A Intel apresentou na Computex 2018 a sua versão do conceito de notebooks com duas telas, seguindo os passos da Lenovo e da ASUS.

Foram apresentados dois protótipos com o mesmo conceito. De certo modo, os notebooks lembram um livro, com duas telas unidas por uma dobradiça. Nas telas vemos um sistema Windows 10 com interface adaptada para as telas sensíveis ao toque.

 

 

O protótipo Tiger Rapids combina uma tela touch com tela de tinta eletrônica. Tem espessura de 4.85 mm, processador Kaby Lake (isso pode mudar mais adiante), SSD como armazenamento e conectividade WiFi. Não possui slot de expansão e apenas uma porta USB Type-C para recarga de bateria e transmissão de dados.

 

 

O segundo dispositivo não tem nome revelado, e possui duas telas com uma dobradiça, permitindo o uso em modo notebook, com a tela inferior com um teclado touch e a superior exibindo o Windows na interface clássica.

Esse formato de computador está virando tendência, mas olhando para a queda livre dos tablets, não parece que as empresas terão vida fácil para convencer os consumidores que essa proposta vale a pena.

De novo, o tempo vai ser o senhor da razão. De novo.

 

Via The Inquirer e MuyPymes