Xiaomi Mi 10i: vale a pena?

Compartilhe

A Xiaomi segue trabalhando na nobre arte da sedução de seus fãs, e apresentou o Xiaomi Mi 10i, novo modelo de linha média claramente pensado nos usuários fanáticos por fotografia e games.

É mais um modelo que quer entregar um equilíbrio em tudo, mas pendendo nos dois aspectos que, nesse momento, são os mais procurados entre os usuários. De quebra, ajuda a popularizar o 5G, um padrão de conectividade que está cada vez mais consolidado nos dispositivos de faixas de preço mais modestas.

O Xiaomi Mi 10i ainda não tem previsão de lançamento no Brasil, mas acredito que o amigo leitor do TargetHD.net vai querer saber se ele pode ser um bom investimento para o futuro.

Pois bem, acredito que esse post pode ajudar aos mais indecisos.

 

 

 

Xiaomi Mi 10i: principais características

 

 

A primeira coisa que me agrada no Xiaomi Mi 10i (e que deveria agradar você também) é a presença de uma tela de 120 Hz no smartphone. Alguns modelos ditos mais “completos” (cof, cof… Samsung… cof, cof…) não contam com isso.

A tela de 6.67 polegadas (FullHD+) é o mínimo que se pede de um telefone dentro de sua categoria. O furo na tela recebe a câmera de 16 MP, e se tornou o padrão em um mercado que quer esquecer que o notch existe.

Outro diferencial evidente do Xiaomi Mi 10i é a sua câmera principal de 108 MP na parte traseira, acompanhada de sensores de 8 MP (ultrawide), 2 MP (macro) e 2 MP (efeito bokeh). O tamanho de MP não é o mais relevante para entregar uma ótima qualidade fotográfica, mas é inegável que temos um grande potencial fotográfico nesse smartphone.

Por contar com o processador Snapdragon 750G, o Xiaomi Mi 10i possui suporte ao 5G (mmWave e sub-6 GHz), o que agrega valor ao dispositivo, que já chega pronto para as redes de nova geração. Daqui para frente, procure investir o seu dinheiro em telefones que contam com essa conectividade.

São três opções de RAM e armazenamento: 6 GB + 64 GB, 8 GB + 128 GB e 8 GB + 256 GB. E sua bateria de 4.820 mAh (com carregador a 33W incluído no kit de venda) é outro item que merece um certo destaque. Baseado na experiência que tenho na MIUI 12, muito provavelmente o dispositivo vai funcionar um dia inteiro longe da tomada sem maiores problemas.

Do mais, o Xiaomi Mi 10i ainda conta com conector para fones de ouvido de 3.5 mm, leitor de digitais na tela, infravermelho e o sistema operacional Android 10 de fábrica, com a já mencionada MIUI 12 como interface de usuário.

 

 

 

Xiaomi Mi 10i: vale a pena?

 

 

Com preços variando entre R$ 1.520 e R$ 1.740 na conversão direta, o Xiaomi Mi 10i é uma excelente relação custo-benefício. Obviamente, quando ele chegar ao Brasil (seja pela DL Eletrônicos, seja pelos importadores), ele vai custar bem mais caro que isso. Mesmo assim, se ele ficar na casa entre R$ 2.500 e R$ 3.000, ainda pode ser um bom negócio.

É um smartphone claramente recomendado para quem quer ter os melhores resultados fotográficos para um dispositivo de linha média. Também é pensado naqueles que querem contar com o 5G quando ele chegar, e para os gamers que querem aproveitar o bom desempenho do processador da Qualcomm.

Coloque o Xiaomi Mi 10i no seu radar para uma futura compra.

 

 

Via Android Central e XDA-Developers


Compartilhe