Wetten.com Brasil Apostas
Home » Dicas de Compras » Vale a pena comprar um iPhone 12 neste momento?

Vale a pena comprar um iPhone 12 neste momento?

Compartilhe

iPhone 12

Estamos no segundo semestre de 2021, e isso significa muitas coisas. Que o Natal está chegando (e, dessa vez, podemos nos encontrar com nossos amigos e familiares novamente), que o dia 11.11 também (quem curte o AliExpress sabe do que estou falando) e que teremos um novo iPhone desembarcando no mercado em breve.

Tudo leva a crer que o próximo iPhone vai mesmo se chamar iPhone 13, apesar de todas as pressões dos mais supersticiosos. Mas este não é o tema principal deste post.

Recentemente, apresentamos as opções de iPhone disponíveis no mercado para compra, o que pode resultar em alguns descontos e preços mais competitivos para aqueles que querem economizar algum dinheiro na hora de comprar um telefone da Apple.

Agora, vale a pena perguntar: com o iPhone 13 tão perto de chegar, vale a pena comprar um iPhone 12 neste exato momento?

 

 

 

É provável que a resposta seja NÃO

 

 

Não gosto de queimar cartuchos tão rápido em um artigo, mas como este é um blog dentro de um tema de exatas, temos que trabalhar de tempos em tempos com as probabilidades. E, neste caso, as chances da resposta para a pergunta que dá título ao post ser NÃO são consideráveis.

Porém, o campo de exatas também trabalha com as variáveis. E até mesmo neste caso a resposta “depende” é válida. Ou seja, depende do seu poder aquisitivo e da sua necessidade de sempre ter o iPhone mais atualizado nas mãos.

É evidente que a Apple entrega um iPhone melhor a cada ano, e todos os fabricantes de tecnologia fazem isso. Mas é importante que você avalie se as novidades oferecidas no iPhone 12 justificam o valor a mais que você precisa pagar para ter esses benefícios.

Em muitos casos, vai valer a pena pegar um modelo de uma geração anterior, pois os tais diferenciais podem não se justificar para o seu perfil de uso. Foi o que eu fiz recentemente: no lugar de pegar o iPhone 12 Pro Max e suas câmeras com modo noturno, decidi pagar em torno de R$ 2.000 a menos para ficar com o iPhone 11 Pro Max e ter uma autonomia de bateria maior.

Em outros casos, é melhor apostar em um smartphone da Apple com um valor final menos custoso, mas com longevidade garantida. Como são os casos do iPhone SE (2020) e do iPhone 11. Os dois modelos contarão com mais alguns anos de mercado, de modo que o investimento neles ainda se justifica.

De qualquer forma, no final das contas, a decisão é sua. Se ter o que há de mais moderno na Apple não faz falta alguma na sua vida, com certeza a economia que você vai fazer ao adquirir qualquer outro modelo que não seja o iPhone 12 será substancial.

Agora, se o seu vício em tecnologia é algo incontrolável e dinheiro não é problema para você de forma alguma, além de recomendar que você entre em contato comigo para que eu possa passar o meu número de WhatsApp para estabelecer uma sincera amizade, vá em frente com o iPhone 12. Ele pode até custar um pouco menos com o iminente lançamento do iPhone 13.

Ou espera pelo iPhone 13 mesmo, que é um negócio melhor para quem quer o melhor do melhor.


Compartilhe