Compartilhe

Muitos usuários reclamam todos os dias que o seu computador com Windows (10, 8, 7… não importa a versão) está com sua CPU batendo em 100% de uso, mesmo quando o usuário não faz nada no computador. Várias podem ser as origens do problema, e várias são as soluções.

Nesse post, compilamos alguns truques que podem reduzir o consumo do processador no Windows.

 

 

Revise os processos do sistema e mate aqueles que são desnecessários

Clique com o botão direito sobre a barra de tarefas do Windows e selecione a opção de Administrador de Tarefas. Depois, clique sobre CPU para ordenar os processos com base no consumo do processador.

Agora, feche todos os processos que são de programas externos e que consomem muitos recursos do CPU, clicando com o botão direito sobre a tarefa em questão e clicando em Finalizar. Em nenhum caso mataremos os processos próprios do Windows, a menos que os mesmos sejam desnecessários.

 

 

Cuidado com os sites para ver séries e filmes online

Alguns sites de procedência duvidosa contam com algoritmos em seu código para minerar criptomoedas a partir do processador durante a reprodução de um vídeo dentro do site. Não são poucos os sites que forçam a execução de vários processos no navegador para gerar abas emergentes ou anúncios irritantes.

Por isso, é recomendável que você mantenha distância desse tipo de sites quando você notar um aumento da carga de trabalho no processador. Para isso, abra o Administrador de Tarefas no Windows e clicando sobre o navegador em execução para verificar se algum processo secundário está com algo consumo com as abas abertas.

 

 

Verifique os programas de download de Torrent

O uTorrent é outro programa que entrou na lista dos mineradores ocultos de criptomoedas, com uma incidência de processador muito mais limitada, mas gerando um forte impacto sobre a CPU em equipamentos antigos ou com hardware mais restrito.

Na verdade, qualquer programa instalado recentemente e que se execute em segundo plano é suspeito de conter um minerador oculto. Desinstale esses programas e opte por um software similar.

 

 

Desisntale o antivírus de terceiros, e opte pelo Windows Defender

O Windows Defender é o suficiente para a maioria dos usuários Windows. Usar um antivírus de terceiros não será mais útil, e resulta em um forte impacto sobre o processador.

 

 

Realize uma varredura em busca de vírus

Antes de desinstalar o antivírus do navegador, faça uma verificação no sistema em busca de um vírus ou malware que está fazendo cair o desempenho do processador.

 

 

Formate o Windows sem olhar para trás

Se você usa o Windows 10, formatar o Windows é bem simples: acesse o menu de recuperação, procurando por ele no menu Iniciar e, no programa, clique no botão que inicia o processo de recuperação. Vai aparecer uma janela onde podemos escolher o tipo de formatação do sistema que desejamos.

O ideal é escolher a opção que remove todo o conteúdo para limpar o sistema por completo, mas você pode escolher por manter os seus arquivos pessoais do Windows. O processo pode durar várias horas, dependendo dos componentes do computador e da velocidade de internet. Em nenhuma hipótese você pode desligar o computador durante o processo, pois você pode perder todos os arquivos e até o sistema se isso acontecer.

 

 

Troque a pasta térmica do processador

Nem todos os computadores podem contar com essa opção, mas uma simples troca de pasta térmica pode resolver determinados problemas da CPU, especialmente aqueles relacionados com a temperatura. Se você não sabe como fazer isso, procure por tutoriais no YouTube, tanto para desktops como para modelos de notebooks específicos.

Ou procure um serviço de assistência técnicas de sua confiança.


Compartilhe