Desapegue do cartão microSD no smartphone| TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia
Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Opinião | Desapegue do cartão microSD no smartphone

Desapegue do cartão microSD no smartphone

Compartilhe

Faz um bom tempo que eu não uso um smartphone com slot para cartões microSD, e devo confessar que não sinto a menor falta disso. As minhas últimas experiências com esse elemento foram tão ruins que geraram traumas em minha mente.

Tudo bem, essa tecnologia evoluiu e temos cartões microSD com qualidade muito melhor que em um passado não muito distante. Mas é correto afirmar que até você, que está lendo este post no futuro, não sente falta deste elemento no seu smartphone.

Neste post, apresento meus argumentos sobre o assunto.

 

 

 

Por que não precisamos mais do cartão microSD no smartphone?

 

 

Praticamente qualquer smartphone de entrada ou linha média conta com um slot para cartões microSD e, neste caso, a presença do elemento se justifica. Afinal de contas, estamos falando de uma faixa de preço onde muitos modelos ainda contam com 32 GB ou 64 GB de armazenamento interno, o que é pouco para muitos usuários.

Porém, o próprio mercado está se ajustando e se preparando para estabelecer como o mínimo aceitável de armazenamento interno para qualquer smartphone pelo menos 128 GB de armazenamento, e isso é mais que suficiente para a grande maioria dos usuários com necessidades básicas no dispositivo.

A partir desse ponto, o slot microSD é algo dispensável, por diversos motivos. O principal deles é para um melhor desempenho geral, já que aplicativos e dados pessoais ficam armazenados na memória interna, que é muito mais rápida e segura. Sem falar no espaço extra para alguns componentes mais relevantes nos tempos atuais.

 

 

 

Hoje, temos mais alternativas de armazenamento

 

 

Não contar com um slot microSD no smartphone não é sinônimo de drama. A não ser que você seja um viciado em aplicativos, pois com certeza vai faltar espaço livre para tantos apps.

Para o armazenamento de arquivos pessoais, existem inúmeras alternativas na nuvem que podem ser utilizadas. Além disso, a maior velocidade de transmissão de dados permite que você envie esses arquivos para a internet praticamente no mesmo tempo que você levaria para salvar tudo no cartão microSD.

E, no caso dos modelos top de linha, a presença do WiFi 6 e do 5G tornam essa comunicação de dados praticamente instantânea.

E isso porque não estamos considerando a possibilidade de armazenamento em mídias físicas via USB, seja USB-C ou microUSB compatíveis com OTG. Está muito mais fácil utilizar um armazenamento externo no smartphone neste momento.

 

 

 

Conclusão

Por tudo isso que foi apresentado neste post, o slot para cartões microSD se tornou algo dispensável para o mundo da telefonia móvel atual, e tende a cair em desuso a médio prazo.

Se você já não usa um cartão microSD no seu smartphone porque ele conta com pelo menos 120 GB de armazenamento, saiba que você está em um comportamento de futuro. E nada contra quem ainda usa esse periférico para armazenar arquivos pessoais ou instalar aplicativos. Todo mundo é livre para usar a tecnologia do jeito que quiser.

Porém, fica o alerta: o microSD no smartphone está com os seus dias contados, e os argumentos apresentados neste post são sinais claros disso. Logo, é melhor todo mundo se preparar para a próxima fase de uso de mobilidade, pois ela já começou e muitos estão fazendo uso desse novo momento.


Compartilhe