A Xiaomi apresentou oficialmente o Xiaomi Gaming Keyboard, um teclado mecânico com 104 teclas usando switches TTC Red (com percurso de 3 mm), com interface USB e leitura das teclas a 1000 Hz, com um rollover de 33 teclas (ou seja, detecção de 33 teclas pressionadas simultaneamente).

O mais estranho é que a Xiaomi não incluiu teclas programáveis ou a definição de macros, e os ajustes de cor das teclas é feito manualmente através do próprio teclado, e não pela integração do software no PC.

 

 

Também é importante mencionar que as teclas são feitas de PBT (mais resistente) no lugar do plástico ABS, como é comum na marca. O teclado tem o prelo de apenas 29 euros, mas para importar o produto, o seu preço sobe para 55 euros.