Algumas pessoas entendem (de forma tola) que a tecnologia é feita apenas para os homens. Como se não existissem mulheres geeks! Tolos! A prova de como esse povo está errado é o Yes Depilador Finishing Micro Touch Oscilação, que promete uma depilação sem dor.

Promete. Mas… será que cumpre?

Um dos principais objetivos da tecnologia é facilitar a vida das pessoas. Isso automaticamente deixa a nossa existência no planeta Terra algo mais confortável e aceitável.

No caso das mulheres, a vida para elas, por si, não é algo tão fácil quanto se imagina. Conquistar as igualdades pessoais e profissionais, superar a concorrência e ser bonita na maior parte do tempo pode ser um desafio para muitas mulheres modernas.

Por isso, a tecnologia pode (e deve) ajudar. E, se puder evitar que essa mesma mulher sinta dor, melhor ainda.

 

 

O Yes Depilador Finishing Micro Touch Oscilação é um produto que está em evidência, pois pode oferecer algo que é sonhado por gerações: a depilação sem dor.

Não testamos o produto, mas podemos apresentar o seu conceito, para que você possa compreender melhor como ele funciona (ou deveria funcionar).

O Yes Depilador Finishing Micro Touch Oscilação trabalha em duas etapas: primeiro utiliza o “plug” de corte, que corta o pelo como se fosse uma maquina; depois, utiliza o “plug” Microfoil Heads, o micro pelo que foi cortado ira entrar no poro do depilador e ira cortá-lo como se tivesse sido depilado, mais fundo do que a lâmina de corte faria.

 

 

O produto pode ser encontrado nos e-commerces nacionais com preços que variam entre R$ 40 e R$ 90. Porém, ao realizar uma pesquisa rápida na internet, encontramos relatos que apontam para resultados negativos nos testes práticos do produto.

Baterias que demoram para carregar, depilações que não são tão eficientes, problemas de acabamento e outras anormalidades que os usuários relatam sobre o produto.

Em resumo: não testamos o Yes Depilador Finishing Micro Touch Oscilação, mas procure ter um pé atrás com ele. Veja os relatos dos usuários. E, se a gente testar o gadget e tirar conclusões divergentes, nós avisamos vocês.

Mas pelo menos por enquanto… desconfie!