A Xiaomi apresentou oficialmente o Xiaomi Mi A2, novo modelo de linha média com Android One (baseado no Android 8.1 Oreo) e processador Snapdragon 660 (com 4 GB ou 6 GB de RAM).

O principal destaque do dispositivo está na sua câmera dupla traseira de 20 MP + 12 MP, além do sensor frontal de 20 MP e do acabamento metalizado. A má notícia é que a saída de áudio 3.5 mm disse adeus.

 

 

A Xiaomi manteve o seu estilo no design, com um chassi metalizado, em um corpo de 158.7 x 75.4 x 7.3 mm e peso de 168 gramas. Sua tela conta com 5.99 polegadas (Full HD+, 2160 x 1080 pixels, 18:9).

No seu interior, o Xiaomi Mi A2 conta com um processador Qualcomm Snapdragon 660 octa-core a 2.2 GHz, trabalhando com 4 GB ou 6 GB de RAM, 32 GB, 64 GB ou 128 GB de armazenamento (expansíveis via microSD). Ou seja, um típico dispositivo de linha média nas suas especificações.

 

 

Uma das melhores características do Xiaomi Mi A2 é na parte fotográfica. Ele conta com um sensor traseiro duplo assinado pela Sony de 20 MP + 12 MP (f/1.75), pensado no efeito bokeh. É um sensor com íxels do tamanho de 1,25 µm, para captar mais luz. Na câmera frontal, um generoso sensor de 20 MP (f/1.8), pensado nas selfies de boa qualidade.

O Xiaomi Mi A2 conta com uma bateria de 3.010 mAh, com modo de recarga rápida Quick Charge 3.0 (50% de autonomia em apenas 30 minutos). Tudo é gerenciado pelo Android One, versão pura do sistema operacional baseado no Android 8.1 Oreo. O modelo será um dos primeiros a receber o Android P.

 

 

Nas conexões, o modelo conta com USB Type-C, WiFi, Bluetooth 5.0, GPS e LTE. Vou repetir: nada de conector para fones de ouvido nesse modelo.

O Xiaomi Mi A2 conta com os seguintes preços:

Xiaomi Mi A2 com 32 GB e 4 GB de RAM: 250 euros
Xiaomi Mi A2 com 64 GB e 4 GB de RAM: 280 euros
Xiaomi Mi A2 com 128 GB e 6 GB de RAM: 350 euros