O Xiaomi Mi Box S é um set-top box que recebe funções de inteligência artificial e reprodução de som. Pode interessar aos geeks que adoram consumir conteúdo por streaming.

 

 

Mais barato que o modelo anterior

 

 

O atual Mi Box é uma das melhores relações custo/benefício entre os modelos de Android TV no mercado. Porém, é um modelo de maio de 2016. Ou seja, já estava na hora de chegar uma atualização.

O Xiaomi Mi Box S mantém quase os mesmos componentes do seu antecessor, mudando o design, o controle e o Bluetooth, que agora é o 4.2. Temos aqui um processador quad-core Cortex-A53 a 2 GHz, GPU Mali 450 a 750 MHz, 2 GB de RAM DDR3 e 8 GB de armazenamento.

O modelo conta com duas portas HDMI 2.0a e USB 2.0, além da conectividade 802.11 a/b/g/n/ac dual band (2.4 GHz/5 GHz) e a saída de áudio com suporte DTS-HD e Dolby Audio Premium de até 7.1 canais. A resolução máxima se mantém em 4K HDR @ 60 fps.

 

 

O que mudou?

 

 

O Xiaomi Mi Box S vem com o Android TV 8.1 Oreo de fábrica, com atualização para o Android Pie garantida. O novo controle recebe um botão de acesso direto ao Google Assistente, que está conectado a uma maior quantidade de serviços, canais e apps, onde tudo será controlado por voz a partir do controle, que tem microfone integrado.

Por fim, o controle também conta com acesso direto para a Netflix, uma boa notícia para os usuários do serviço.

O Xiaomi Mi Box S chega ao mercado norte-americano em 19 de outubro, com preço sugerido de US$ 59, ou seja, US$ 10 mais barato que o atual Mi Box.

Tudo indica que teremos uma versão internacional desse produto nos próximos meses. Caso isso aconteça, manteremos vocês informados aqui no blog. Ou você pode procurar por ele em algum e-commerce internacional. Talvez não por um preço tão convidativo, mas ainda assim chegando ao Brasil, que é o que interessa.