De acordo com os dados recentes de um estudo realizado pela agência Garnet, em 2017 foram vendidos 1.3 bilhão de smartphones Android, contra 215 milhões de iPhones. Ou seja, 85.9% das vendas se concentraram no sistema operacional móvel da Google.

Isso não é uma novidade. Tal tendência acontece nos últimos anos. A novidade aqui é a dimensão dessa vantagem. O Android tem uma liderança muito consolidada, contra apenas 14% do iOS. Os 0.1% restantes estão nas mãos de outros sistemas operacionais.

Traduzindo: temos um duopólio.

Os números se explicam pela diversidade de opções que cada segmento de mercado tem para oferecer. É muito mais fácil e acessível comprar um smartphone Android do que um iPhone.

Logo, não é surpresa para ninguém ver o Android seguir liderando o mercado mobile com grande margem. O cenário deve continuar, até que a Google mude a forma de distribuição do seu sistema operacional, ou se eventualmente mudar de sistema operacional, como muitos especulam que pode acontecer em cinco anos.

 

+info