Os usuários do Xbox 360 estranharam que o console recebeu recentemente uma atualização do seu sistema. A primeira em mais de dois anos.

O Xbox 360 completou 13 anos de vida em 2018, e ainda recebe atenção da Microsoft. O problema é que quase ninguém desenvolve jogos para o console, e uma das franquias que ainda estava disponível pode abandonar o videogame nesse ano.

Até então, a última atualização do Xbox 360 foi em março de 2016, um mês antes da Microsoft anunciar que deixaria de fabricar o produto para centrar-se totalmente no Xbox One, lançado em novembro de 2013.

E o update Dashboard 2.0.17526.0 só indica as correções de problemas menores e pequenas melhorias, sem maiores detalhes.

 

 

Nada mudou na interface ou opções do console que já foi o símbolo da estratégia da Microsoft no segmento de entretenimento, e que teve sua vida útil prolongada com a chegada do (agora extinto) Microsoft Kinect.

O console ainda é bem útil para muita gente, mas a chegada do Xbox One e da retrocompatibilidade causou a lógica transição de usuários e desenvolvedores para o novo console.

Hoje, o Xbox 360 conta com poucos lançamentos, que nada mais são do que versões dos jogos disponíveis nas novas gerações. Battlefield 3, Pro Evolution Soccer 2018, NBA 2K18, Just Dance 2018 e FIFA 18 são alguns exemplos.

E isso pode mudar em 2018, pois não há confirmação que essas franquias desembarcam no Xbox 360 com novos jogos. Rumores indicam que FIFA 19 não terá edições nem para o ele, nem para o PS3.

 

 

Isso não quer dizer que o Xbox 360 morreu. Alguns dos seus jogos são obras primas até hoje, mas com a retrocompatibilidade, o velho console perde cada vez mais força.

A retrocompatibilidade do Xbox One foi anunciada em 2015, o que garante que os jogos do Xbox 360 e do Xbox original vão rodar no console da atual geração da Microsoft.

Desde então, jogos excelentes desembarcaram no Xbox One, inclusive com melhorias na parte gráfica e das opções disponíveis nas novas plataformas.

Pode até ser que o Xbox 360 não se faça tão presente entre usuários e desenvolvedores, mas segue na mente da Microsoft, que ainda não se esqueceu dele.

Por motivos que ignoramos.

 

Via Polygon, Xbox