TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Sites e serviços que os pais devem bloquear o acesso dos seus filhos | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Sites e serviços que os pais devem bloquear o acesso dos seus filhos

Sites e serviços que os pais devem bloquear o acesso dos seus filhos

Compartilhe

O problema nunca foi a internet, mas sim a forma em como as pessoas a utilizam.

É preciso parar de criminalizar a internet, e começar a penalizar os pais que deixam os seus filhos acessar qualquer tipo de conteúdo na web. Essa irresponsabilidade por parte dos adultos resulta em um uso desenfreado e indiscriminado da rede mundial de computadores por parte das crianças.

Nós do TargetHD.net queremos contribuir positivamente para a questão. Neste post, mostramos uma lista com pelo menos cinco dos sites mais conhecidos da internet cujo acesso deve ser evitado para as crianças, pelos mais diferentes motivos.

 

 

 

4Chan

Em teoria, o 4Chan é um painel de anúncios baseado nas imagens. Algo aparentemente inofensivo, certo? Pois é… este é o típico caso onde as aparências enganam. E muito.

Na prática, o site possui uma coleção de escândalos em suas costas. A plataforma é conhecida por permitir que seus usuários publiquem conteúdos sumariamente racistas, vazamento de fotos de celebridades em situações íntimas, um elevado conteúdo violento e a pornografia infantil, entre outros temas.

Diante disso, eu nem preciso dizer que este é, talvez, o primeiro site que você deve bloquear antes de permitir que seu filho acesse a internet em qualquer dispositivo conectado.

 

 

 

Snapchat

Muitos vão dizer que essa lista não é justa por incluir o Snapchat, mas o objetivo principal deste post é proteger os menores de conteúdos nocivos ou ofensivos na internet. E ter este aplicativo instalado no smartphone não ajuda os pais a cumprir com essa missão.

O aplicativo permite que os usuários publiquem fotos e vídeos que vão desaparecer da plataforma tão logo ele seja visualizado. Em teoria, menores de 13 anos não podem usar o Snapchat, mas sem verificação etária fica difícil cumprir essa proibição em 100%.

Além disso, é claro que existem formas de salvar as fotos e vídeos publicados no Snapchat, e muitos usuários acabam utilizando o serviço para publicar conteúdos explícitos. Ou seja, procure manter o seu filho longe dele.

 

 

 

Kik

O Kik é outro aplicativo de mensagem anônima, onde qualquer pessoa pode mandar uma mensagem para outra, incluindo em formato de SPAM. Ou seja, pela inconveniência que ele pode gerar, é conveniente bloquear o acesso do seu filho a ele.

 

 

 

Holla

O Holla é um aplicativo de chamadas de vídeo aleatórias que tem como principal objetivo fazer com que pessoas diferentes se conheçam. É possível conectar o serviço ao Facebook através do número de telefone ou conta Google, e isso permite que qualquer menor acabe participando da plataforma sem maiores problemas.

O grande problema do Holla é que o menor pode se deparar com os diferentes chats criados pelos produtores de conteúdo, e gravar a tela de um telefone ou computador não é algo complicado de se fazer.

 

 

 

YikYak

O YikYak é outro site que não precisa de registrou ou conta para entrar, e permite que o usuário publique qualquer tipo de comentário nos conteúdos ali publicados. Você pode interagir com as 500 pessoa mais próximas em um raio de até 8 km de distância.

O app está causando problemas, com denúncias de calúnias, insultos e violações de privacidade. O anonimato do serviço ajuda no processo, e o fato de serem pessoas próximas pode resultar em problemas mais sérios, incluindo é claro os crimes de lesão corporal.


Compartilhe