Compartilhe

Sei que comparar smartphones da Xiaomi e da Samsung é correr risco com os fãs das duas marcas, mas estamos diante de dois dos mais interessantes smartphones de linha média de mercado. Logo, vale a pena descobrir qual pode atender melhor as necessidades de usuários com perfis diferentes.

Ambos chegaram ao mundo no final de 2019, e os dois registraram quedas de preços ao longo dos últimos 12 meses. Logo, são opções interessantes para compra nesse momento.

Nesse post, queremos ajudar aos usuários que estão interessados em investir o dinheiro em um dos dois modelos.

 

 

 

Tela e design

 

 

O Mi Note 10 tem uma tela menor (6.47 polegadas), mas com uma relação tela-corpo e quantidade de pixels por polegada melhor (87,8%, 398 ppp). Porém, as diferenças são pequenas entre os dois modelos. Lembrando que a tela do Galaxy A71 é mais estirada com a sua proporção 20:9.

O Mi Note 10 tem a câmera frontal em um notch em forma de gota, enquanto que o Galaxy A71 usa um furo na tela. A tela do modelo da Xiaomi é mais protegida, com o Gorilla Glass 5. Por outro lado, é bem mais pesado e largo, com 208 gramas e 9.7 mm, contra 179 gramas e 7.7 mm no dispositivo da Samsung.

O modelo da Xiaomi é mais largo por ter uma bateria maior, mas vamos falar sobre isso mais adiante.

 

 

 

Processadores

 

 

O Mi Note 10 conta com o Snapdragon 730G, enquanto que o Galaxy A71 recebe o Snapdragon 730 a seco, onde o primeiro tem um clock a 2.4 GHz para ter um ar mais gaming. Os dois modelos contam com 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento, mas o Mi Note 10 pode ser encontrado em versão com 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento. Por outro lado, o modelo da Samsung possui slot para expansão microSD.

No final das contas, o desempenho dos dois modelos são quase idênticos, com vantagem quase imperceptível para o Galaxy A71. Porém, esse não será um fator decisivo para a escolha por um ou outro modelo.

 

 

 

Câmeras

 

O Mi Note 10 tem cinco câmeras traseiras, contra quatro do Galaxy A71, e possui sensores teoricamente melhores, com destaque para o principal de 108 MP, contra o sensor principal de 64 MP para o modelo da Samsung. A câmera frontal nos dois modelos contam com os mesmos 32 MP. Na gravação de vídeos, os dois modelos contam com desempenho similar.

 

 

 

Conexões e bateria

 

 

Os dois modelos recebem as principais conexões, incluindo Bluetooth 5, GPS ou NFC, além de manterem o conector para fones de ouvido de 3.5 mm. Também contam com leitor de digitais na tela.

Por outro lado, o Mi Note 10 supera com sobras o Galaxy A71, com uma generosa bateria de 5.260 mAh, contra 4.500 mAh do seu concorrente. A recarga rápida do modelo da Xiaomi também é melhor (30W, contra 25W).

Os dois modelos são compatíveis com o Android 11, mas provavelmente o Galaxy A71 leva vantagem por se beneficiar da política de atualização de três anos da Samsung.

 

 

 

Preços?

 

O Samsung Galaxy A71 pode ser encontrado no Brasil pelo preço inicial sugerido de R$ 1.899, enquanto que o Xiaomi Mi Note 10 quando chegou ao Brasil de forma oficial custou a partir de absurdos R$ 4.499 (os dois modelos na versão com 128 GB de armazenamento).

A diferença pode ser gigantesca, de modo que o Samsung Galaxy A71 é, indiscutivelmente, uma relação custo-benefício muito mais vantajosa. Mas como o dinheiro é seu e a decisão é sua, verifique qual é a melhor relação custo-benefício para as suas necessidades.

E boa sorte na compra.


Compartilhe