Eu precisava ter uma maior produtividade nas jornadas diárias, e apesar de adorar o meu Acer Chromebook, eu reconheço que o Chrome OS não é a melhor solução para produtividade pesada, como edição de vídeos e áudio. Para isso, uso o meu notebook Dell Latitude E5250, que entrega o desempenho e a produtividade que eu preciso.

Porém, esse é um notebook com uma bateria com autonomia de, no máximo, três horas de duração. Não é o ideal para quem precisa trabalhar com o portátil em qualquer lugar. Eu precisava de uma solução que estendesse a autonomia de bateria para essas e outras tarefas.

Pesquisando na internet, eu encontrei o Dell Companion, uma powerbank para os notebooks da empresa. Com 12.000 mAh, ele pode recarregar a bateria do notebook e outros gadgets via porta USB, ou seja, um produto versátil para diferentes finalidades.

Nesse review, relato a minha experiência de uso com o produto, apresentando suas principais características, e detectando seu o produto efetivamente atende as necessidades daqueles que precisam ter um pouco mais de tempo de funcionamento do notebook.

 

 

O Dell Companion é um pouco maior que o adaptador da fonte do meu Latitude E5250, ou seja, é um produto relativamente portátil para a maioria dos usuários. Carregando o acessório na mochila ou na bolsa, você não sente tanto o seu peso nas jornadas diárias. Isso é fundamental para que se cumpra os aspectos de portabilidade que eu precisava.

É um produto simples e direto nas suas configurações. Ele conta com um conector principal, que conecta o cabo que por sua vez se conecta à entrada de energia do notebook. O kit de venda do produto conta com dois cabos para conectar aos diferentes modelos de notebooks da Dell.

 

 

Ao lado desse conector, temos duas portas USB, que podem carregar gadgets de diferentes categorias, como smartphones e tablets. A bateria não possui recurso de recarga rápida, mas pode salvar a sua vida se você precisa recarregar o seu smarphone e não possui uma tomada por perto ou outra powerbank para os dispositivos móveis.

Ao lado das duas portas USB, você tem duas entradas de energia, também compatíveis com os diferentes notebooks da Dell, já que é pelo adaptador de energia do notebook que a bateria da powerbank Dell Companion será recarregada. Ao seu lado, um botão com LEDs indicadores mostram a quantidade de bateria armazenada no acessório.

Seu funcionamento é relativamente simples. Primeiro, conecte o cabo adaptador na bateria e, na outra extremidade, na entrada de energia do notebook. Quando isso acontece, o seu notebook automaticamente identifica que o mesmo está em processo de recarga, como se o mesmo estivesse em uma tomada.

 

 

Se você quiser, você pode conectar o adaptador de energia do notebook para recarregar o powerbank, com o notebook em uso ou não. Os LEDs indicadores mostram o quanto de energia está disponível na bateria portátil.

Na prática, o Dell Companion funciona, mas não como o esperado. Os 12.000 mAh oferece no máximo 90% de recarga da bateria interna do notebook enquanto em uso, o que garante mais duas hora e meia de uso durante a recarga, e outras duas horas e meia de uso sem o powerbank. Eu esperava mais ciclos de recarga (pelo menos dois completos), mas não é o que acontece.

Em compensação, somando todos os ciclos de recarga, eu consigo pelo menos 8 horas de trabalho longe da tomada, o que é bem melhor do que as míseras 3 horas nativas do portátil. Convenhamos, na hora do apuro, é melhor do que nada.

 

 

Por isso, mesmo com esse inconveniente pontual (por assim dizer), o Dell Companion está aprovado. Ele cumpre o que promete, recarregando os notebooks da Dell em quase a sua totalidade, oferecendo horas adicionais de uso. Era o que eu queria. Não posso reclamar muito disso.

Talvez o preço oficial sugerido do acessório não seja dos mais convidativos (na casa dos R$ 500) e, por conta disso, entendo que a relação custo-benefício poderia ser um pouco melhor. Mas não é um acessório que abriria mão para a minha rotina diária de trabalho.

 

 

Review em Vídeo