TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Xiaomi 12X quer ser a “pizza meio a meio” dos smartphones intermediários | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Smartphones | Xiaomi 12X quer ser a “pizza meio a meio” dos smartphones intermediários

Xiaomi 12X quer ser a “pizza meio a meio” dos smartphones intermediários

Compartilhe

Muita gente gosta de uma pizza meia calabresa, meia quatro queijos (ou meia portuguesa). Principalmente quando você pode comer dois sabores pelo preço de uma pizza. É o chamado “melhor de dois mundos”. E foi mais ou menos isso o que a Xiaomi fez com o Xiaomi 12X, modelo que é mais simples que os já anunciados Xiaomi 12 e Xiaomi 12 Pro, mas sem deixar de ser atraente.

Ter um modelo intermediário que flerta com um top de linha é, basicamente, uma obrigação para qualquer fabricante de tecnologia neste momento. E para não perder público para outras marcas, a Xiaomi oferece uma opção que é menos cara que os demais, o que pode interessar a muitos geeks que estão meio curtos de grana.

Neste post, eu mostro de forma breve o que o Xiaomi 12X tem a oferecer na relação custo-benefício.

 

 

 

O mais acessível, mas igualmente interessante

O Xiaomi 12X conta com uma boa tela AMOLED de 6.28 polegadas com taxa de atualização de 120 Hz, 1.100 nits de brilho, Gorilla Glass Victus, Dolby Vision e HDR10+. É uma tela muito próxima (para não dizer a mesma) do Xiaomi 12.

A maior redução que detectei nas especificações está na presença do processador Qualcomm Snapdragon 870, que trabalha com GPU Adreno 650. Ele não é o processador mais potente, mas ainda oferece bons resultados em todos os tipos de atividades.

O processador trabalha com até 12 GB de RAM LPDDR5 e até 256 GB de armazenamento UFS 3.1, o que certamente vai ajudar a entregar um bom desempenho geral e uma experiência de uso satisfatória.

Seu conjunto de câmeras é mais modesto que aqueles presentes nos seus irmãos maiores, mas ainda assim existem grandes chances de se obter fotos de alta qualidade. Principalmente na câmera frontal de 32 MP, que é tecnicamente melhor que o sensor frontal do Xiaomi 12.

Os sensores de 50 MP (principal) + 13 MP (ultra grande angular) e 5 MP (macro) devem dar conta do recado nas fotografias em diferentes cenários e condições de iluminação.

A bateria de 4.500 mAh só conta com a recarga rápida de 67W, deixando de lado a recarga sem fio ou recarga reversa. Mesmo assim, não podemos reclamar, pois estamos falando neste caso de uma boa relação custo-benefício.

A MIUI 13 (baseada no Android 12) é a responsável por gerenciar tudo. O leitor de digitais abaixo da tela volta a se fazer presente, mas na conectividade só temos o Bluetooth 5.2 e o WiFi 6. Não há indícios de 5G ou WiFi 6E neste modelo.

E não reclame. Ele custa mais barato que os outros.

 

 

 

Xiaomi 12X: vale a pena?

Considerando o preço inicial sugerido de 415 euros, o Xiaomi 12X pode ser um modelo muito bem vindo para aqueles que estão cientes e conscientes de suas limitações em relação aos demais modelos. É perfeito para os fãs da Xiaomi que não podem pagar a mais pelo modelo principal.

Tenho dúvidas se será um smartphone que vai bater de frente com modelos intermediários da Samsung, Motorola, Huawei, Realme e outros fabricantes que já oferecem o 5G em telefones intermediários. Mas o tempo vai responder os meus questionamentos.

O tempo e as vendas, obviamente.


Compartilhe