WhatsApp lança no Brasil campanha para evitar roubos de contas

Compartilhe

Não são poucos os casos de roubos de contas no WhatsApp. Nos últimos 12 meses, fiquei sabendo de pelo menos três casos de roubos de conta de amigos ou conhecidos aqui em Florianópolis (SC). Normalmente as vítimas são as pessoas com menor conhecimento informático e mais suscetíveis a cair nos golpes que violam a segurança da plataforma.

Alguns dos golpes estavam relacionados com os cadastros de anúncios no OLX para venda de produtos. Ainda não se sabe exatamente qual é a correlação entre a plataforma de vendas online e o WhatsApp, mas em alguns casos pontuais, tão logo o vendedor cadastrava o produto, e uma mensagem SMS “enviada pelo OLX” (na verdade, por um golpista) solicitava a confirmação de um código que seria recebido também por SMS, para uma suposta “autenticação de conta” para confirmar a publicação do anúncio na plataforma de compra e venda.

Algo que, obviamente, não procede.

Por isso, o WhatsApp lançou uma nova campanha no Brasil, com o objetivo de prevenir os golpes envolvendo o aplicativo de mensagens. Vários comerciais serão veiculados na internet, além de campanhas publicitárias nos principais jornais e revistas do país vão alertar sobre a prática, contando inclusive com a participação de algumas celebridades que já foram vítimas de roubo de contas no serviço, dando dicas de segurança para evitar o pior.

Toda a popularidade e relevância do WhatsApp no Brasil resultam em uma maior tentativa de golpes, clonagem e roubos de conta. As campanhas publicitárias mostram como o usuário pode se proteger de golpes no aplicativo, e como proceder se eventualmente você for uma vítima de uma abordagem suspeita, além dos procedimentos para a recuperação da conta roubada.

Celebridades e influenciadores que já tiveram as suas contas de WhatsApp roubadas ou que foram vítimas de golpes na plataforma foram convocados para uma comunicação mais direta com o público, informando as dicas para proteger a segurança da conta e dos seus dados pessoais, como por exemplo não compartilhar o código de ativação do WhatsApp, ativar a confirmação em dois passos no aplicativo, desconfiar de mensagens e chamadas telefônicas suspeitas e não fazer o download de aplicativos de terceiros ou não desenvolvidos pelo WhatsApp.

 

 

 

O que fazer caso tenha sua conta do WhatsApp roubada

 

 

1) Solicite a verificação da conta via SMS. Reinstale o WhatsApp, entre com seu número de telefone e confirme o código de seis dígitos que você receber via SMS. Dessa forma, qualquer indivíduo que usar sua conta será desconectado automaticamente.

2) Notifique amigos e família. Muitos golpistas usam sua lista de contatos para solicitar informações sigilosas e pedir depósitos em dinheiro. Se sua conta for violada, entre em contato com pessoas próximas para que ninguém possa se passar por você.

3) Entre em contato com a equipe de atendimento do WhatsApp. Mande um e-mail para [email protected]. O e-mail pode ser enviado em português e no assunto deve conter informações como “Conta clonada/roubada” mais o número em formato internacional (+55 XX…). Exemplo: Conta roubada / +55 11 1234-5678.

4) Amplie sua camada de segurança ativando a confirmação em duas etapas. A confirmação em duas etapas é um recurso opcional que, ao ativado, exige um PIN de seis dígitos de verificação se houver uma tentativa de entrada no seu número de WhatsApp. Esse código, assim como o SMS do WhatsApp, não deve ser compartilhado com ninguém. Saiba mais em: https://faq.whatsapp.com/general/26000021/?category=5245245

Em caso de tentativa de roubo de conta, o WhatsApp também ressalta que a criptografia de ponta a ponta do aplicativo não é comprometida. Ou seja, o golpista não tem acesso a mensagens anteriores que estão armazenadas no seu telefone.

 

 

Via WhatsApp


Compartilhe