Todo mundo sabe que a Xiaomi oferece produtos dos mais diferentes segmentos, com uma qualidade excelente e a preços muito baixos. E o próximo produto da lista só reforça essa teoria. E o mundo dos fones de ouvido sem fio nunca mais será o mesmo.

A Apple apresentou os AirPods em 2016, e apesar de não serem os pioneiros dentro do segmento, todo mundo quis subir no mesmo trem. Ainda mais em um mercado tão grande como é o Android.

A Xiaomi olhou para esse mercado enorme e disse “por que não?”. Com vários celulares da própria marca distribuídos no mercado a preços muito baixos e telefones de outros fabricantes com usuários ávidos por bons acessórios, repetir a estratégia de vender fones de ouvido sem fio com preços muito reduzidos poderia ser sinônimo de sucesso.

E assim nasceu os AirDots (qualquer semelhança com o nome escolhido para o acessório similar da Apple não é mera coincidência, e você sabe bem disso), que chegam ao mercado pelo indecente preço de US$ 30.

Sim. Você leu direito. Apenas US$ 30.

 

 

É uma ótima notícia para o consumidor, e uma boa jogada por parte da Xiaomi, pois obriga os demais fabricantes a não cobrar tanto pela boa e cômoda experiência que fones desse tipo entregam.

Bom, estou supondo que a experiência desses fones é realmente boa, mas bem sabemos que a Xiaomi não tem como tradição entregar produtos de baixa qualidade. Se fizer isso nesse produto, não só o nosso equívoco é enorme, como também seria um grande erro por parte dos asiáticos.

Já pensou? Você usando esses fones com o Xiaomi Pocophone F1? E a promessa de uma boa qualidade com um conforto que é mais do que necessário para esse tipo de produto.

Pode colocar na sua lista de natal. Ou já se prepare para colocar na sua próxima compra daquele site asiático que você tanto gosta.