Compartilhe

Nos últimos meses, apareceu uma tendência das operadoras de telefonia móvel em vincular os seus planos com pacotes de serviços de streaming de vídeo. Essa iniciativa começou com os serviços de streaming de áudio, como Spotify e Deezer, perdurando até hoje. Mas agora, plataformas como Netflix, Premiere e, mais recentemente, a Rede Telecine estão aderindo à mesma iniciativa.

O principal objetivo, além de obviamente expandir o número de assinantes dessas plataformas de streaming de vídeo, é tornar o consumo desses conteúdos mais versátil, ao mesmo tempo que os serviços vão de encontro ao consumidor, se tornando visível ou disponível onde o usuário está.

É de conhecimento comum que muitas pessoas estão assistindo os seus conteúdos de vídeo e TV através da tela do smartphone. Mesmo não sendo a melhor alternativa para visualizar conteúdos, não são as plataformas que vão julgar isso, pois o que elas mais desejam é aumentar os seus lucros, não importa como.

Por isso, vamos observar o que a Vivo está fazendo com um dos seus planos, o Vivo Selfie. Dento de suas diferentes opções, ela oferece acesso a algumas plataformas mais populares, e isso oferece vantagens e desvantagens para os assinantes.

 

 

 

Vivo Selfie deixa tudo mais prático. Porém…

 

Em linhas gerais e bem resumidas, o Vivo Selfie é um plano pós-pago da Vivo que tem como principal característica incluir a assinatura do seu serviço de streaming preferido no valor final do serviço. Além de deixar a vida do assinante mais prática (pois você não precisa pagar serviços diferentes em datas diferentes), ele teoricamente pode oferecer uma economia no final do mês, pois resulta em preços mais competitivos do que a contratação dos serviços em separado.

O Vivo Selfie já oferecia planos com serviços como Netflix, Rappi, Spotify e Premiere com cobrança integrada no valor final, e agora recebe uma alternativa com o streaming do Telecine, que conta com mais de 2.000 filmes para os seus usuários.

Além de todos os benefícios incluídos no Vivo Selfie, como chamadas ilimitadas, WhatsApp sem desconto da franquia e roaming internacional, o usuário tem o acesso às plataformas mencionadas no parágrafo anterior e, no caso específico da Rede Telecine, o direito de uso da plataforma em três telas simultâneas.

A seguir, todos os planos oferecidos pelo Vivo Selfie e os seus valores.

 

PlanoPacote de internetFranquia de internet dedicadaValor mensal
Vivo Selfie Spotify
Inclui assinatura do Spotify Premium
25 GB25 GB para usar com SpotifyR$ 149,99
Vivo Selfie Rappi
Inclui assinatura do Rappi Prime
25 GB25 GB para usar com RappiR$ 149,99
Vivo Selfie Telecine
Inclui assinatura do Telecine
25 GB25 GB para usar com TelecineR$ 164,99
Vivo Selfie Netflix
Inclui assinatura Neflix Padrão
25 GB25 GB para usar com NetflixR$ 164,99
Vivo Selfie Premiere
Inclui assinatura Premiere Play
35 GB35 GB para usar com Premiere PlayR$ 199,99

 

Tudo muito legal, certo?

Nem tanto…

 

 

 

O grande problema aqui é a franquia de dados]

 

O Vivo Selfie oferece pacotes de internet de 25 GB, o que é um bom volume de dados para a grande maioria dos usuários (acima da média da maioria dos planos oferecidos no Brasil), mas seus valores são naturalmente mais altos do que outros planos pós-pagos.

E esse nem é o problema aqui.

Olhando de forma específica para o uso MOBILE, ou seja, em qualquer lugar, a grande desvantagem do Vivo Selfie combinado com plataformas como Netflix, Premiere e Telecine é que todos eles contam com pacotes dedos dedicados com 25 GB. E essa franquia pode ser insuficiente para os usuários que querem explorar um pouco mais do potencial deste plano.

Todo mundo que entende de tecnologia sabe muito bem que os vídeos são os conteúdos que mais consomem dados de internet, seja ela fixa (ou via WiFi) ou móvel. E mesmo que os formatos de vídeo para smartphones sejam mais compactos, o streaming ao vivo do Premiere (por exemplo) tem um enorme consumo. E, com o passar dos dias, essa franquia pode evaporar, mesmo em plataformas como Netflix e Telecine.

O ideal mesmo seria um Vivo Selfie oferecendo os pacotes com os serviços de streaming sem desconto da franquia de internet, tal e como algumas operadoras estão fazendo por aqui (o que eu considero o mundo ideal, já que limitar o volume de dados do assinante é algo meio atrasado em pleno 2020). Ou oferecer um pacote de dados mais generoso. Porém, até eu admito que estou querendo demais de uma operadora como a Vivo.

 

 

 

Vivo Selfie: vale a pena?

 

Pode valer a pena pela praticidade em pagar tudo dentro da mesma mensalidade, ou se você sabe que vai usar os planos mais tempo em casa e quer ter acesso a estas plataformas fora de casa em uma viagem ou de modo eventual. Caso contrário, pode valer mais a pena consultar quanto custa a contratação dos serviços de forma avulsa e outros planos de telefonia móvel que, eventualmente, contemplem esses serviços com consumo de dados limitado.

O Vivo Selfie até que é uma ideia bem sacada, mas poderia ser um pouco melhor para ser mais atraente para o consumidor. Mas não dá para dizer que ele é totalmente ruim. Você só precisa ter atenção para o que vai contratar.

Para mais informações sobre o Vivo Selfie, clique aqui.

 

 

Via Minha Operadora


Compartilhe