TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Resolvendo a lentidão do Google Chrome | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Resolvendo a lentidão do Google Chrome

Resolvendo a lentidão do Google Chrome

Compartilhe

O Google Chrome, definitivamente, não é para os fracos.

O navegador web mais popular da internet é, também, um histórico devorador de recursos de qualquer equipamento informático. E, para muita gente que usa o Chrome, ele é lento. Arrastado. Uma âncora.

Não por acaso muitos acabaram adotando o Edge como o seu navegador web principal, mas nem todos podem se dar ao luxo de realizar essa troca. Por isso, vamos mostrar neste post o que ainda dá para fazer para tentar resolver o problema da lentidão do Google Chrome.

 

 

 

Revise o consumo de memória com o Administrador de Arquivos

O Google Chrome tem um Administrador de Tarefas próprio, que mostra os processos que estão em execução nele em tempo real. Dessa forma, você fica sabendo se uma de suas 87 abas abertas está consumindo recursos demais.

Para abrir o Administrador de Tarefas do Google Chrome, faça o seguinte:

Clique no menu de três pontos localizado no canto superior direito do navegador e, no menu que vai aparecer, clique em Mais Ferramentas.

Uma nova janela mostra o consumo de recursos das extensões e abas presentes no Chrome, e assim você pode determinar o que está resultando no elevado consumo de recursos.

Se você identificar algo anormal entre as abas e as extensões em funcionamento, você pode finalizar o processo em questão, e verificar se a velocidade do navegador melhor.

Realizadas as modificações, clique em Reiniciar Agora para efetivar as decisões tomadas.

 

 

 

Trabalhe com a aceleração de hardware

Se o seu computador permitir, você pode acelerar o hardware para que ele trabalhe em função do Chrome, otimizando o uso feito da unidade gráfica do equipamento para a execução das tarefas no navegador web.

Não é uma dica válida para todo mundo, já que os usuários com um hardware mais restrito ou que não contam com uma placa gráfica dedicada serão seriamente prejudicados com esse maior consumo de recursos.

Porém, para os usuários que contam com recursos suficientes no equipamento, podem pelo menos se permitir a tentar essa iniciativa.

Faça o seguinte:

 

  1. Abra o Google Chrome, e entre em Configurações > Ajustes.
  2. Depois, selecione o item Configurações Avançadas, e procure por Sistema.
  3. Uma das opções disponíveis responde pelo nome “Utilizar aceleração por hardware quando disponível”. Então, ative essa opção, mudando a chave seletora para ON.

 

 

 

Dica final: use o senso comum

Os conselhos desse post podem ajudar a amenizar os efeitos do consumo exagerado de recursos de hardware que o Google Chrome sempre teve. Porém, não vão fazer milagres se você não usar o bom senso.

Ajuda (e muito) se você evitar usar aplicativos web que são considerados bem pesados em plataformas muito populares, como Discord, Slack, Spotify e WhatsApp por suas respectivas versões com PWA, que estão devidamente otimizados para trabalhar com o Windows e, ao mesmo tempo, “driblam” o Google Chrome, reduzindo assim o consumo de recursos.

Eu poderia indicar também o uso de extensões do Google Chrome que deixam em modo de suspensão as abas que estão abertas em segundo plano, pois isso é algo que ajuda (e muito) na redução de recursos do navegador.

Porém, o próprio Google Chrome tem essa função ativa, e não sou eu que vou recomendar uma extensão que possa fazer isso de forma eficiente. Faça a sua pesquisa na loja oficial do Chrome. Com certeza você vai encontrar ótimas soluções disponíveis por lá.


Compartilhe