Xiaomi quer câmeras de 64 MP e 108 MP em seus futuros smartphones

Compartilhe

O que deu na Xiaomi?

O mesmo que em outros fabricantes de smartphones. Todos querem revolucionar o segmento de fotografia na telefonia móvel, pois já entenderam que uma das coisas que os usuários mais querem em um dispositivo como esse é uma boa câmera para fotos e vídeos.

Porém, a Xiaomi quer subir a barra da competição, confirmando o seu primeiro sensor fotográfico de 64 MP em um futuro modelo Redmi, e preparando um sensor de nada menos que 108 MP.

Deixando de lado o fato que números superlativos não significam muita coisa, já que vários outros fatores técnicos podem influenciar na equação que pode entregar uma foto perfeita, vamos conhecer mais de perto os planos da Xiaomi para entregar fotos maiores para quem exige elevada demanda nas fotos.

 

 

O sensor de 64 MP para um futuro Redmi

 

 

A Redmi já prepara um smarpthone com uma câmera com sensor de 64 MP (Samsung GW1), algo confirmado pelo Diretor de Marketing de Produtos Móveis da Xiaomi, Yan Zhiyuan, que também antecipou que a sua empresa já possui uma grande quantidade desses sensores em estoque.

Assim, a Redmi seria a primeira a lançar um smartphone com câmera de 64 MP. O misterioso dispositivo contaria com uma configuração de câmera quádrulpla, que pode funcionar com o processador MediaTek Helio G90T, focado nos jogos.

O ISOCELL Bright GW1 de 64 MP conta com um tamanho de pixel de 0.8μm, e se baseia na tecnologia Tetracell de fusão de quatro pixels em um único pixel, para produzir imagens mais luminosas de 16 MP em condições de pouca luz e imagens mais nítidas de 64 MP e condições de boa luz.

O sensor inclui suporte para HDR em tempo real de até 100 dB, entregando assim matizes mais ricas. O alcance dinâmico de um sensor de imagem convencional é de aproximadamente 60 dB, enquanto que o olho humano tem um HDR de aproximadamente 120 dB.

 

 

Xiaomi quer smartphone com câmera de 108 MP

 

 

A Xiaomi não demorou a afirmar também que será a primeira do mundo a incorporar uma câmera com um sensor de nada menos que 108 MP em um smartphone.

Essa lente seria capaz de criar imagens com resoluções de até 12.032 x 9.024 pixels, ou seja, um aumento de 900% no número de pixels diante das imagens oferecidas por outros smartphones com sensores de 48 MP (Redmi Note 7 Pro, OnePlus 7 Pro, OPPO Reno 10X Zoom, etc).

De acordo com Lin Bin, CEO e fundador da Xiaomi, esse novo sensor de 108 MP (assim como o sensor de 64 MP) seriam frutos de um novo acordo com a Samsung, que além de fornecer lentes ISOCELL CMOS, teria cedido a exclusividade temporária da nova câmera de 108 MP para a Xiaomi. Muito provavelmente o novo sensor deve ser parte de um futuro e hipotético Xiaomi Mi Mix 4.

Levando em conta que o Mi Mix 3 foi apresentado em outubro de 2018, podemos esperar que os novos smartphones (tanto o da Redmi com 64 MP como o Mi Mix 4 com 108 MP) só devem desembarcar no mercado em 2020.

 

Via XDA-Developers


Compartilhe