A Samsung não é a única que vai apostar em um smartphone dobrável. A Xiaomi acabou de mostrar o seu protótipo de telefone/tablet dobrável.

No começo do ano, um vídeo vazado revelou poucos detalhes sobre o dispositivo. Agora, temos um vídeo oficial publicado pela própria Xiaomi, onde vemos o co-fundador da empresa, Bin Lin, utilizando o dispositivo.

A ideia da Xiaomi é diferente de outras soluções que apareceram no mercado, onde o telefone possui dois pontos de dobra nas laterais para reduzir a sua superfície pela metade. É possível ver que o dispositivo pode se dobrar sem suspender o seu funcionamento, e a resolução acaba se ajustando ao novo formato e a parte da tela que não é utilizada deixa de exibir conteúdos.

 

 

Protótipo confirma a aposta pelo flexível em 2019

 

 

De acordo com o porta-voz oficial da Xiaomi, este é um “protótipo de smartphone muito especial”. Diferente da Samsung que já informou que vai comercializar o seu smartphone dobrável em 2019, a Xiaomi não revelou os planos públicos para o seu dispositivo. O mais provável é que o desenvolvimento sida adiante, com mais detalhes nos próximos meses.

Ainda restam muitas perguntas sem respostas, e algumas coisas indicam um desenvolvimento pendente. Por exemplo, em como se adapta o sistema operacional e os aplicativos para esse tipo de resoluções variáveis. Além disso, não há câmera na parte frontal, e o mais lógico é a câmera traseira ficar tampada quando o dispositivo for dobrado. Também se observa que a tela não está completamente lisa em modo estendido.

 

 

O que está claro nesse momento é que, ao longo de 2019, veremos mais smartphones e telas dobráveis. Samsung, FlexiPai e Xiaomi são apenas alguns dos fabricantes que apostam no conceito. Mas também temos a LG com sua TV enrolável ou patentes curiosas, como a da Lenovo para ressuscitar o Motorola RAZR com uma tela flexível.

A MWC 2019 de fevereiro será o evento perfeito para confirmar se os smartphoens dobráveis serão a tendência de 2019 ou não.

 

Via Gizmochina