Windows 10 terá kernel Linux completo, e o inferno congelou de vez | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Windows 10 terá kernel Linux completo, e o inferno congelou de vez | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Notícias | Windows 10 terá kernel Linux completo, e o inferno congelou de vez

Windows 10 terá kernel Linux completo, e o inferno congelou de vez

Compartilhe

O inverno congelou, e essa é a maior prova disso.

No passado, o Linux era considerado um câncer pela Microsoft, que utilizou táticas um tanto sujas para acabar com essa que era considerada uma ameaça. Pois bem, tudo mudou.

A nova Microsoft acredita que Windows e Linux podem coexistir, e nos últimos anos tomou decisões surpreendentes para quem testemunhou a batalha do passado. Aplicativos para distros Linux, serviços compatíveis com o sistema livre e integrações para ajudar usuários e desenvolvedores.

Mas talvez o movimento mais chamativo foi permitir a instalação de distros Linux dentro do Windows.

 

 

A nova surpresa da Microsoft? O kernel Linux instalado no Windows

 

 

A Microsoft deu mais um passo para a direção da unificação das plataformas, anunciando a integração de um kernel (núcleo) do Linux dentro do Windows 10. Nos próximos meses, as versões do Windows para o Windows Insider (versões instáveis de testes) contarão com um kernel Linux pré-instalado.

O kernel foi desenvolvido pela Microsoft, com base na versão 4.19 lançada em outubro de 2018, e a última versão estável disponível. Foi personalizado para ser executado dentro do Windows 10, mas do mais é um kernel tal e como possui qualquer distribuição Linux.

Essa é a maior integração do Linux no Windows na história. Pode ser um anúncio que não muda a vida do usuário médio, mas pode ser muito importante para desenvolvedores e entusiastas do Linux. De novo: para quem testemunhou a guerra Windows vs Linux, é um momento estranho.

 

 

É uma decisão importante para a Microsoft, que escancara de vez a sua aposta no Linux. A integração do kernel no Windows oferece melhorias importantes, pois permite a instalação de distros Linux diretamente da loja do Windows, servindo de base para o novo subsistema Windows para Linux (WSL). Estas distros podem usar o kernel incluído sem necessidade de incluir o seu, o que facilita na hora de desenvolvimento de distros Linux para Windows.

O novo kernel também vai permitir que outros aplicativos tirem um maior proveito dessa integração. Por exemplo, o novo terminal do Windows, que além das melhorias como as abas ou os emojis, também vai permitir acessar esse subsistema Linux e executar programas e scripts do Linux diretamente no console.

Em resumo: estamos diante de novos tempos. Fato.

 

Via Microsoft


Compartilhe