A Xiaomi anunciou oficialmente o Xiaomi Mi 6X, o smartphone mais ‘barato’ com o processador Snapdragon 660.

O modelo possui corpo de metal curvo na parte traseira, com tecnologia CNC (Controle Numérico Computadorizado).

A tecnologia de Controlo Numérico Computorizado permite o controle de vários eixos na produção do design, através de um código específico. Os eixos mais conhecidos são o X, Y e Z, mas outros eixos paralelos a esse são utilizados em máquinas CNC.

As vantagens do uso dessa tecnologia são o aumento da produtividade das máquinas, flexibilidade, a realização de várias operações com a mesma fixação da peça e a precisão. Assim, a produção da traseira do novo smartphone da Xiaomi foi muito mais eficiente.

 

 

O resultado é um dispositivo com espessura com apenas 7.3 mm, mas com a remoção do conector para fones de ouvido de 3.5 mm. Na parte traseira, as faixas de antena em forma de U na parte superior e inferior, além da câmera dupla na vertical e o leitor de digitais. Na parte superior do Mi 6X há um sensor de infravermelhos, e na parte inferior está uma porta USB Type-C, que separa os dois alto-falantes.

A tela do Mi 6X é de LCD com 5.99 polegadas (Full HD+, 2160 x 1080 pixels). Nas câmeras, temos um sensor traseiro duplo: um Sony IMX486 de 12 MP (f/1.75) e outro Sony IMX376 com 20 MP (f/1.75). O segundo sensor é o mesmo para a câmera frontal.

 

 

As câmeras traseiras contam com ênfase para melhor qualidade das fotos de acordo com a luminosidade, e com a ajuda da inteligência artificial, essas câmeras podem reconhecer até 206 tipos de cenas diferentes, realizando os ajustes quando necessário, sem falar nos modos de tradução em tempo real. A câmera frontal se vale da inteligência artificial para reconhecer até 12 tipos de selfies diferentes.

O Xiaomi Mi 6X conta com um processador Snapdragon 660, também trabalhando com inteligência artificial e um desempenho 79% melhor que o Snapdragon 625. É o primeiro chip com processo de fabricação de 14 nanômetros, com os núcleos Kyro 260 octa-core a 2.2 GHz + 1.8 GHz.

Nos gráficos, o Snapdragon 660 vai trabalhar com a GPU Adreno 512, obtendo assim um aumento de 20% no desempenho do processador. O chip também conta com um modem X12 LTE melhorado, compatibilidade com Quick Charge 4, Bluetooth 5, USB Type-C, entre outros.

 

 

O Xiaomi Mi 6X está dipsonível em versões com 4 GB ou 6 GB de RAM + 64 GB de armazenamento, além de um terceiro modelo, com 6 GB de RAM + 128 GB de armazenamento. Sua bateria é de 3.010 mAh, com tecnologia de recarga rápida Quick Charge 3.0 a 18W, oferecendo 50% de recarga em apenas 30 minutos e gerenciamento inteligente via inteligência artificial.

O modelo conta com Android 8.1 Oreo com a interface MIUI 9.5, com suporte para gestos em toda a tela, além do assistente pessoal Xiao AI.

O Xiaomi Mi 6X tem os seguintes preços:

– 4 GB RAM + 64 GB, por 250 euros
– 6 GB RAM + 64 GB, por 290 euros
– 6 GB RAM + 128 GB, por 320 euros

 

 

 

Via MIUI