O governo russo oficializou o desenvolvimento da moeda virtual CryptoRuble, a pedido de Vladimir Putin.

Recentemente, o Banco Central russo impôs um bloqueio a qualquer site que busca realizar operações de troca em bitcoins ou outras criptomoedas. Agora, as autoridades do país anunciam a sua moeda digital própria.

O argumento da Rússia para esse movimento é se antecipar à Comunidade Econômica Euro-Asiática.

Uma das particularidades da CryptoRuble é não poder ser minerada, onde só as autoridades poderão emitir, controlar e manter. É meio contraditório em relação à essência descentralizada das moedas virtuais, mas a moeda russa vai tributar de acordo com as normas do país.

Quando alguém comprar ou vender uma CryptoRuble, a taxa será de 13% da diferença obtida. O imposto de conversão também será de 13%. A ideia é que essa seja uma moeda emitida e controlada pelo estado, habilitada para oferecer a circulação do dinheiro digital.

A criptomoeda busca impulsionar alguns setores do comércio eletrônico, pela simplicidade do pagamento. Ao mesmo tempo, ela pode ser levada a mercados internacionais.

 

Via RT