A AMD apresentou um novo PC para games, o AMD Ruyi, que pode ser considerado um “aperitivo” do que PS5 e Xbox Two pode nos oferecer no futuro. Tudo por conta do conceito de GPUs semi-personalizadas que a própria AMD oferece.

Temos um PC com características técnicas de um console, com SoC personalizado que integra uma CPU Ryzen com quatro núcleos e GPU AMD Radeon RX Vega 24.

Seus gráficos integram 64 shaders por cada unidade computacional, com um total de 1.536 shaders a 1.3 GHz, com unidades de textura e rastreamento de até 96 e 32, respectivamente, bus de memória de 256 bits e 8 GB de GDDR5. É um equipamento mais potente que o PS4 Pro, pelo menos nos números.

O processador aqui tem um papel fundamental, com um Ryzen de 3 GHz bem mais potente que o Jaguar octa-core a 2.1 GHz integrado no PS4 Pro.

A ideia é muito interessante e chamativa. Não podemos nos aprofundar sobre os motivos da AMD para a iniciativa, e não temos maiores informações sobre o produto. Mas quando novos dados surgirem, eles serão compartilhados no blog.