Compartilhe

A Xiaomi 8HMilan Smart Electric Bed é uma cama elétrica inteligente e conectada. É um desenvolvimento da Chengdu Fun Sleep Technology Co, Ltd e, acredite… não é a primeira cama da Xiaomi. É a segunda geração de um produto que agora adiciona funções “inteligentes” que permitem o controle de suas funções através do smartphone ou por comandos de voz.

 

 

Xiaomi 8H Milan Smart Electric Bed: Principais Características

 

 

A cama será lançada inicialmente no Youpin, plataforma de crowdfunding da Xiaomi e, dependendo do seu sucesso, ela será lançada na China para o grande público.

A cama estará disponível em 10 versões que mudam no tamanho e nas opções incluídas. Você pode escolher a base e o colchão, ou apenas um desses dois itens. A cama conta com um controle remoto para que você escolha a posição desejada entre cinco modos pré-carregados, ou realizar o ajuste manual de suas configurações.

 

 

Os modos incluídos são: plano, anti-ronco, leitura, TV e “modo gravidade zero”. Nos ajustes de altura manual, temos duas zonas de elevação: a parte superior se eleva em até 60 graus, enquanto que a área dos pés sobe em até 30 graus.

A Xiaomi 8HMilan Smart Electric Bed conta com dois motores, um para cada área da cama. O controle possui microfone integrado compatível com o Xiao AI, assistente virtual da Xiaomi, para o controle da posição da cama e uso com o alto-falante inteligente compatível com essa IA.

A cama também conta com WiFi para se conectar ao app da Xiaomi Smart Home, permitindo assim o controle pelo smartphone e recebendo programações para uma mudança de posição de forma automática.

 

 

A base da cama é fabricada em fibra de carbono com aço, e é capaz de suportar até 1.000 kg, com um tempo de vida estimado de 10 anos. A cama é revestida com tecido de tecnologia Litchi de oitava geração, com materiais que respeitam o meio ambiente e textura comparável com a do couro.

A Xiaomi 8HMilan Smart Electric Bed tem preço inicial sugerido de 258 euros (já convertidos), e pelo menos por enquanto é exclusiva do mercado chinês. E, por mais que eu deseje ter um produto desse tipo em casa, eu posso perder as esperanças desde já. As chances desse produto chegar por aqui (inclusive via importação) são mínimas.

Mas… vai que dá a louca na DL Eletrônicos e na Xiaomi, e essa cama acabe desembarcando no Brasil, de forma surpreendente. Pelo menos deixo nesse post o registro de manifesto em querer o produto devidamente instalado no meu quarto de dormir do meu apartamento.

 

 

Via Gizmochina


Compartilhe