O Xiaomi Mi 8 Lite é mais uma das novidades apresentadas pela Xiaomi hoje (19), e se apresenta como um smartphone Android bem interessante.

É uma versão mais modesta do top de linha, o Mi 8, e pode ser um grande sucesso com um design moderno com traseira de vidro e características ajustadas para a sua proposta de preço.

O modelo possui uma tela de 6.26 polegadas (Full HD+) com um pequeno notch no topo. As suas margens são bem finas, mas com uma margem inferior muito fina.

 

 

Nas especificações, o Xiaomi Mi 8 Lite conta com o processador Snapdragon 660 AIE, com suporte de inteligência artificial, acompanhado por 4 GB ou 6 GB de RAM e 64 GB ou 128 GB de armazenamento.

Na parte fotográfica, o Mi 8 Lite conta com um sensor duplo traseiro de 12 MP + 5 MP, e uma câmera frontal de 24 MP. Sua bateria conta com 3.350 mAh com suporte para Quick Charge 3.0, e todo o conjunto é gerenciado pelo Android 8.1 Oreo, com atualização para a interface MIUI 10 (com base no Android Pie) garantida.

O Xiaomi Mi 8 Lite chega ao mercado no dia 25 de setembro, com os preços e variantes a seguir:

4 GB RAM + 64 GB, por 175 euros
6 GB RAM + 64 GB, por 210 euros
6 GB RAM + 128 GB, 250 euros

 

 

O Xiaomi Mi 8 Lite chega para completar a tríade de produtos do principal smartphone da Xiaomi para a temporada. É a alternativa mais modesta entre os dispositivos apresentados e, mesmo assim, é um modelo de respeito.

Pode ser um dispositivo de linha média premium que vai balançar o coração dos importadores. Um preço bem ajustado para um dispositivo que promete um desempenho muito bom para a maioria das tarefas cotidianas. É mais um ótimo exemplo que um bom smartphone não precisa custar 1.000 euros.

De novo: é uma pena que a Xiaomi não está oficialmente no mercado brasileiro. Mas sempre teremos alternativas para trazer o dispositivo para o nosso país.