Estas estruturas metálicas são pequenos artefatos planos impressos em 3D, com um material flexível e magnético, que podem ser controlados ‘remotamente’ através de campos eletromagnéticos para realizar movimentos.

São elementos que se movem à distância com a ajuda de um imã debaixo da mesa, com as estruturas cuidadosamente desenhadas, entregando movimentos incríveis. Alguns podem deslizar, prender objetos quando passam sobre eles e reagir como se estivessem vivos.

Uma das suas aplicações pode estar na biomedicina, justamente pelo controle à distância. A impressão da estrutura não é algo complicado, exigindo a injeção de um material magnético preparado para uma orientação adequada. Um sistema preditivo pode simular os movimentos de acordo com a atuação dos campos magnéticos.

É o tipo de invento futurista que chama a atenção. Poderíamos imaginar Tony Stark desenvolvendo tal conceito sem maiores problemas.

Vídeo demonstrativo a seguir.