Início » Smartphones » ZTE Axon 10 5G, o primeiro smartphone 5G da China

ZTE Axon 10 5G, o primeiro smartphone 5G da China

Compartilhe

A chinesa ZTE largou na frente, e lançou de forma oficial o primeiro smartphone com tecnologia 5G na China. O modelo em questão é o novo ZTE Axon 10 5G, dispositivo que foi anunciado de forma oficial em fevereiro de 2019, durante a Mobile World Congress de Barcelona.

O novo smartphone conta com uma tela AMOLED de 6.47 polegadas (1080p), integrando em seu interior o novo modem X50 5G da Qualcomm para assim poder se conectar sem problemas à nova rede de alta velocidade na China.

 

 

ZTE apostando no vanguardismo chinês

 

 

Um dos movimentos mais chamativos da ZTE na China foi apresentar esse novo smartphone antes do Huawei Mate 20 X 5G chegar ao mercado, algo que deve acontecer no próximo dia 16 de agosto. Dessa forma, a ZTE se transforma na primeira empresa a oferecer no mercado um dispositivo que pode acessar as redes 5G no mercado asiático.

O que, nesse caso, não quer dizer muita coisa, a não ser nos aspectos mediáticos (a existência desse post por si é a prova do que eu estou falando). Os usuários terão que esperar até o próximo mês de outubro para utilizar o dispositivo, uma vez que é só nesse mês que as redes 5G começam a entrar em funcionamento na China.

É esperado que até o mês de dezembro de 2019 sejam liberadas as redes 5G em mais de 50 cidades chinesas, enquanto que outras duas operadoras de telefonia móvel do país (Telecom e Unicom) esperam ter habilitadas as redes públicas com 5G antes do mês de novembro.

Por fim, a ZTE finalmente conseguiu superar a Huawei dentro do mercado chinês, e reforça essa posição entregando aos usuários um novo smartphone com essa tecnologia que está cada vez mais próxima de oferecer velocidades de conexão mais rápidas.

Enquanto isso, no Brasil, o 5G engatinha. O leilão das frequências deve acontecer em 2020, mas em Santa Catarina existe um (imbecil) projeto de lei que quer banir os testes dessa tecnologia em todo o estado.

Brasil, um país de tolos.


Compartilhe