Há quem diga que os notebooks não podem ser muito potentes, mas faz tempo que temos workstations móveis que rivalizam com os PCs de mesa.

É o que acontece com os novos Dell Precision 7530 e 7730, duas bestas que integram processadores Intel Xeon, até 64 GB de RAM, até 8 TB de SSD e gráficos NVIDIA Quadro. Obviamente, seus preços também são proibitivos.

As configurações iniciais dos dois modelos até que são acessíveis. O Dell Precision 7530 conta com tela de 15.6 polegadas (1080p) com preço inicial sugerido de US$ 1.199, com processador Core i5-8300H, 8 GB de RAM, 500 GB de HD e gráficos integrados da Intel.

Já o Precision 7730 com tela de 17.3 polegadas (1600 x 900 pixels) e a mesma configuração base com preço inicial sugerido de US$ 1.479.

A partir daí, os preços disparam, especialmente no caso do 7730, que possui maior diagonal de tela e pode receber mais unidades de armazenamento.

 

 

Para quem tem como gastar nisso, está bem servido. Os modelos podem receber os processadores Intel Xeon E-2186M (hexa-core a 2.9 GHz de base, por US$ 611 adicionais), uma NVIDIA Quadro P5200 com 16 GB de memória de vídeo (US$ 1.890 adicionais), até 64 GB de memória ECC (US$ 1.000 adicionais) e quatro unidades SSD NVMe de 2 TB (US$ 1.600 cada).

Também é possível integrar um módulo de conectividade LTE (US$ 160) ou de uma tela UltraSharp UHD IGZO (US$ 182), além da recomendável bateria de 97 Wh (US$ 102) no lugar da padrão de 64 Wh.

Unindo todos os opcionais, o valor do notebook salta para US$ 12.000. Muito caro, mas é o melhor do melhor do hardware.

Mas… espere! Não acabou!

 

 

Para quem quiser incluir no pack uma caixa eGPU (US$ 299) com uma NVIDIA Quadro P6000 (US$ 9.360 adicionais) para contar com ainda mais potência gráfica, o valor total ultrapassa os US$ 20.000.

E um notebook potente para ninguém botar defeito.

 

Via The Register