A Xiaomi anunciou oficialmente o Xiaomi Mi A2 Lite, versão mais econômica do recém anunciado Mi A2. Ele possui um design diferente do seu irmão maior, incorporando o notch na parte superior da tela.

O notch na tela é o principal diferencial estético do modelo, que tem construção metálica na parte traseira, recebendo um leitor de digitais na área central e a câmera dupla vertical no extremo esquerdo. O dispositivo possui dimensões de 149.3 x 71.6 x 8.7 mm, com peso de 178 gramas.

 

 

É um smartphone mais econômico, mas isso não quer dizer que ele não é tecnicamente interessante. Possui uma tela de 5.84 polegadas (Full HD+, 2280 x 1080 pixels, 19:9), processador Snapdragon 625 octa-core a 2 GHz, com GPU Adreon 506, 3 GB ou 4 GB de RAM e 32 GB ou 64 GB de armazenamento (expansíveis via microSD de até 256 GB).

Na parte fotográfica, temos um sensor duplo traseiro de 12 MP (f/1.8, 1.25 µm) + 5 MP (f/1.8, 1,12 µm), com sistema de foco PDAF e modo retrato assistido por inteligência artificial. A câmera frontal possui 5 MP, e conta com sistema de reconhecimento facial para desbloqueio do dispositivo.

 

 

Complementa o conjunto técnico a sua enorme bateria de 4.000 mAh, com autonomia prometida entre 2 e 3 dias em modo standby. Todo o conjunto é gerenciado pelo sistema operacional Android One (baseado no Android 8.1 Oreo).

Temos aqui mais um candidato a grande protagonista entre os dispositivos de linha média para 2018, com características técnicas e design que podem agradar a muitos.

 

 

O Xiaomi Mi A2 Lite chega ao mercado em 10 de agosto, com preços sugerido de 180 euros (3 GB RAM + 32 GB) e 230 euros (4 GB de RAM + 64 GB).