelos Pre e Pixi da Palm serão vendidos pela SFR no verão do hemisfério norte. Jean-Marc Tassetto, da SFR, sobe ao palco. Falam que a SFR é uma companhia da Vivendi e Vodafone, com 20 milhões de clientes móveis. Isso é a metade da população francesa no setor de telefonia. Atualmente, estão instalando cabos de fibra ótica para oferecer internet aos lares franceses. 10 milhões de clientes da SFR possuem telefones móveis, e iniciaram negociações em Cupertino (Apple), mas encerraram as negociações e resolveram ficar com a Palm.

Jean-Marc acredita que eles e a Palm possuem a mesma filosofia: no fim do dia, não importa muito vender aparelhos ou planos de conexão. O que importa é a experiência. A SFR possui mais de 80 mil lojas, e podem oferecer à Palm um mercado forte, esperando que, junto com a Palm, seja a melhor da França.

Sobe ao palco Katie Mitic. Ela vai falar do desenvolvimento de aplicativos e dos produtos Palm. Agora, qualquer desenvolvedor pode enviar seu aplicativo para a Palm para ser lançado em qualquer um de seus 7 mercados. A Palm dará liberdade de opções aos seus desenvolvedores.

Ela diz que o programa de desenvolvedores da Palm ajudará a empresa a crescer ainda mais, e agradece aos desenvolvedores domésticos, porque eles agora passam a ter suporte da Palm.

Falando do WebOS, explica que todas as aplicações acontecem ao mesmo tempo, compartilhando informação e conteúdo.

Esta liberdade implica que a distribuição de aplicativos será mais sensível. A base de dados será aberta, para todos, desenvolvedores e comunidade web. Querem deixar todas as opções para que os desenvolvedores possam criar soluções e produtos da melhor maneira possível.

Ela mostra a página www.projectappetite.com e como funcionam as aplicações.

Anunciado o Hot Apps Bonus Program, para premiar os melhores desenvolvedores.

Os desenvolvedores precisam de mais oportunidades para criar aplicativos com o conteúdo multimídia. Por isso, eles anunciam o PDK, que é um pacote de desenvolvimento voltado para os plugins.

O foco da Palm para 2010 também são os jogos 3D. Para isso, possuem grandes sócios para o desenvolvimento de grandes jogos para o WebOS. Games como Need For Speed, Sims, Scrabble, entre outros, já estão disponíveis a partir de hoje.

Começam agora a falar da EA, que é muito conhecida no mundo dos games. Travis Boatman, vice-presidente da EA, sobe ao palco. Começa dizendo que o SDK do Palm oferece um acelerômetro excelente, de funcionamento excelente e muito fácil de usar, permitindo que, em poucas semanas, eles pudessem escrever grandes jogos, como o The Sims 3.

É feita uma demonstração do The Sims 3 no palco.

Need For Speed também é demonstrado ao vivo. O jogo funciona em Full 3D em tempo real, com um excelente framerate.

Mitic volta ao palco, dizendo que há mais novidades para serem contadas. Chama ao palco Paul Cousineau, diretor de marketing. Paul começa dizendo que quer falar de uma opção muito importante, que todos vão gostar: gravação de vídeo. Vai mostrar como gravar, editar e
compartilhar vídeos com o WebOS.

A edição de vídeo parece ser um processo bem simples. Para compartilhar, basta um comando para que ele possa fazer o upload do vídeo para o YouTube, Facebook, ou enviar uma mensagem. Paul fez o upload, no palco, em segundos, sem nenhum problema.

Enquanto Paul jogava The Sims 3, ele recebe uma mensagem de texto, mostrando que pode se ter mais de uma tarefa ativa ao mesmo tempo.

Um trailer de Avatar é exibido na tela do Palm Pre, via Yahoo! Vídeos.

Enquanto é processado um upload, ele acessa o Facbeook. Por fim, Paul fala da atualização de software para gravação de vídeo.

Mitic volta ao palco. Ela fala que melhoraram a bateria dos seus produtos, assim como o Synergy, com simples atualizações. Todos receberão estas atualizações em fevereiro, e os anúncios feitos na apresentação são parte do compromisso com os consumidores.

Jon volta ao palco. São anunciados dois produtos novos. O primeiro é o Pre Plus, que não tem botão de navegação, tem 16 GB de memória flash e está pronto para o Touchstone.

O segundo é o Pixi Plus, que tem suporte a WiFi, e é considerado pela Palm a melhor opção para trocar seu celular para um smartphone. Também funciona com o Touchstone.

Tanto o Pre Plus quanto o Pixi Plus estarão disponíveis com a Verizon. O CEO da Verizon aparece no telão, dizendo que estão muito empolgados por este lançamento, e anuncia que em 25 de junho, os clientes Verizon Wireless poderão comprar os dois produtos, que contam com a função de hotspot sem fio. Quanto vão custar? Não informaram, só vão dizer em uma data próxima ao seu lançamento.

Jon volta ao palco, para recapitular tudo o que foi apresentado: SFR, SDK, Pre e Pixi Plus, games em 3D. Informa que o WebOS 1.4 estará disponível em fevereiro, que o Flash 10 estará disponível em breve, e que o Pre Plus e o Pixi Plus são os aparelhos mais avançados que a Palm já criou.

Encerra convidando os presentes para um coquetel no lounge, e afirmando que, em 2009, eles haviam dito que a Palm havia voltado. Em 2010, demonstraram isso. Prometeram continuar surpreendendo a todos. E fim de apresentação.

Minhas impressões:

A Palm fez o que tinha que fazer. Abriu as fronteiras, comportas, portas, janelas e derivados para conseguir um maior número de aplicativos para seus aparelhos com WebOS. Eu, particularmente, não diria que tenho apenas 80 mil desenvolvedores para seu sistema, pois sabemos que seus concorrentes diretos já possuem muito mais. Fez novas parcerias, se uniu à Verizon, até lançou dois novos aparelhos, coisa que eu particularmente, não esperava que viesse. Talvez o grande problema da Palm seja atuar com seu produto mais forte em apenas 7 países. Tanto que a maior parte do mundo conectado, que elogiava muito o Palm Pre quando foi lançado, desencanou por completo deste lançamento ao longo dos meses. Esperamos que a Palm, aos poucos, se recupere mesmo, e mude esta filosofia de apenas 7 mercados internacionais.

Fonte