Compartilhe

O recurso de segurança que permite o bloqueio do acesso ao WhatsApp através da leitura de digitais fez a sua primeira aparição oficial no iOS, com o suporte tanto para o Touch ID como para o Face ID. Desde então, a funcionalidade não estava disponível para a versão Android do aplicativo (exceto para um beta lançado em agosto).

Mas agora, tudo mudou. O WhatsApp confirmou que o bloqueio por leitura de digitais está liberado para todos os usuários no Android. A atualização vai chegar de forma gradual para todas as regiões do planeta, mas os mais apressados podem atualizar o aplicativo e ativar o recurso a partir de agora.

Mostramos como nesse post.

 

 

Maior privacidade para as suas conversas do WhatsApp

 

 

O bloqueio do WhatsApp via leitura de digitais coloca uma capa de segurança e privacidade a mais para acessar as suas conversas, permitindo que você proteja as mesmas de curiosos, inclusive quando acessarem o seu telefone quando o mesmo estiver desbloqueado.

Logo, ao tentar abrir o aplicativo, será solicitado o uso do leitor de digitais para desbloquear as conversas. O procedimento para ativar o recurso é o mesmo no iOS, e exige poucos passos:

1. Abra o WhatsApp.
2. Vá em Ajustes.
3. Selecione Conta.
4. Acesse o item de bloqueio com a leitura de digital.
5. Ative a casa “desbloquear com o leitor de digital”, e confirme a sua digital.

 

A partir desse momento, o aplicativo vai perguntar qual é a margem de tempo que queremos trabalhar para solicitar essa autenticação biométrica. Estão disponíveis três opções: sempre (imediatamente), depois de um minuto ou depois de 30 minutos.

 

 

O suporte biométrico do WhatsApp no Android só suporta a leitura de digitais. Pelo menos até o momento, ele não é compatível com o reconhecimento facial, o que impede (de forma até curiosa) que o recurso funcione nos smartphones Pixel 4 e Pixel 4 XL do Google.

 

Download | WhatsApp

 

Via WhatsApp


Compartilhe