Compartilhe

Os anúncios no WhatsApp foram anunciados em novembro de 2018, mas só agora é revelado como a empresa vai fazer isso: através do Status do aplicativo. E não apenas a sua aparência foi revelada: agora, sabemos que as publicidade vai chegar na plataforma em 2020.

O Facebook mostrou como vai implementar as novas ferramentas publicitárias dentro do WhatsApp, em uma nova tentativa de monetizar o aplicativo e aproveitar os seus mais de 1.5 bilhão de usuários ativos.

 

 

Publicidade no Status do WhatsApp, por enquanto

 

 

Algumas imagens de uma recente conferência realizada pelo Facebook mostram como será a publicidade que vai chegar ao WhatsApp durante o próximo ano. No começo, foi destacado que os anúncios vão aparecer no Status do aplicativo, para assim aproveitar os seus mais de 500 milhões de usuários, tal e como acontece hoje no Instagram e no Facebook. Serão Stories publicitários que aparecem durante a navegação do usuário, que podem ser saltados ou solicitar por maiores informações.

 

 

Mesmo que essa primeira tentativa de publicidade no WhatsApp não esteja voltada para os chats, a empresa desenvolveu um novo formato de mensagens que aparece dentro das conversas, com imagens destacadas, acesso rápido à informação sem sair do aplicativo, texto enriquecido na formatação e contato direto com a marca.

Por enquanto, as mensagens diferenciadas ficam limitadas às empresas que utilizam hoje o WhatsApp Business, e não aparecerão em nossos chats de forma intrusiva, a menos que você inicie uma conversa com uma empresa.

 

 

Aqui, abre uma área cinza que levanta o questionamento sobre a privacidade dessas conversas e dos dados dos usuários. O WhatsApp sempre pregou o formato de conversa ponta a ponta, mas as inovações adotadas deixam margens de dúvidas sobre o quão confidencial podem ser essas conversas com os novos formatos de publicidade.

 

 

Por fim, e como parte da interoperabilidade que se aproxima para Messenger, Instagram e WhatsApp, o Facebook confirmou que as novas opções estarão disponíveis no Facebook Ads, como parte do catálogo de opções que oferece a empresa aos anunciantes. Isso vai servir para que eles possam programar de forma mais simples as campanhas publicitárias para as três plataformas a partir de um único local.


Compartilhe