Mas… o Ouya já não estava morto?

Sim. Estava. Só faltava enterrar. Agora, não falta mais.

O Ouya é um moribundo da tecnologia há tempos, mas agora teve a sua morte oficial (ou enterro, como eu prefiro pensar) marcada para o dia 25 de junho de 2019, data onde a sua loja online vai deixar de funcionar.

A Razer, empresa que nesse momento tem o controle do Ouya, confirmou que vai fechar as lojas Ouya, Forge TV e MadCatz Mojo no já citado dia 25 de junho. A partir dessa data, não será possível adquirir jogos e serão desativadas as contas dos usuários, onde é possível que até mesmo os jogos já instalados no console não venham a funcionar, já que alguns deles exigem a verificação de compra antes de iniciar.

Além disso, se o usuário tiver algum saldo em suas contas, o melhor a ser feito é gastar imediatamente o saldo restante, já que também existe a possibilidade de não existir nenhuma forma de reembolso.

 

 

Os jogos do Ouya ficam ativos na plataforma até o dia 25 de junho de 2019. Uma vez fechada a loja, o acesso à mesma não estará disponível, e os jogos baixados que aparecerem na seção correspondente podem seguir funcionando se eles não exigirem uma validação de compra antes da sua inicialização. Vale a pena entrar em contato com o desenvolvedor do jogo para confirmar o que vai acontecer.

Para mais dúvidas sobre o funeral do Ouya, você pode visitar essa página no site da Razer, que apresenta um segmento de perguntas e respostas frequentes sobre o atual cenário do console.

 

 

O que foi o Ouya?

 

 

Para aqueles que não conheceram essa plataforma, saibam que o Ouya foi um microconsole com Android que nasceu através de uma bem sucedida campanha de arrecadação no Kickstarter, alcançando o financiamento de US$ 8.5 milhões, e mesmo com uma grande acolhida inicial, o produto ficou muito longe das suas expectativas. Ou era muito a frente do seu tempo, se antecipando à tendência atual.

#RIP Ouya. Descanse em paz.

 

 

Via Razer