A Microsoft liberou o SDK móvel que permite aos desenvolvedores integrarem as funcionalidades do Xbox Live aos jogos do iOS e Android. Traduzindo: o usuário poderá compartilhar suas estatísticas, troféus e listas de amigos entre as plataformas de forma bem simples. Isso já é possível em Minercraft, e agora vai desembarcar em outros jogos e sistemas operacionais.

Bom… mais ou menos…

Alguns jogos do iOS e Android já contam com a integração com o Xbox Live, mas todos são jogos da Microsoft Studios. O plano da gigante de Redmond é expandir a sua rede para mais dispositivos, para unir todas as comunidades com uma experiência simular e consistente para todos os jogadores.

O Microsoft Game Stack (o tal SDK mencionado no começo do post) combina todas as ferramentas de desenvolvimento do Azure e do PlayFab, uma das últimas aquisições da empresa e que tem como objetivo oferecer suporte para os jogos na nuvem.

 

 

A ideia é unificar a experiência de jogos entre plataformas, compartilhando conquistas, gamertags e estatísticas, entre outros itens. A Microsoft resume os benefícios desse SDK na identidade e na comunidade, onde eles podem oferecer a infraestrutura necessária para iniciar a sessão, conservar a privacidade e a segurança online, além do controle para contas infantis.

Sobre a comunidade, a Microsoft se refere à possibilidade de conectar jogadores através de várias plataformas, através das conquistas, pontuações e estatísticas. É o desenvolvedor que vai escolher quais componentes serão sincronizados dentro do seu jogo.

Esse é mais um passo que a Microsoft dá para assentar dois dos seus projetos futuros mais ambiciosos: o Project xCloud, seu serviço de videogames por streaming, e o Xbox Game Pass, serviço de assinatura que oferece o acesso a vários jogos em troca de uma mensalidade.

E assim, a Microsoft assenta as bases de um futuro que, ao nascer, ela já estará presente em várias plataformas, podendo até ditar as regras em alguns formatos. Vamos aguardar o tempo passar e observar como tudo vai funcionar.

 

Via The Verge