TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Veek Pré 2.0: internet de graça vale a pena? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Veek Pré 2.0: internet de graça vale a pena?

Veek Pré 2.0: internet de graça vale a pena?

Compartilhe

De graça, até injeção na testa. Certo?

Para quem não tem medo de ficar com a testa doendo, conheça a Veek. Ela se autodenomina “a primeira operadora a oferecer internet e telefonia móvel de graça no Brasil”, e só por causa disso consegue uma visibilidade consideravelmente boa com a mídia.

A existência deste artigo em si é a prova do que estou falando.

Recentemente, a Veek anunciou o lançamento do Veek Pré 2.0, um plano de internet móvel gratuito que pode funcionar para alguns propósitos bem específicos, e um deles eu vou compartilhar neste artigo, a partir de agora.

Então, venha conhecer o Veek Pré 2.0, e descubra se ele se alinha com os seus objetivos específicos de mobilidade.

 

Como funciona o Veek Pré 2.0

Para quem não sabe, a Veek tem esse plano Pré 2.0 e o plano Freemium, e eles são diferentes em algumas características. Neste artigo, vou dar destaque para o plano que me chamou a atenção por ser o mais acessível para o grande público.

No Veek Pré 2.0, o cliente tem direito a 1 GB de internet por mês, de graça, sem pagar nada. Tudo o que você precisa para garantir essa gratuidade é realizar pelo menos um check-in por dia para visualizar uma publicidade (que é o que paga a conta do serviço). Se você fizer dois check-ins diários, recebe 2 GB de internet no mês seguinte.

A quantidade de internet disponível no plano é proporcional ao número de check-ins que você fará no acesso. O primeiro check-in libera 10 minutos de acesso à internet (com o consumo de dados contando nesse tempo), o segundo check-in entrega uma hora de acesso, o terceiro mais duas horas e o quarto libera por três horas.

Traduzindo tudo o que eu escrevi no parágrafo anterior: você pode dar até quatro check-ins no mesmo dia e usar a internet do Veek Pré 2.0 por seis horas ininterruptas.

O Veek Pré 2.0 não inclui ligações no seu plano. Ele só permite o acesso à internet e o envio de até 10 SMSs por dia. Para realizar chamadas telefônicas, você tem que pagar R$ 2 por dia ou R$ 10 por semana. Os dados não utilizados em um mês são acumulados para o próximo mês, com o limite de 3 GB.

Para manter o Veek Pré 2.0 ativo, você precisa fazer pelo menos um check-in a cada quatro dias, ou pagar R$ 60 de uma única vez para manter o número ativo por pelo menos um ano. Se você entender que vale a pena pagar R$ 5 ao mês para manter um plano de internet de 1 GB de dados garantidos, vá em frente. Mas… eu preciso repetir que este plano é DE GRAÇA?

A grande diferença do Veek Pré 2.0 em relação ao plano Freemium da operadora (além de todas as características que diferenciam um plano e outro que não foram mencionadas aqui) é que o preço do chip do Pré 2.0 custa R$ 15 mais frete. No Freemium, o SIM Card chega a custar até R$ 120, que é o custo para aderir ao plano.

 

Como eu pretendo usar o Veek Pré 2.0?

Eu bem sei que 2 GB de dados por mês não dá para a grande maioria dos usuários de smartphones no Brasil. Eu mesmo tenho uma média de consumo de, pelo menos, 4 GB de dados, considerando que os meus planos contam com acesso ilimitado aos serviços que mais demandam o download de fotos, vídeos e áudios na internet (WhatsApp, Messenger, Facebook, Instagram etc), o que deixa o plano bem mais vantajoso.

Ou seja, o Veek Pré 2.0 está bem longe de ser a solução ideal para democratizar a internet no Brasil, oferecendo um acesso de dados móveis gratuito para pessoas que não podem pagar por isso. Até o dono da operadora sabe disso. E para aqueles que quiserem um pouco mais de internet no plano, terá de pagar por isso.

Mesmo assim, eu não vejo o Veek Pré 2.0 como um completo inútil, tal e como alguns produtores de conteúdo tentam vender aos quatro ventos. Ele pode muito bem ser muito útil para finalidades específicas.

No meu caso, como estou investindo o meu dinheiro em um Samsung Galaxy Tab S7 FE para acessar minhas partituras e materiais de música, não depender o tempo todo de habilitar o roteador integrado do meu smartphone atual (um Samsung Galaxy S21 Ultra) para emular uma rede WiFi para que ele acesse a web em momentos pontuais pode ser uma ótima alternativa. Afinal de contas, meus ensaios acontecem em locais onde normalmente não tenho acesso às redes WiFi, e quando eu preciso fazer o download de uma partitura em separado, sempre tenho que perder algum tempo para habilitar a internet móvel do telefone em modo roteador.

Com um chip do Veek Pré 2.0, eu consigo fazer esse acesso de qualquer lugar, sem depender de outros dispositivos e de forma totalmente independente. Tudo bem, não vou poder exagerar nessa navegação (poucas abas abertas no Chrome, nada de vídeos no YouTube etc), mas ele pode me salvar de forma pontal para essa finalidade.

O plano gratuito do Veek Pré 2.0 também é bem útil para quem não quer perder a comunicação de forma alguma através de outras plataformas, como WhatsApp, Facebook Messenger e Telegram, já que tudo o que esses serviços precisam para funcionar é de uma internet ativa. Se tudo o que você precisa é seguir enviando e recebendo mensagens, esse segundo chip é mais que suficiente.

Vamos ver se o Veek Pré 2.0 consegue conquistar o grande público. Ele é bem mais barato que o Freemium na sua adesão, e mais flexível nas alternativas de uso. Como dinheiro não dá em árvore e o brasileiro adora coisas de graça, entendo que esse plano tem potencial para conquistar os corações, bolsos, smartphones e tablets de muitos usuários que estavam esperando por essa alternativa a algum tempo.

Se bem que… existem planos similares na concorrência… vou falar sobre eles em posts futuros. Aguarde e confie.

Aliás, é só seguir este blog nas redes sociais para ficar por dentro dos novos conteúdos que publicamos todos os dias. E eu nem imagino por que você ainda não fez isso.


Compartilhe