Press "Enter" to skip to content
Você está em | Home | Notícias | Apple pronta para te decepcionar com o iOS 18

Apple pronta para te decepcionar com o iOS 18

Compartilhe

A WWDC 2024 está chegando (aliás, já tem data definida: 10 de junho), e isso significa uma série de novidades para os softwares da Apple. Se bem que o que realmente importa para a maioria é mesmo o iOS.

O iPhone deve receber o iOS 18 em 2024, e quando todo mundo espera grandes revoluções por parte da Apple no campo da Inteligência Artificial integrada no seu produto estrela, o retrogosto da decepção começa a ser sentido lá no fundo.

Quem avisa amigo é, e eu acredito que sou seu amigo. E que você um dia vai me convidar para um churrasco. Por isso, vou compartilhar com você por que o iOS 18 pode decepcionar para quem espera pela IA no iPhone.

Dessa forma, você pode se preparar para o pior. Ou baixar a barra da expectativa.

 

Não espere muita IA no iOS 18

Diferente do que muitos esperavam, os rumores mais recentes indicam que a Apple não trará grandes inovações em IA para o iOS 18.

Para muitos, isso é frustrante vindo de uma Apple que um dia foi conhecida como “mágica e revolucionária” justamente por ser inovadora.

A falta de um foco definido em IA por parte da Apple contrasta com a estratégia de Samsung e Google, que investem em plataformas como Galaxy AI e o Gemini Nano nos dispositivos com Android.

É importante entender por que a Apple muito provavelmente vai deixar de lado a IA no iOS 18. Só não sei se você vai achar a explicação algo crível ou plausível a essa altura do campeonato.

A teoria mais aceita neste momento é que Apple se mostra reticente em integrar a IA profundamente em seus sistemas, pois insiste em priorizar a segurança e confiabilidade dos telefones.

Isso levanta dúvidas de parte do coletivo. Por exemplo, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos não acredita nessa tese de “queremos oferecer o iPhone mais seguro possível”.

Para o DOJ, a Apple sempre usou isso como desculpa para prender os seus usuários em um ecossistema de produtos, tirando dos clientes a liberdade de uso do iPhone com qualquer outra solução de outras marcas de forma plena.

 

Pode pintar IA no iPhone Pro

Nem tudo está perdido, humanidade.

Bem sabemos que a Apple vai manter o discurso de “desafios éticos e legais” no uso da IA generativa no iPhone.

É possível inclusive que a gigante de Cupertino evite o uso da expressão “Inteligência Artificial” na WWDC, tal e como fez no ano passado.

O que gera um contraste com a fala de Tim Cook no começo de 2024, que afirmou com todas as letras que a IA seria uma prioridade da Apple ao longo dos próximos meses.

De qualquer forma, há quem diga que as atualizações mais significativas no iOS referentes à presença da Inteligência Artificial ficarão para o lançamento do iPhone 16 no segundo semestre.

E, mesmo assim, não seriam todos os modelos do novo telefone que receberia o recurso.

Rumores sugerem que as funções mais inovadoras de IA do iOS 18 serão exclusivas para os modelos iPhone 16 Pro e Pro Max.

E é aqui que você pode se decepcionar ainda mais coma Apple, caro fanboy e cliente do modelo padrão, que já estava brochado com as diferenças no USB no iPhone 15.

E eu até entendo o lado da Apple (apesar de não concordar com as decisões da empresa).

A gigante de Cupertino está esgarçando cada vez mais as diferenças entre os modelos base e Pro do iPhone, e a IA pode ser mais uma moeda de troca a favor dos modelos mais caros.

Uma estratégia que (acredite, se quiser) está funcionando, já que são justamente os modelos Pro e Pro Max os mais vendidos dentro do portfólio de smartphones da empresa.

E aqui, a Apple não parece estar muito preocupada em decepcionar uma “minoria”, mesmo correndo o risco de perder clientes com esse movimento.

Vale lembrar que tudo o que escrevi neste artigo são opiniões baseadas em rumores recentes, e a verdade só será revelada em 10 de junho, na WWDC 2024.

Também lembro que a Apple já fez movimentos confusos no passado que resultaram em grandes vendas, o que mostra que nós somos burros, e que Tim Cook sabe o que está fazendo.

Ou seja, Apple Fanboys protestando na Avenida Paulista não devem fazer a empresa mudar de ideia sobre o assunto.

E eu lamento se joguei água gelada na sua batata frita quentinha. De verdade, eu detesto trazer desgosto para as pessoas.


Compartilhe