Wetten.com Brasil Apostas
Home » Software » Windows 365, o sistema operacional na nuvem da Microsoft, é oficial

Windows 365, o sistema operacional na nuvem da Microsoft, é oficial

Compartilhe

A Microsoft anunciou oficialmente o Windows 365 que, basicamente, é o sistema operacional na nuvem, seguindo o mesmo conceito já adotado pelo Google Stadia ou o Microsoft xCloud. A nova plataforma pode ser executada em diferentes tipos de dispositivos, funcionando em qualquer navegador web.

Ou seja, acabam as barreiras de uso do Windows em computadores Apple, incluindo aqueles com arquitetura ARM. Da mesma forma, ele vai funcionar em devices com Android e Linux de forma simples.

Neste post, vamos conhecer melhor as principais características do Windows 365.

 

 

 

Basta ter um navegador web e pronto

 

 

O principal apelo do Windows 365 é oferecer o Windows de forma personalizada, com aplicativos e configurações, em qualquer dispositivo. Na prática, você sempre vai acessar o mesmo sistema operacional (Windows 10 ou Windwos 11), independente do tipo de computador por onde o sistema é acessado, seja ele pessoal ou profissional.

Este será um Windows mais versátil, principalmente para aqueles que ainda estão trabalhando em formato remoto. Você pode utilizar um smartphone com Android ou iOS para acessar o Windows de forma remota, obtendo assim as mesmas funcionalidades que você teria no seu computador do escritório a quilômetros de distância.

 

 

 

Vivemos a era do Cloud PC

 

 

Cloud PC era o nome especulado para o Windows 365, algo que não aconteceu. E a Microsoft deixa claro que este é um produto totalmente voltado para o âmbito empresarial, ou seja, o usuário final não deve ter acesso à plataforma, pelo menos em um primeiro momento.

O Windows 365 está baseado em Azure Virtual Desktop, e vai executar diagnósticos contínuos para entregar o melhor funcionamento possível, considerando a qualidade da conexão de internet e as configurações da máquina que a plataforma está em execução.

A Microsoft também coloca ênfase na segurança da proposta, já que os dados dos usuários não serão armazenados fisicamente no dispositivo onde a plataforma estará em execução, com base no sistema Zero Trust para reforçar a confiabilidade do sistema.

Na prática, a Microsoft não está reinventando a roda. Está é oferecendo um novo produto dentro do conceito de software que será executado na nuvem. A própria gigante de Redmond já faz isso com o Microsoft xCloud, e serviços similares como o Myghty já estavam executando o Windows 10 de forma virtualizada.

 

 

 

É possível escolher o hardware de execução

 

 

Em um primeiro momento, só poderemos executar no Windows 365 instalações do Windows 10. A Microsoft já informou que, tão logo o Windows 11 chegue ao mercado, será possível optar por esse sistema operacional também para o funcionamento virtualizado.

Ok, tudo muito bacana… mas… quanto custa o Windows 365?

A Microsoft não revelou o preço de aquisição ou mensalidade do Windows 365. O que sabemos até agora é que a plataforma só estará disponível para empresas, que poderão adquirir as assinaturas da plataforma a partir de 2 de agosto de 2021.

Vamos esperar por mais informações sobre este novo produto da Microsoft, inclusive para ver se essa proposta vai chegar até os usuários domésticos, estudantes e outros que estão fora do universo das empresas. Se isso acontecer, essa pode ser uma plataforma que pode marcar um ponto de inflexão importante no mundo da tecnologia.

 


Compartilhe